Uma viagem de carro ao norte de Minas Gerais foi decisiva para a parceria entre Vera Tobias e Guilherme Lopes. Juntos com uma amiga em comum, os dois fizeram o trajeto de mais de mil quilômetros. “Chega uma hora que o assunto acaba! Eu fiquei sabendo tudo da vida dele, e ele da minha. Aí comentei que tinha vontade de abrir uma doceria, e ele garantiu que tinha a ideal”, relembra.

A doceria apresentada pelo Guilherme era a Dona Baunilha. Experiente no ramo de alimentação – sócia da Sukest por cerca de 20 anos – e de eventos, Vera logo se encantou pela franquia de Barretos-SP e sentiu que era a hora de abrir um estabelecimento no ramo.

Para Guilherme, era a combinação perfeita. “A Vera é dinâmica, extrovertida e comunicativa, sabia que tinha tudo a ver com ela. A franquia tem um conceito que encanta e contagia as pessoas. As interações no Instagram, a música, o estilo da loja, o atendimento… tudo contagia”, comenta.

A ideia da loja é ser especializada nos doces, embora com cardápio numeroso de salgados e bebidas. Tudo isso envolto em um ambiente “descolado e jovem”, como pontua Guilherme. Uma mistura de doceria e café.

Nesse sentido, o empresário explica que a Dona Baunilha tem três características. A modernidade, pela decoração, música, comunicação, etc. O autosserviço, que permite mais liberdade para andar pelo local. E a variedade de preços, com opções tradicionais, diferentes e especializadas.

Já Vera ressalta a qualidade dos produtos. De família árabe, ela diz que sempre conviveu com a fartura. “Família árabe tem o prazer de servir as pessoas com tudo muito farto. Lá em casa, eu fui criada para que todo mundo se sentisse satisfeito”, diz. A quantidade de opções nas vitrines, o tamanho dos salgados e a preparação – feitos na hora – chamaram a atenção da empresária.

Cardápio que conquista

Antes de oficializar a abertura da Dona Baunilha em Bauru, uma das etapas foi conferir a ideia na prática. A dupla fez uma nova viagem – nesse caso, até Araraquara – para “testar” uma unidade da franquia e conhecer a fundadora da doceria, Roberta Trevisan.

Por lá, entre as 140 opções no cardápio, o primeiro que a Vera experimentou foi o mil folhas de morango. Foi o doce que conquistou a empresária e a fez abrir a Dona Baunilha em Bauru. 

“O que me chamou a atenção foi a massa folhada crocante. Em poucos lugares você come tão crocante, porque para ficar desse jeito, é preciso preparar na hora, se não murcha. Ali ficou claro para mim que ela preza pela qualidade”, conta a empresária.

Bolo Ninhotella servido em fatia

No mesmo dia em que experimentou o doce, em fevereiro deste ano, a empresária oficializou a parceria com o Guilherme.

Além do mil folhas que impressionou a Vera, a Dona Baunilha tem doces como banoffee, brownies, donuts, cupcakes, cookies, carolinas, waffles, bolos, escondidinho de morango (criação da marca), saint honoré e pannacota. Além disso, possui tortinhas, macarons e taças trufadas. 

Já o menu de salgados tem esfirras, coxinhas, tortas, sanduíches (pão com manteiga, com requeijão e misto) e croissants.

Torta de frango e catupiry da Dona Baunilha

Nas bebidas, são mais de 10 opções de milk shakes e outras 18 de soda italiana. A área do café tem uma máquina Aguila 440 de quatro bocas da Nespresso.

Milk shake de Nutella

Parede ‘instagramável’

O ambiente é um dos diferenciais da Dona Baunilha, por isso a escolha do local foi importante. A dupla sondou cerca de 60 prédios e a decisão veio em uma mistura de certeza e coincidência. Sem saber, os dois desejavam o mesmo prédio na Comendador e só depois descobriram o interesse comum.

Quando Roberta, dona da franquia, visitou o espaço, ela confirmou o sentimento da dupla: era o lugar ideal. “No momento em que as duas se encontraram no local, arrancaram um papel do meu caderno e começaram a desenhar como seria o espaço, onde ficaria cada coisa”, conta Guilherme.

O espaço tem uma parede ‘instagramável’, ideal para as fotos, e um deck, que combina com o clima descontraído. As cores, a iluminação e a música preenchem o ambiente. 

Me Leva para Casa

Inspirado em ‘take away’, o Me Leva para Casa compõe a proposta. Em uma outra área, o serviço permite que o cliente retire pedidos sem precisar passar pelo salão principal, explica Guilherme. “Você paga lá, vira as costas e aproveita a comida onde quiser”. 

A entrada do ‘Me Leva Pra Casa’ fica na Av. Comendador José da Silva Martha

Além dessa facilidade, o local ainda oferece um amplo estacionamento do outro lado da avenida Comendador José da Silva Martha, na quadra 6.

Ademais, o atendimento também é uma característica da doceria, já que os treinamentos são constantes. Antes da abertura, por exemplo, a dupla e os 24 funcionários passaram uma semana na unidade de Ribeirão Preto para se acostumar com o ritmo da Dona Baunilha.

Paixão por Bauru

Inspirado no pai pecuarista e na mãe comerciante, Guilherme sempre se viu como empreendedor. “Desde menino tinha esse espírito, quando tinha festa na escola e ganhava um ‘dinheirinho’ vendendo camisetas”, diz.

Formado em ciências aeronáuticas e entusiasta da programação neurolinguística, o empresário trabalhou com marketing multinível, foi treinador da Febracis e abriu uma escola de idiomas, passando por Marília, Ribeirão Preto e Barretos. Nessa última, conheceu a Roberta, que planejava franquear a Dona Baunilha. “Quando vi o projeto, falei para ela: com certeza, uma das primeiras franquias suas vai ser minha! Ali ‘reservei’ uma unidade e comecei o plano”, comenta ele.

Nesse momento, decidiu voltar para Bauru, pois queria fazer parte do mercado na cidade. Por isso também pensou na Vera, apaixonada por Bauru. “A cidade é nossa! Bauru tem muito potencial e está sempre se desenvolvendo. Queremos fazer nossa parte aqui, e eu tenho certeza que a população vai nos receber de braços abertos”, diz a empresária.

Com esse pensamento, a dupla investe na cidade. Os dois se conheciam antes, mas foi naquela viagem a Minas Gerais que realmente fortaleceram a amizade e a parceria nos negócios. Depois de um passeio de carro real, agora eles embarcam juntos em uma trajeto metafórico com a Dona Baunilha.

publieditorial

Serviço
Dona Baunilha
Endereço: Av. Comendador José da Silva Martha, 7-8
Horário de funcionamento: Todos os dias, das 9h às 21h
Contato: /donabaunilhadoceria
Instagram: @donabaunilhadoceria
Facebook: /donabaunilhadoceria

Compartilhe!
Carregar mais em Gastronomia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

FIB promove concurso cultural de culinária gratuito em Bauru; Confira

cPela primeira vez, o curso de Nutrição das Faculdades Integradas de Bauru (FIB) promove o…