Aos 13 anos, a bauruense Maiara Cristina viu uma receita de bolo na televisão e resolveu fazer para a família, as primeiras “cobaias”, como ela brinca. Para ajudar, o pai comprou a barra de chocolate, leite condensado e creme de leite para a receita.

“Maior incentivador”, ele também conseguiu a primeira cliente da Maiara. “Meu pai levava meus doces para o trabalho e, um dia, uma moça que atendia onde ele trabalhava encomendou o meu primeiro bolo”, relembra.

Foi a primeira venda de um caminho que a levaria à carreira de confeiteira, incluindo a venda de trufas na escola e a preparação dos bolos para os aniversários de família e amigos, embora na época ainda fosse apenas um hobby. “Não achava que um dia teria um espaço físico para receber clientes”, conta, “ainda mais porque os bolos não ficavam muito bonitos (risos)”.

Com apoio do marido, decidiu oficialmente entrar na área. Fez um curso de confeitaria e começou a trabalhar com confeitaria, inclusive como professora.

Bolo na loja

“Agora, mais de dez anos depois, estou aqui e parece que tudo passou muito rápido. Eu olho fotos antigas e relembro o esforço. Quando penso que jamais imaginei que ia ser confeiteira e vejo o resultado do trabalho, fico muito feliz”, comenta Maiara.

Nos últimos anos, com o nome Doce Amora, estava vendendo os produtos pela internet. Nas redes sociais, conquistou uma base de clientes que deu confiança para abrir a própria loja, a Petite Doces e Bolos, na Rua Gustavo Maciel, inaugurada no início do mês. “É uma oportunidade das pessoas conhecerem pessoalmente meu trabalho, já que pela internet não tem esse contato”, pontua.

Bolo com morangos

Bolos e doces

A Petite tem bolos a pronta-entrega e por encomenda, doces e bebidas. Com opção de inteiro e fatias, são mais de 25 bolos, incluindo caseiros e confeitados. Entre as alternativas, tem dos mais tradicionais aos mais especializados. 

Fatia de bolo

Nos doces, tem ‘copo da felicidade’, pudim no copo, bombom aberto, pão de mel, carolina, bits de brownie, mini panetone e cookies.

Os destaques são torta de cheesecake, feita com uma receita criada pela Maiara, e o bolo de café, chocolate e mousse de leite ninho. “É um bolo caseiro, leve, super fofinho e que as pessoas amam”, garante.

Todos trazem a experiência da confeiteira. Além das técnicas para produzir os recheios em cada item, a Maiara trabalha apenas com ingredientes naturais e feitos na hora, o que dá o toque 100% artesanal.

Claro, sem esquecer da pitada de paixão pela confeitaria. “Eu amo o que eu faço, então me doo na cozinha”, diz ela, explicando como pensar em levar conforto por meio das iguarias. “Às vezes, a gente está estressado e quer comer um doce para dar uma relaxada. Para isso, nada como um bolo caseiro rápido para tomar café. A ideia é se aconchegar mesmo”. 

Fica, tem bolo

Por isso, além do cardápio, o espaço também é pensado na ideia do aconchego. As mesas que permitem sentar para comer no local estão no meio de uma decoração remetendo a uma clássica doceria. 

Tudo foi pensado em conjunto com os sócios, responsáveis pela Petite Doces e Bolos sair do papel. Amigos dela, foram eles que acreditaram no talento da Maiara e fizeram a proposta de lançar um espaço físico.

“A gente conversava e as ideias eram as mesmas, de decoração, cardápio e de como seria a loja. Foi muita parceria”, comenta a confeiteira, agora convidando as pessoas a conhecerem o espaço.

Fatia de bolo

“Que as pessoas venham experimentar um pouco do que a gente tem, sentar aqui e tomar um cafézinho. Quero que elas conheçam o nosso ambiente, que está super aconchegante”, diz ela. 

Compartilhar momentos

Uma das formas do local de oferecer conforto é por meio do cheiro de bolo por lá logo ao entrar. “Na hora que abre a porta, já sente o cheiro”, resume Maiara, o que, para ela, significa despertar lembranças.

Falando sobre bolo

“Um dos meus objetivos na confeitaria é fazer relembrar de algo positivo que aconteceu na vida. A ideia de experimentar um bolo recheado e lembrar de uma comemoração importante e das pessoas especiais que estavam com elas. É o que mais me motiva, porque são momentos de amor. E pela cozinha, é possível transmitir isso”, diz.

Por exemplo, aniversários. São momentos que pessoas queridas se reúnem para demonstrar carinho em um dia especial, celebram ao redor de um bolo e transformam em uma data que sempre será lembrada.

Nesse sentido, Maiara gosta de colocar em prática a ideia da comida como uma forma de compartilhar ocasiões. “É isso que nos envolve. As pessoas só se reúnem para comer algo que gostam”, finaliza.

Loja de bolo

publieditorial

Serviço
Petite Doces e Bolos
Endereço: Rua Gustavo Maciel, 24-16
Horário de funcionamento: De segunda a sexta, das 9h às 19h. Sábado, das 9h às 18h. Domingo, das 9h às 13h.
Contato: (14) 99138-6000
Instagram: @petitebauru
Facebook:/Petitebauru

Compartilhe!
Carregar mais em Gastronomia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Vieiras e vinho da rainha compõem o cardápio do novo Monte Serrat Bistrô

As mesas ganham toalhas brancas, a iluminação muda e os copos dão lugares às taças. É assi…