Educar para a democracia. Esse é o tema central do livro “Grêmios estudantis: de projeto de extensão universitária a defesa da gestão democrática na escola”, que será lançado no dia 28 de abril, às 19h, dentro das ações do “Projeto Vez e Voz: conversa sobre educação”.

A produção é fruto dos registros e reflexões acerca do projeto Formação de Grêmios Estudantis em Escolas Públicas Municipais de Bauru-SP, que acontece desde 2012 numa parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e o Departamento de Psicologia da Unesp de Bauru, sob coordenação da professora Flávia da Silva Ferreira Asbahr e da professora Cássia Aparecida Magna Oliveira.

O lançamento ocorrerá no canal da Secretaria Municipal de Educação. Além disso, o e-book também ficará disponível gratuitamente no site da Editora Mireveja a partir de 28 de abril.

“O livro conta com a participação de profissionais do Departamento Pedagógico da SME, professoras da rede que são tutoras do projeto, alunos da Unesp (graduação e pós) que participaram do projeto de extensão e tem um capítulo em co-autoria com a professora Vera, diretora da FC”, destacou a professora Flávia Asbahr. Ela ainda comenta que teve apoio da Proec, do Departamento de Psicologia (FC-Unesp), do Programa de Pós-graduação em Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem e da SME-Bauru.

Índice do livro

O livro é composto por três partes e 12 capítulos:

Apresentação – Grêmios estudantis: de projeto de extensão universitária a defesa da gestão democrática na escola – Flávia da Silva Ferreira Asbahr, Cássia Aparecida Magna Oliveira e Rebeca Isabelle Müller

Parte I – Reflexões iniciais

Capítulo 1 – O grêmio estudantil como instrumento de participação: é preciso formar para participar – Cássia Aparecida Magna Oliveira e Flávia da Silva Ferreira Asbahr

Capítulo 2 – A importância dos grêmios estudantis para a Secretaria Municipal de Educação como política pública do município de Bauru- Rose Teixeira Gaido, Kelli Cristina do Prado Corrêa, Fernanda Costa Garcia e Flávio Ismael da Silva Oliveira

Parte II – Relatos de experiência sobre a formação do grêmio nas escolas municipais

Capítulo 3 – Atuação do grêmio estudantil: um relato de vivência – Wanessa Cavaglieri Santos Pini

Capítulo 4 – Relato de experiência: a construção, capacitação e atuação do grêmio estudantil na EMEF José Francisco Junior “Zé do Skinão” – Alessandra Karina Bueno de Oliveira, Andreia Matilde Augusto, Sandra Regina Simões Bernardino da Silva Pereira e Silvana Postigo Prudente

Capítulo 5 – Relato de experiência sobre o grêmio estudantil: atividades para desenvolver protagonismo e autonomia com alunos dos anos finais do ensino fundamental – Jesuína Santos Carrilho Lucon e Cássia Aparecida Magna Oliveira

Capítulo 6 – Grêmio estudantil e construção da cidadania: a representação dos estudantes da EMEF Thereza Tarzia – Andréia Fernandes Prado e Fabiana de Almeida Machado

Capítulo 7 – Grêmio estudantil: uma experiência de estágio em Psicologia Escolar – Rebeca Isabelle Müller

Parte III – Pesquisas sobre o grêmio e participação estudantil

Capítulo 8 – O papel de um grêmio estudantil no desenvolvimento da participação das crianças integrantes – Isadora De Martino Prata

Capítulo 9 – A organização das atividades de formação dos grêmios estudantis em prol do desenvolvimento infantil – Gabriela Pinto Braga

Capítulo 10 – A avaliação de professoras sobre a participação de estudantes no grêmio estudantil – Camilla Schultz

Capítulo 11 – Participação do aluno com deficiência no grêmio estudantil: uma revisão de materiais didático-pedagógicos – Cássia Aparecida Magna Oliveira, Flávia da Silva Ferreira Asbahr e Vera Lucia Messias Fialho Capellini

Capítulo 12 – Grêmio estudantil e protagonismo juvenil: a experiência de estudantes egressas do grêmio – Ana Carolina Franco dos Santos e Flávia da Silva Ferreira Asbahr

Ponderações finais – Prospectivas para a formação de grêmios estudantis no Sistema Municipal de Educação de Bauru – Flávia da Silva Ferreira Asbahr

Compartilhe!
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Casal de Bauru cria artes digitais em NFT e vende a colecionadores pelo mundo

O NFT (Token não fungível) surgiu como uma oportunidade para os artistas digitais. Como a …