Oferecer uma “amplitude maior para os investidores”. É assim que os sócios da GR Capital, escritório de assessoria de investimentos de Bauru, descrevem uma grande mudança: agora, a instituição financeira parceira da empresa é o banco BTG Pactual.

A equipe identificou a necessidade de oferecer para seus clientes um atendimento mais completo, além de poder ter à disposição serviços que antes eram feitos de forma segmentada, como conta de pessoa física e jurídica, crédito imobiliário, cartão de crédito, conta digital e outros.

“Por conta da evolução do mercado financeiro, cada vez mais o investidor vai demandar sofisticação”, comenta a sócia Rosana Freitas. “Nós acreditamos nessa parceria com um novo nível de profissionalismo, novos produtos e a oportunidade de conseguir assessorar o cliente de uma maneira completa”, acrescenta Gabriel Pagani.

Gabriel explica que o banco BTG atendia apenas clientes com patrimônio acima de R$5 milhões. Este serviço é conhecido como wealth management, gestão de grandes fortunas.

Atualmente, estes serviços contemplam também clientes com capital menor, que podem usufruir das mesmas vantagens. “É a facilidade de um banco digital que todo mundo quer ter com a tradição de um banco que já existe há 38 anos”, explica Leandro Rosa.

Rosana destaca ainda a evolução do BTG Pactual. “É um banco fomentador de negócios, que começa a se assemelhar ao que hoje são os mercados internacionais desenvolvidos”, completa.

O que faz um assessor de investimentos?

A GR Capital conta com 25 colaboradores que têm a função de assessores de investimentos.

Este profissional serve como intermediador entre o investidor, o capital e o objetivo. É ele quem vai indicar o melhor produto de investimento de acordo com o perfil do cliente e o que ele almeja para o futuro – os objetivos podem ser variados, como comprar uma casa, abrir uma empresa ou garantir a educação dos filhos.

O assessor recebe os novos clientes e deve auxiliá-los a montar uma carteira de investimentos. “Uma reclamação comum do investidor é a de se sentir muito sozinho – o que eu faço? Por onde eu começo? O que eu escolho? – e aí vem o despontar do assessor, que vai te acompanhar no início, meio e fim em toda a sua estrutura de projeto de investimento”, esclarece Rosana.

O assessor também deve servir como orientador do investidor a respeito das variações que acontecem no mercado. Por esse motivo, ele tem a inteligência para saber quando fazer mudanças que podem ser expressivas. “A dinâmica econômica e política do Brasil é rápida, nós dormimos com uma informação e acordamos com outra”, explica.

Produtos de investimentos

A GR Capital, em sua nova parceria com o banco BTG Pactual, hoje oferece mais de 500 opções de produtos de investimento. As mais comuns são investimento em renda fixa, fundos de investimento e o mercado de ações, investimento na bolsa de valores.

Este último, inclusive, teve um salto muito grande nos últimos anos. “O Brasil passou de 700 mil investidores em um ano e meio para 3 milhões, devido à queda dos juros e ao amadurecimento natural do mercado”, explica Renato Mota.

“Eu acredito ainda em um grande diferencial que são os investimentos internacionais, acrescenta Rosana. Essas ações permitem diversificação, e ainda a melhora da relação entre risco e retorno, já que não estão submetidas à volatilidade do mercado brasileiro.

Quem pode investir?

Os sócios da GR Capital indicam que qualquer pessoa que gere renda está apta a fazer um investimento. “O assessor vai alinhar quais são seus objetivos, o que você deseja com essa estrutura de investimentos, o quanto você tolera de riscos, o que você você tem buscado, como é sua família… É bem profundo”, explicam.

No entanto, é muito comum que os brasileiros sintam medo ao começar a investir, justamente por não entender o processo e não querer perder dinheiro.

Leandro Rosa acrescenta que, por aqui, é cultural a população não ter o hábito de se planejar a longo prazo. “Nossa economia se estabilizou há pouco tempo, somos muito novatos. Em países com economias mais maduras, as pessoas conseguem se planejar melhor e têm consciência de que não podem ser tão dependentes do governo”, diz.

Gabriel reforça que o importante é dar o primeiro passo, independente do seu grau de instrução. “Minha grande dica é: comece. Você vai se interessar, vai pesquisar sobre o assunto e vai evoluir”, pontua.

“Quando uma pessoa organiza sua saúde financeira, ela pode começar a investir com pouco, e isso faz a diferença. O assessor pode ajudá-la a investir melhor e ter um retorno maior sobre aquele capital acumulado, completa Renato.

Sobre a GR Capital

A GR Capital existe há quatro anos, mas os sócios já trabalham juntos há mais de dez e estão no mercado financeiro há mais de 20 anos.

É uma das maiores assessorias de investimentos do centro-oeste paulista, tendo escritórios em Bauru, Assis, Marília e São Paulo. Eles oferecem cursos e conteúdos sobre investimentos nas redes sociais. Atualmente, a empresa tem cerca de 3 mil clientes ativos, somando mais de R$1,2 bilhão sob custódia.

Serviço
GR Capital
Local: Rua Luso Brasileira, 4-44 – Ed. Metropolitan Business- Sala 810 – Jd. Estoril
Horário de atendimento: das 09h às 18h
Contato: (14) 3879-8507
Site: grcapital.com.br
Instagram: @grcapital
Facebook: /grcapitalinvestimentos

Compartilhe!
Carregar mais em Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Simples em evidência: galeria de Bauru inaugura com objetos que vão do artístico ao vernacular

A um passo da simplicidade que acalma. Este é o sentimento ao entrar na Simples Galeria, c…