O Programa Oficinas Culturais anuncia a programação para os meses de novembro e dezembro. As atividades incluem oficinas, encontros, workshops e palestras. Todas as atividades são em formato on-line e com participação gratuita. As inscrições já começaram e podem ser feitas através do link disponibilizado para cada atividade.

O Programa Oficinas Culturais é uma parceria da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do governo de São Paulo, Poiesis – Organização Social de Cultura e da Secretaria de Cultura de Bauru. A programação completa é encontrada aqui: linktr.ee/oficinasnointerior 

Confira a programação e como se inscrever:

1- Oficina: Violão Negro Brasileiro – Os negros na construção do violão como identidade nacional

Coordenação: Diego Ricardo Pacheco
Datas e horários: 21, 23, 28 e 30/11 – 18h30 às 20h30
35 vagas
Inscrições: a partir de 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Aberto a todos os públicos
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/7XqpVtW3YM9dHGtN8

Nesta oficina serão partilhados aspectos da história cultural do violão brasileiro, a partir da perspectiva de violonistas negros esquecidos pela história oficial da música e sua discografia. A oficina apresentará vídeos, livros, entrevistas, análises histórico-musicais, escuta de repertórios, fotografias, artigos de jornais da época, análises de letras em grupo, tudo para que possamos ter um panorama de quem são e da atuação dos violonistas negros no Brasil.

2- Oficina: Do livro à cena

Coordenação: Luciana Carnieli
Datas e horários: 1, 3, 8 e 10/11 – 18h30 às 20h30
15 vagas
Inscrições: a partir de 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Interessados em Literatura, Teatro e seus processos criativos
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/cnKtEvFfJ139bqCH9

Esta oficina on-line pretende apresentar caminhos e ferramentas na transposição do gênero literário narrativo para a dramaturgia da cena teatral. Será dividida entre apresentação de conteúdo teórico e prática de exercícios na criação de cenas a partir da composição narrativa. Uma oficina para despertar o interesse pelo teatro, a literatura, a dramaturgia cênica e desenvolver a sensibilidade do leitor/espectador/criador. Investigar os limites entre as formas literárias dramática e narrativa, e apresentar caminhos para a prática da escrita criativa.

3- Oficina: Poéticas decoloniais

Coordenação: Bruna de Jesus Silva
Datas e horários: 9, 11, 16 e 18/11 – 10h às 12h
15 vagas
Inscrições: a partir de 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Artistas, educadores, pesquisadores e público em geral, a partir de 16 anos
Plataforma: Zoom
Materiais necessários: Revista, jornal, livro, cola, tesoura, base de corte.
Link para inscrição: forms.gle/Fv38ja44cTFvczSV7

A oficina consiste em encontros onde serão abordadas questões em torno do decolonialismo, a fim de observar e ressignificar as narrativas oficiais brancas, europeias e coloniais por meio da colagem analógica ou digital.

4- Oficina: Percepções corporais e criatividade através da dança

Coordenação: Urubatan Miranda
Datas e horários: 22, 24 e 29/11 – 10h às 12h
30 vagas
Inscrições: a partir de 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Professores de arte da rede pública e público em geral a partir de 16 anos.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/h3hTnLgCER9oBuof6

A atividade estimula a busca por uma nova possibilidade de construção poética de movimento que entendemos que não ocorre a partir da diluição ou segmentação de nomenclaturas, mas da integração do potencial de cada participante envolvido nesse processo, viabilizando dessa forma a construção de um exercício criativo.

5- Oficina: Para narrar histórias, beba poesia

Coordenação: Débora Kikuti
Datas e horários: 30/11, 2, 7 e 9/12 – 10h às 12h
30 vagas
Inscrições: a partir de 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Público: jovens e adultos que tenham interesse em contar histórias,
contadores de histórias, educadores, arte-educadores, a partir de 16 anos.
Plataforma: Zoom
Materiais necessários: impressão de 2 histórias (uma para estudo e outra escolhida pela
pessoa participante para contar).

Link para inscrição: forms.gle/XCZb9XiNUebfKE4i6

A atividade apresentará a importância de um repertório poético-pessoal para narrar histórias. “Amparada em minha experiência como narradora de histórias, desejo compartilhar porque esse repertório possibilita que a narração seja mais envolvente e natural”, explica a coordenadora..

6- Ateliê literário: Convite com os teus poemas antes de escrevê-los

Coordenação: Isabel Lagedo
Datas e horários: 9, 11, 16 e 18/11 – 14h às 16h.
30 vagas
Inscrições: a partir de 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: A partir de 16 anos, interessados em criação literária: poetas, artistas, bibliotecários, professores, educadores sociais, mediadores de leitura e estudantes.
Plataforma: Zoom
Materiais necessários: caderno ou folhas para anotações; caneta, lápis grafite, borracha.
Link para inscrição: forms.gle/SoK6Vctp1gPegqp79

A atividade proporcionará aos participantes a experimentação da escrita poética, por meio de atividades divertidas e formativas, que articulam as sabências e saberes, por meio das leituras: de si e do outro; do espaço poético; das poesias — ações essas que contribuirão para fluir a escrita poética naturalmente.

7- Oficina de colagem: Técnicas e experimento de papeis 

Coordenação: Sofia Lemos
Datas e horários: 21, 24, 28/11 e 01/12 -10h às 12h
30 vagas
Inscrições: a partir de 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: aberto a todos os públicos
Plataforma: Zoom
Materiais necessários: tesoura, cola, papéis, livros, revistas, papelão, papel alumínio
Link para inscrição: forms.gle/UP2QNWBvrFXwLt2k6

Esta oficina tem como proposta ressignificar materiais do cotidiano de maneira a deslocar suas funções habituais para a criação de obras de arte, por meio da colagem. Assim, possibilita ao participante – por meio do uso de instrumentos cotidianos como o papel, a tesoura e a cola – aflorar a criatividade com liberdade e experimentar novas interpretações do mundo, com apoio da técnica do recorte. No final de cada aula, abre-se para a apresentação dos trabalhos realizados e conversa entre todos sobre o processo de criação.

8- Palestra: Gramáticas de si: Eu, Tu, Elu!

Coordenação: Sara Wagner York
Convidades: Prof. André Luiz Coutinho Vicente e Profe. Brune Camilo.
Datas e horários: 7/11 – 18h30 às 21h30
50 vagas
Inscrições: a partir de 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Aberta à comunidade interessada nos processos educacionais recentes; a partir de 16 anos.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/Svz76HF4z7M7ZkvQ7

A atividade discutirá pontos centrais da estruturação das gramáticas excludentes ou inclusivas que emergem no séc. XXI em países de língua latina, sobretudo no Brasil, e que tensionam o modo de novas produções a agentes ligados aos estudos culturais e linguísticos.

9- Fotografia Móbil

Coordenação: André de Oliveira
Datas e horários:
Turma A – 4, 7 e 9/11 – 14h às 16h
Turma B – 21, 23 e 28/11 – 18h30 às 20h30
30 vagas
Inscrições: a partir de 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Interessados em Artes Visuais.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição turma A: forms.gle/udWE9ZhePTBunYud9
Link pra inscrição turma B: forms.gle/Tt4vwydpDsb73eTm9

A inclusão de câmeras fotográficas em aparelhos celulares foi um dos fatores fundamentais para que o ato de produzir imagens se tornasse cada vez mais rotineiro. A modernização constante dos aparelhos e a integração dos mesmos com mídias digitais, possibilitaram o surgimento das condições básicas para que nos dias atuais a fotografia seja ferramenta de comunicação fundamental e de grande influência na maneira como nos relacionamos com o mundo e as pessoas.Tendo algumas destas questões como elementos norteadores, a oficina tem como objetivo apresentar possibilidades a serem exploradas a partir dos recursos técnicos oferecidos pelas câmeras de aparelhos celulares, bem como acessórios que podem auxiliar o fotógrafo a maximizar o aproveitamento da captura fotográfica, elementos de composição e estética fotográfica.

10- Oficina de introdução à aquarela

Coordenação: Luís Felipe Camargo (Fepe)
Datas e horários: 9,11, 16 e 18/11 – 14h às 16h
15 vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Aberto a todos os públicos.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/C6KGYaQVWEuHrnJdA

Através de exercícios de observação, a oficina cobre as técnicas principais de aquarela, ensinando a encontrar cores e misturas, tendo em conta luz e sombra, texturas e forma geral do desenho. Finalizando a composição, caminhar o passo-a-passo da técnica, estabelecendo um guia prático para que cada aluno possa repetir e aperfeiçoar a técnica em seu trabalho pessoal.

11- Oficina: Os tipos de vozes na ópera italiana

Coordenação: Sérgio Casoy
Datas e horários: 9, 10, 16 e 17/11 – 18h30 às 20h30
40 vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Aberto a todos os públicos.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/jUi1wBGEbkuA4dDTA

Em quatro encontros, serão abordadas as subdivisões teatralmente necessárias dos seis tipos fundamentais de vozes para o canto lírico, segundo a escola italiana. Os dois primeiros encontros serão dedicados às vozes femininas, e os dois últimos às masculinas. Os tipos de vozes serão exemplificados com trechos de diversas obras. Com Sergio Casoy, professor e pesquisador de música lírica, autor de “A invenção da ópera” e “Ópera de outros cantares”.

12- Palestra: Versos dobrados em origami – dobrar histórias: origami e narrativas

Coordenação: Marcio Grou
Datas e horários: 22/11 – 14h às 17h
35 vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Professores, educadores e interessados, a partir de 16 anos.
Materiais necessários: Tesoura, régua e cola; Papel e Caneta para anotação; lápis de cor, canetinha ou giz de cera; revistas ou panfletos para recorte; papel de origami (quadrado); sulfite branco ou colorido. Obs.: Não utilizar o papel dobradura.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/CbAy3EixcQuzCHEG

Dobrar histórias é um convite a repensar o papel como suporte e matéria de construção de laços entre literatura e saberes que ‘desdobrados’ nesta técnica que é suporte de memória e reflexão. As peças de movimento que se seguem permitem ainda brincar, interagir e se divertir com as inusitadas ações apresentadas nos poemas. Apresenta, ainda, duas linguagens no origami, sendo o movimento e o ORINUNO, dobrar no tecido.

13- O despertar criativo – individualidade artística e subconsciente 

Coordenação: Viviane Dias
Datas e horários: 16/11 – 18h30 às 20h30
60 vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Atores, diretores, estudantes de teatro e pedagogos de teatro e de diversas áreas artísticas.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/tDNSrrySyVuW5WCU6

A palestra pretende desenvolver temas como caminhos para fomentar a criatividade do ator e o papel do subconsciente na criação através de um diálogo com o Sistema de Stanislávski. Pretende ainda apresentar inestimáveis contribuições de seus mais rebeldes colaboradores como E. Vakhtángov, M. Tchekhóv e Sulerjítski, ainda relativamente pouco conhecidos no Brasil e cujos trabalhos são fundamentais para se entender os mais potentes desdobramentos do Sistema ao longo do século XX.

14- Palestra: Processos coletivos de criação cênica 

Coordenação: Coletivo Teatral A Digna
Datas e horários: 9/11- 18h30 às 21h30
30 vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Pessoas interessadas na criação teatral.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/oQHFCLKxFN5zQJSv6

Nessa palestra, os integrantes do Coletivo A Digna – Ana Vitória Bella, Helena Cardoso e Victor Nóvoa – irão compartilhar seus processos coletivos de criação a partir dos doze anos de experiência cênica do grupo em trabalhos artísticos que intervêm no cotidiano da cidade. Apresentarão seus procedimentos de trabalho cênico em que se estabelecem pontes éticas e estéticas entre a cena, o texto e produção de espetáculos teatrais.

15- Palestra: Arthur Bispo: obravida

Coordenação: Flavia Corpas
Datas e horários: 29/11 – 18h30 às 21h30
50 vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Interessados em geral pelas temáticas da arte, loucura e psicanálise.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/qT9a5WiKzerTbEiaA

Quem foi Arthur Bispo do Rosario? Artista, como fora designado pelo universo da arte? Louco, denominação a ele atribuída pelos diferentes campos que se dedicam às psicoses? Ou Jesus Cristo, tal como ele se dizia? Ao adentrarmos a singularidade de Bispo do Rosario e de sua produção, descobriremos como a intrínseca relação entre vida e obra neste artista pode nos ajudar a pensar um dos nomes mais importantes da arte de nosso tempo.

16- Palestra: Criação de personagens para cinema e TV

Coordenação: Marcelo Marchi
Datas e horários: 7/11 – 18h30 às 21h30
30 vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Aberto a todos que desejem atuar profissionalmente na área de roteiro cinematográfico e televisivo ou que apenas tenham interesse pela linguagem narrativa da ficção.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/sthwkTPZkXCzXjta9

A atividade é um mergulho num dos aspectos mais fascinantes da narrativa ficcional para cinema e séries: a criação de personagens. Iniciaremos pela Jornada do Herói e os arquétipos que a povoam,seguiremos pela construção e caracterização dos protagonistas e coadjuvantes e estudaremos suas motivações e histórias pregressas.

17- Oficina: Praticando a produção cultural – desenvolvendo uma ideia 

Coordenação: Renato Modesto
Datas e horários:
Turma A- 1, 3 e 8/11 – 14h às 16h
Turma B – 30/11, 5 e 7/12 – 18h30 às 20h30 (dezembro)
40 vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Pessoas com alguma experiência em projetos culturais que desejem conhecer mais e se aprofundar na área.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição:
Turma A: forms.gle/7JgJqgAQLwUSDbnE7
Turma B: forms.gle/hZLtQjoeLzvf6Xhu6

Esta oficina busca apresentar um panorama histórico e referencial de modelos de produção, teóricos e práticos, aproximando os participantes da cena da produção para desenvolverem seus projetos. Serão mostradas ferramentas para melhorar a análise dos projetos culturais e melhor desenvolver programas culturais, passando por todas as etapas da administração e desenvolvimento dos projetos, considerando pré-produção, produção e pós- produção.

18- Oficina: Roteiro de curta-metragem – do documentário à ficção 

Coordenação: Roney Freitas
Datas e horários: 1, 3, 8 e 10/11 – 10h às 12h
40 vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: A partir de 17 anos.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/5AtbiMkGkixnSkRq5

Esta oficina busca fornecer informações teóricas e práticas sobre a produção ficcional e documental contemporânea visando à elaboração de roteiros audiovisuais, por análise de projetos, discussão de textos teóricos e processo criativo compartilhado de filmes do palestrante e de outros realizadores. Proporciona conhecimentos e experiências próprias ao aluno no desenvolvimento de argumentos e projetos de curta-metragem em cinema.

19- Clube de leitura – ver-se sem se reconhecer: o leitor co-autor em Clarice Lispector

Coordenação: Ricardo Hirata
Datas e horários: 3,10, 17, 24/11 e 1 e 8/12 – 18h30 às 20h30
50 vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Interessadas e interessados na literatura de Clarice Lispector.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/Vvz9Qy3jUda6XB648

Experienciar a literatura por meio de um grupo é sempre uma oportunidade para enriquecer interpretações e experiências. Trocar palavras e afetos em conjunto propicia ao pensamento um “tecer com o outro” o que, não raras vezes, desvela novas camadas (e entrelinhas) do texto. Acompanhados dos romances Perto do Coração Selvagem (1943), A Hora da Estrela (1977) e Um Sopro de Vida (1978), daremos destaque à vivência de co-autoria empreendida pelo leitor.

20- Oficina de planejamento de projetos culturais sustentáveis 

Coordenação: Eva Laurenti e Daniela Senador
Datas e horários: 21, 28 e 29/11 – 19h às 22h
50 Vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: Por ordem de Inscrição
Público: produtores, artistas e demais interessados.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/H8dpkiZMChPMCygi9

Oficina Técnica para planejamento da elaboração de um projeto cultural, envolvendo pré-produção, produção e pós-produção. Serão apresentadas as ferramentas necessárias para desenvolver um projeto estruturado, partindo de um planejamento adequado, visando o financiamento indireto e direto. A partir de então, o exercício será pensar o planejamento dos projetos culturais com a clareza de quem é público-alvo adequado para cada iniciativa. Esse planejamento, fundamental também para as iniciativas culturais, é peça-chave para a sustentabilidade das mesmas. A Oficina permitirá aos participantes identificar, de um lado, quais os segmentos de públicos afinados com o seu projeto cultural e, de outro, quais são as demandas latentes que podem inspirar projetos sustentáveis. Para isso, serão utilizadas técnicas simples e inovadoras que permitem a coleta de insights para embasar os projetos. Considerando o público como eixo condutor da viabilidade, também serão transmitidas técnicas para testar o interesse pelos projetos pré-Concebidos e analisar resultados após a sua difusão para o mercado.

21- Laboratório de expressão – colagem 

Coordenação: Caterina Rino
Datas e horários: 1/12 – 14h às 17h
30 vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Interessados, a partir de 16 anos.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/gvPDhpKaxiJtGMte7

As experiências artísticas ampliam a visão de mundo, a compreensão do outro, a dimensão de espaço e tempo e instiga à reflexão. Essa atividade estimulará a criação a partir da apresentação de imagens já criadas e de imagens que permitam um processo criativo, mesmo sem recursos mais requintados, como placa de corte ou estilete de precisão.

22- Dança urbana contemporânea 

Coordenação: Igor Gasparini
Datas e horários: 1, 2, 8 e 9/12 – 14 às 16h
25 vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Artistas da Dança, pessoas com o mínimo de experiência em dança. Experiência com dança urbana seria recomendado, mas não obrigatório.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/ybByMtintdQwUJgv8

Esta oficina busca descobrir como o corpo que apresenta um treinamento específico (no caso em dança urbana, mas que pode ser feito com outras técnicas também), pode responder diferentemente aos estímulos, sem perder a sua essência, mas saindo do lugar da reprodução e buscando encontrar uma dança mais autoral, individual e singular.

23- Palestra: Tenho um roteiro, e agora?

Coordenação: Marcelo Marchi
Datas e horários: 1/12 – 18h30 às 21h30
30 vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Aberto a todos que desejem atuar profissionalmente na área de roteiro cinematográfico e televisivo.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/kUHS5vQQSeWc3XsV8

Por meio de um panorama da profissão de roteirista, esta atividade busca orientar os participantes a prepararem um projeto atrativo em torno de seu roteiro de filme ou série e apresentar os caminhos possíveis para que esse projeto chegue aos players do mercado, como produtoras, canais de televisão, plataformas de streaming e agentes de roteiristas. A atividade é focada no funcionamento do mercado audiovisual no que se refere ao trabalho do roteirista, especialmente a partir do momento em que esse profissional ou aspirante possui um roteiro finalizado e pretende divulgá-lo entre produtoras, canais de televisão e plataformas de streaming a fim de que seja produzido.

24- Oficina: Corporeidade em processos de escrita literária – Caminhos para um educação sensível 

Coordenação: Marina Wisnik
Datas e horários: 6 e 8/12 – 18h30 às 20h30
30 vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Educadores e professores .
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/fWweB2brQdM23B4KA

Por meio de propostas que integrem as linguagens verbal e corporal, reconhecendo as unidades sujeito/objeto e corpo/mente como necessárias para a implementação de uma educação sensível, será feita uma reflexão sobre o trabalho com literatura em educação. Com base no Pensamento Complexo de Edgar Morin e na perspectiva de corporeidade de Merleau-Ponty, defendendo uma educação de sensibilidade (Rogério de Almeida e Marcos Ferreira/FEUSP) e tendo como disparadores alguns de seus palíndromos poéticos, Marina realizará um trajeto expositivo que se organiza entre reflexão sobre práticas educacionais, reflexão teórica e poesia.

25- Oficina: Intensidade da imagem cinematográfica 

Coordenação: Cyntia Calhado
Datas e horários: 29 e 30/11, 6 e 7/12 – 14h às 16h
50 vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Interessados, estudantes, graduados ou educadores das áreas de
Arte, Comunicação, Design, Cinema e Audiovisual. Realizadores, críticos e
curadores. Interessados no desenvolvimento de projetos de pesquisa para a pós- graduação.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/dK3xc5mheHEXJe5fA

Como uma imagem nos afeta? Por que algumas imagens nos marcam, permanecendo em nosso imaginário muito tempo depois de as termos visto? Quais procedimentos audiovisuais são acionados para que um filme se torne uma experiência estética intensa? Esses são alguns dos questionamentos que motivam esta oficina, fruto da tese intitulada Intensidades da imagem: experiência estética no cinema, análises críticas a partir de Walter Salles, concluída pelo Programa de Comunicação e Semiótica da PUC-SP em 2019.

26- Workshop: colagem, identidade e ancestralidade 

Coordenação: Moara Tupinambá
Datas e horários: 6/12 – 10h às 13h
60 vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Aberto a todos os públicos.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/jtVioGgcCa9CKqRR7

O workshop pretende apresentar os processos criativos da artista, suas inspirações, pesquisa e a importância da técnica da colagem para a construção de sua poética da série “Mirasawá”. Como a colagem pode provocar a conexão com sua memória, história e ancestralidade? Como a artista vem desenvolvendo trabalhos colaborativos com sujeitas indígenas na construção dessa arte da colagem.

27- Oficina: O discurso do ator II – Laboratório de cenas autorais colaborativas

Coordenação: Raissa Gregori
Datas e horários: 7, 21 e 28/11 e 5/12 – 14h às 16h
30 vagas
Inscrições:10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Atores formados que queiram aprofundar e/ou diversificar sua formação. Estudantes de atuação. Podem ser aceitos artistas de outras formações como poetas, performers, que queiram experimentar a autoralidade na cena e na interpretação.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/Pe4d3WsuG5uD7drw5

Esta oficina é uma continuidade da atividade “O discurso do ator” . Neste segundo módulo de aprofundamento, aberto também a novos participantes, será explorado o formato laboratório, acentuando a participação dos autores/atores, sendo um espaço de provocação, experiência, acompanhamento e elaboração de cenas autorais. No primeiro módulo trabalhamos com cenas individuais, neste procuraremos articular mais de uma personagem na cena. Direcionada aos atores/artistas que estiveram no módulo 1 da oficina, mas também a outros atores que queiram experimentar através da linguagem da videoconferência trabalhos autorais e auto ficcionais em que o ator se apropria da escrita, da composição da mise em scène e da produção de cenas autorais baseadas em sua experiência estrutural, seu lugar de fala.

28- Encontro lírico com ópera Cavalleria Rusticana, de Pietro Mascagni 

Coordenação: Sergio Casoy
Datas e horários: 7/12 – 18h30 às 20h30
40 vagas
Inscrições: 10/10 até o preenchimento das vagas
Seleção: primeiros inscritos
Público-alvo: Aberto a todos os públicos.
Plataforma: Zoom
Link para inscrição: forms.gle/7kmoEzDtFJ31s3XS6

O formato denominado “Encontro Lírico” consiste em, tomando uma determinada ópera como tema, discorrer sobre suas origens e detalhes que envolvem sua criação – apoiada por exibição de imagens via Power Point. Será exibida e comentada uma produção da ópera “Cavalleria Rusticana” na íntegra. Com Sergio Casoy, professor e pesquisador de música lírica, autor de “A invenção da ópera” e “Ópera de outros cantares”.

Compartilhe!
Carregar mais em Cultura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Série Alma, de Juliana Alvarez, está em exposição em Bauru

De 17 de abril a 17 de maio, o Espaço Cultural Leônidas Simonetti recebe a série Alma. O t…