Sejam muitíssimo bem-vindos e bem-vindas a Bauru!

E antes de qualquer coisa: calma! Você não está sozinho nessa empreitada.

Eu também achei que estava sozinha quando cheguei por aqui, em 2017. Não conhecia nada, não sabia onde ficava nada. Acredite: a maioria dos universitários de Bauru tem essa mesma experiência. Logo você fará novos amigos, terá um lugar para morar e saberá todas as linhas de ônibus que precisa pegar.

Para te ajudar a se sentir um pouco mais tranquilo(a), preparamos este guia sobre os principais pontos que você deve saber ao chegar na cidade lanche. Lembrando que todas as palavras e termos em amarelo no texto são links clicáveis para você conhecer mais ainda sobre o que estamos falando, ok? Então vamos nessa.

Em primeiro lugar… Onde eu estou?

Bauru é o coração do estado. Estamos no município mais populoso do centro-oeste de São Paulo com cerca de 380 mil habitantes.

Bauru foi fundada em 1º de agosto de 1896, mas foi no início do século XX que começou a ser realmente povoada, graças à ferrovia. Neste dia é sempre feriado municipal e acontecem diversas comemorações em vários lugares da cidade.

O nome vem das junções de ‘ybá’ (fruta) e ‘uru’ (cesta), significando cesta de frutas. Porém, há controvérsias: outros especialistas dizem que o real significado é “queda d’água” ou relacionado aos “baurus”, indígenas que viviam às margens do Rio Batalha.

A cidade também é cheia de apelidos carinhosos. Você vai ouvir falar dela como a Cidade Sanduíche, Cidade Sem Limites e Springfield Brasileira.

Bauruzinho: o melhor mascote do Brasil. Ele chegou a ser roubado por estudantes de uma república, em 2008

Bauru é cheia de curiosidades, na verdade. Você sempre vai descobrir uma coisa nova. O Pelé começou sua carreira e ganhou o apelido por aqui, por exemplo. E o Cazuza tem uma música sobre uma Garota de Bauru (que ninguém nunca descobriu quem é). Nós reunimos 125 curiosidades sobre a cidade nesta matéria aqui, para o aniversário de 125 anos de Bauru.

Estudantes em Bauru

Eu costumo dizer que Bauru é uma cidade super universitária. Acho que os atendentes de supermercado já estão acostumados a atender pessoas de colete e samba-canção prontos para ir para alguma festa.

Infelizmente, com a pandemia, muitas pessoas foram embora por conta da suspensão das aulas presenciais. Mas só pra você ter noção, em 2019 foi publicada uma pesquisa do Inep que registrava 26.887 universitários por aqui, entre matriculados e formados.

Na mesma matéria, a Prefeitura de Bauru compartilhou que a cidade tem 783 cursos oferecidos e 39 instituições de ensino superior (distribuídas entre faculdades, centros universitários, universidades, institutos federais e escolas do governo).

Moradia

A primeira coisa que você se pergunta quando precisa mudar de cidade para estudar é onde vai morar. Aqui em Bauru, o mais indicado é morar em kitnets, apartamentos ou repúblicas. Tudo depende de como você se sente mais à vontade e, claro, seu orçamento.

Moradores da República Frafru em Bauru (2016)

A localização também depende de onde você vai estudar e qual a melhor via de acesso para a sua faculdade. Além disso, é bacana se certificar se tem tudo por perto: pontos de ônibus, farmácias e supermercados, principalmente.

A maioria dos aluguéis é feita com imobiliárias da cidade, mas também é possível contratar a moradia direto com o proprietário – depende do imóvel. Se você ainda não sabe com quem ou onde morar, uma sugestão é procurar nos grupos de Facebook. O principal deles é o Repúblicas de Bauru.

Não se esqueça de visitar o local e ver se está tudo em ordem antes de fechar o contrato. Também converse bastaaaaante com seus colegas de casa para conhecê-los melhor e estabelecer regras e limites.

Mobília e móveis

Mobiliar a casa é caro, eu sei. Por isso, também recomendo que você compre móveis e eletrodomésticos usados. Aqui em Bauru, também temos opções de grupos de compra e venda no Facebook, onde você pode encontrar muita coisa legal e em bom estado para montar sua nova casa.

Transporte em Bauru

A maioria dos estudantes de Bauru se locomove pela cidade de ônibus. Atualmente, a passagem custa R$4,85. Para quem tem o cartão de estudante, sai por R$2,42. Aqui nós não temos terminais de ônibus, mas o cartão é integrado – ou seja, você pode pegar dois ônibus pagando apenas uma passagem.

Para fazer o seu, é necessário ir até a Transurb com um documento de identificação com foto e seu atestado de matrícula da faculdade. Todo semestre o cartão estudante é bloqueado, e você deve ir a algum terminal de recarga com o atestado de matrícula atualizado para que ele volte a funcionar.

Esse ano, a Transurb lançou o App Ônibus Bauru. Dá pra conferir todas as linhas e horários de ônibus da cidade, você ainda consegue salvar os pontos que mais utiliza e as linhas que pega com mais frequência, além de traçar rotas para os locais onde precisa chegar.

O Google Maps e o Moovit também são ótimos aplicativos de mobilidade para te ajudar a chegar em qualquer lugar. Também temos as opções de transporte por aplicativo, como Uber e 99Taxi.

No caso da Unesp, a cultura da “carona solidária” é uma tradição entre os alunos, professores e servidores técnico-administrativos. Quem está de saída do campus oferece os locais vagos dentro dos carros para os estudantes que optam por economizar tempo e dinheiro.

No entanto, a cultura foi se perdendo com a pandemia e o ensino remoto, já que calouros de 2020, 2021 e 2022 não tiveram vivência universitária ou mal frequentam o campus da Unesp. Por isso, o Social Bauru fez um vídeo contando um pouco mais sobre isso e tentando resgatar os “caroneiros”.

 

Transporte para outras cidades

Como eu já comentei, a maioria dos estudantes de Bauru vêm de outras cidades. Eventualmente, voltamos para visitar a família em fins de semana, feriados e férias.

Você pode ir pela Rodoviária, de Buser ou de carona. O app que os estudantes mais usam para pegar e oferecer caronas é o Bla Bla Car, mas também existem grupos no Facebook específicos de carona para cada cidade.

É normal se sentir inseguro(a) para viajar com pessoas desconhecidas. Por isso, procure sempre pelas recomendações e comentários sobre os motoristas antes de solicitar a viagem.

Alimentação

Uma coisa é certa: quando você vai morar sozinho, precisa saber cozinhar. Dica de veterana na cidade: crie o hábito de se alimentar bem. Nós temos várias opções de supermercados, quitandas, empórios, entre outros.

Muitos desses estabelecimentos fazem entrega (com taxa), então pode ser uma opção caso você não tenha carro e queira fazer uma compra grande. Além disso, se você vai sempre no mesmo supermercado, procure saber se ele não tem um clube de vantagens para que você tenha descontos em alguns produtos.

Para vegetarianos e veganos, nos próprios supermercados é possível encontrar linhas de produtos cruelty free. Alguns restaurantes e lojas também são exclusivamente veganos, como a Orango Mango, o Patio di Dentro, a Happig e a Little Vegan Store.

 

Feiras livres

Se você gosta de pastel e caldo de cana na feira, tenho uma boa notícia: em Bauru não falta opção. Confira a lista das feiras livres da cidade que fizemos aqui no Social Bauru.

O sanduíche Bauru

Sim, você precisa comer Bauru em Bauru. Criação do bauruense Casimiro Pinto Neto, a primeira vez que montaram esse sanduíche foi na Lanchonete Ponto Chic, em São Paulo. Nós contamos essa história aqui.

A receita leva pão francês, rosbife, queijo derretido em banho maria, picles e tomate.  Para se certificar de que está comendo o original, o Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) tem uma lista oficial de locais que servem o Bauru verdadeiro.

 

Vai passar o aniversário por aqui?

Aqui em Bauru, muitos estabelecimentos oferecem brindes para os aniversariantes do dia. Este ano, nós atualizamos a lista do Social Bauru e encontramos 60 lugares para comer e ganhar um mimo no dia do seu aniversário. Lembrando que você só ganha se consumir algo no local, certo?

Outros apps

Você deve se alimentar bem, sim, mas também merece uma folguinha de vez em quando. Para isso, sugiro que tenha o iFood e o Rappi em mãos. Para bebidas, o Zé Delivery tá aí pra te ajudar na social do fim de semana.

Além desses, o Primeira Mesa está de volta a Bauru! Nesse aplicativo, você reserva uma mesa em horários menos movimentados dos restaurantes e tem 50% de desconto nos pratos do cardápio (não vale para pratos em valor promocional, bebidas e nem os 10% do atendimento). O vídeo abaixo te explica como utilizar a plataforma:

 

Muitos estudantes trazem seus animais de estimação ou acabam adotando-os por aqui, mas nem todos os estabelecimentos aceitam a presença deles. Pensando nisso, em 2021, nós reunimos mais de 40 lugares pet friendly para ir em Bauru.

Lazer e entretenimento

Cá entre nós, os estudantes nunca ficam de fora do que está rolando.

Mas caso você perca alguma coisa, saiba que aqui no Social Bauru nós atualizamos os horários do cinema e a Agenda Cultural da cidade toda semana. Então se bater a dúvida de onde ir, dá uma passadinha aqui que te ajudamos a decidir!

Esportes

Se você gosta de esportes, deve saber que temos um dos melhores times de basquete do Brasil: o Bauru Basket. As partidas em casa acontecem no Ginásio Panela de Pressão. Como se não bastasse o Dragão, temos as meninas do Sesi Volêi Bauru, que também são uma potência da modalidade. Além disso, aqui ainda tem o Esporte Clube Noroeste, time de futebol tradicionalíssimo da cidade.

Agora, se o seu negócio é praticar, temos várias opções pela cidade e falamos sobre elas nessa matéria aqui. Tem esporte pra todos os gostos!

Parques

A cidade de Bauru também tem parques para passear e aproveitar ao ar livre. Alguns deles são:

Eventos

Se você gosta de um fervo, além das festas, Bauru também tem eventos grandes que acontecem todos os anos.

A Expo Bauru, por exemplo, tem vários dias de festa com atrações gratuitas e pagas. No ano passado, vieram para cá as duplas Maiara & Maraísa e Zé Neto & Cristiano, além de outros artistas.

O Filma Bauru é uma mostra competitiva de curtas-metragens de ficção, documentário e animação, e uma mostra não competitiva de curtas experimentais, videoclipes e videoartes – todos produzidos por profissionais do interior. As obras ficam disponíveis para assistir online.

Vou aproveitar que estamos falando de filmes para indicar a Cinemateca Digital Bauruense, um acervo que reúne obras feitas por produtores da cidade.

Outro evento que movimenta a cidade é o Arraiá Aéreo. A última edição aconteceu em 2019, antes da pandemia. Em 2022 ele estará de volta! O ingresso do evento é solidário, com a doação de 1kg de alimento não perecível. Lá, você pode conferir apresentações aéreas com muita música e comida boa.

Foto do Arraiá Aéreo de 2019

Como comentamos anteriormente, agosto é o mês do aniversário de Bauru. Também é um período cheio de comemorações por aqui, e uma delas é a Parada da Diversidade. Eu fui no show da Glória Groove em 2018 e olha… foi tudo!

A Semana do Hip Hop também movimenta a cena por aqui. Com vários dias de evento, os bauruenses podem conferir shows, batalhas de rima, rodas de conversa, oficinas e apoiar movimentos sociais, como a feira de alimentos orgânicos do MST.

O festival já trouxe para cá nomes como Emicida, BK’, Inquérito, RZO, Thaíde, entre muitos outros. A última edição aconteceu em 2019 e a de 2022 já está confirmada.

Cultura

Para quem gosta de cultura, Bauru também oferece muitas opções. Você pode conferir as programações dos espaços:

  • Acesso Popular – uma extensão da Casa do Hip Hop (ainda fechada por conta da pandemia)
  • Centro Cultural “Carlos Fernandes de Paiva” – abriga o Teatro Municipal, a Biblioteca Municipal, a Galeria “Angelina Waldemarin Messemberg” e a Secretaria de Cultura. Lá também fica a Divisão de Ensino às Artes, que atende atualmente 900 alunos em atividades artísticas como aulas de dança e teatro
  • Sesc Bauru – eles atualizam mensalmente a agenda de shows e espetáculos

Vista aérea do Sesc Bauru (Foto: reprodução/SescSP)

Para fechar esta seção, ninguém melhor que a banda bauruense Os Últimos Escolhidos do Futebol.

Hospitais e serviços de saúde

Estudante também fica doente, viu? Por isso, é fundamental saber quais serviços de saúde estão mais perto de você.

A Prefeitura de Bauru tem uma lista enorme com todos os serviços de saúde públicos que você encontra por aqui.  Você pode ir até a UPA se estiver doente e precisar de um atendimento de emergência ou a uma UBS para marcar consultas de rotina e manter a saúde em dia.

O Social Bauru também fez uma lista de contraceptivos distribuídos pelo SUS aqui na cidade. Além disso, se você for exposto(a) a infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), deve procurar qualquer posto de saúde para seguir os protocolos de profilaxia pós-exposição (PEP).

E se você tem o costume de doar sangue, pode ir até o Hemonúcleo do Hospital de Base para fazer a doação voluntária.

 

Outras burocracias

Se você precisa resolver pendências burocráticas como tirar documentos, por exemplo, pode procurar o Poupatempo Bauru para isso. E mesmo que você não precise resolver nada, eu dou uma dica: aproveite um tempo livre para tomar café no restaurante-vagão do Poupatempo. Sim, é um vagão de trem de verdade, e é incrível.

A própria Prefeitura também oferece alguns serviços online para que você não precise sair de casa.

Empregos

A vida adulta chega, as contas e os boletos também. Além disso, para os estudantes, é muito importante procurar estágios para conquistar experiência profissional e poder concluir o curso que iniciaram. Aqui em Bauru, alguns sites podem te ajudar a procurar empregos:

Não se esqueça de manter o seu currículo sempre atualizado nos portais em que se cadastrar.

Vai dar tudo certo!

Eu entendo a sua angústia, mas garanto que, com o tempo, tudo vai se ajeitando e você vai se adaptando à cidade e à rotina.

Para finalizar, gostaria de compartilhar a música Bauroots, que a banda Geleia Jutaí lançou exatamente no dia em que eu cheguei aqui. De alguma forma, me senti acolhida por ela, e espero que vocês também se sintam.

Aproveite muito!

Compartilhe!
Carregar mais em Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Abordando de política a gastronomia, podcast de Bauru reúne mais de 30 entrevistas

Lançado em novembro de 2021, o Picles Podcast, conteúdo parceiro do projeto Originais 94FM…