80% da população mundial já teve, tem ou terá dores nas costas, segundo um levantamento realizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Fatores como má-postura, acidente, sedentarismo, obesidade, genética, esforço repetitivo e até tabagismo contribuem para o surgimento de incômodos ou lesões na coluna vertebral. É o que conta o Dr. Henrique Ramos Mariani, fisioterapeuta com experiência em ortopedia.

Dentre os problemas mais comuns responsáveis pelas dores na coluna estão a artrose, bico de papagaio e hérnia de disco.

Segundo o profissional, no caso da hérnia, o disco responsável pelo amortecimento das vértebras se desgasta e desloca por uma abertura para fora do eixo. Normalmente, a maior parte dos tratamentos propostos envolve cirurgia.

“O tratamento mais realizado para hérnia de disco é remédio e cirurgia, em que se corta a hérnia fora”, informa Henrique Ramos. “Mas há casos em que não é preciso fazer cirurgia, em que apenas o tratamento conservador basta”, complementa.

E nessas situações, de tratamento sem cirurgia, se destaca o trabalho do Doutor Hérnia em Bauru, consultório de fisioterapia inaugurado nesta quarta-feira (08) no Prime Square.

Antes de tudo, o que é hérnia de disco?

A coluna vertebral é composta por 32 ossos, também conhecidos como vértebras. Para amortecê-los e conferí-los estabilidade e flexibilidade, há um disco cartilaginoso entre cada um.

A hérnia de disco nasce quando esse disco se desgasta, muitas vezes, escapando do eixo central e encostando em alguma estrutura da coluna, como a medula espinhal e a raiz nervosa. Quando isso ocorre, a dor surge causando incômodo e como sinal de que algo não está certo.

As hérnias podem ser classificadas em três tipos decorrente da localidade em que estão:

  • Hérnia de disco cervical, na região do pescoço;
  • Hérnia de disco torácica, na região central das costas;
  • Hérnia de disco lombar, na parte inferior das costas.

Sintomas da hérnia de disco

Algumas hérnias de discos são assintomáticas, ou seja, não têm sintomas. Já outras, que encostam nas terminações nervosas, causam dores, dormência e/ou formigamento no pescoço, braços, costas, pernas e/ou pés.

“Quando essa protusão encosta no nervo da cervical, a pessoa pode sentir dor no braço, dor de cabeça e até enxaqueca. Já quando é na parte lombar, a dor irradia para a perna. É a famosa ‘dor no ciático’. As pessoas acham que o ciático é o vilão e, na verdade, o coitado é o que está sofrendo”, explica Henrique.

Há pacientes que chegam até Henrique para prevenir esses problemas, enquanto outros o procuram após meses de desconforto. “Já atendi pacientes utilizando cadeira de rodas porque pararam de andar por conta das dores”, afirma.

Em ambos os casos, a consulta com um profissional é indicada para realizar o diagnóstico. Aspectos como avaliação física, sintomas, histórico do paciente e exames de imagem – vide tomografia computadorizada ou ressonância magnética – servem para a identificação da ocorrência e proposta do tratamento necessário, que varia conforme cada situação.

Tratamentos para a coluna oferecidos pelo Doutor Hérnia

Sem intervenção cirúrgica, apenas com “mão do fisioterapeuta, maca e exercícios”, o consultório Doutor Hérnia de Bauru trabalha com três tipos de tratamento para a coluna: preventivo, o tratamento para pessoas diagnosticadas com hérnia de disco e o tratamento postural.

No primeiro caso, como o próprio nome diz, se encaixam aqueles que querem prevenir uma herniação.

“O tratamento preventivo é para aquele que sente dor na coluna, mas não tem nenhum diagnóstico. Avaliamos e iniciamos um tratamento para não criar hérnia de disco e tirar essa dor incomoda”, diz Henrique.

Já o tratamento para os pacientes com hérnia de disco é diferenciado do preventivo ao envolver a terapia manual e os exercícios. Tudo orientado pelo próprio Henrique durante as sessões individuais, que normalmente ocorrem duas vezes na semana e duram 30 minutos. Segundo o fisioterapeuta, o tempo é suficiente para tratar o corpo e ainda respeitar os limites de cada paciente.

Já a terceira via de serviço prestado envolve o tratamento postural, em que são trabalhados exercícios para o fortalecimento da coluna.

Além de 17 estados, Doutor Hérnia está em Bauru

A Doutor Hérnia é uma franquia criada por dois fisioterapeutas, André Pegas e Laudelino Risso. Com experiência e especialização em osteopatia, os dois desenvolveram um método sem intervenção cirúrgica para problemas na coluna vertebral.

De acordo com informações divulgadas pela própria instituição, o tratamento “mostrou eficaz em mais de 95,7% dos casos tratados”.

Atendendo no consultório de Bauru está o fisioterapeuta Henrique Ramos. O profissional trabalha desde 2019 na unidade da franquia em Campo Grande, cidade natal e onde se formou em fisioterapia pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul em 2016.

Aqui, ele pretende “ajudar as pessoas a se recuperar ao cuidar do máximo de colunas possíveis”, finaliza.

publieditorial

Serviço
Doutor Hérnia Bauru
Endereço: Centro Empresarial Prime Square (Av. Getúlio Vargas, 22- 25, Torre 1, sala 710/711) – Jardim Europa
Telefone: (14) 3500-1988
Instagram: @doutorherniabauru
Facebook: /doutorherniaunidadebauru
Site: www.doutorhernia.com.br

Fisioterapeuta responsável: Henrique Ramos Mariani (CREFITO 3 – 265704-F)

Compartilhe!
Carregar mais em Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Joalheria no centro de Bauru guarda história de família há 40 anos no ramo

Algumas histórias de Bauru não começam aqui. A da Amily Joalheria e Ótica, por exemplo, co…