amigossa-bauru

Eles queriam ser famosos e jogar futebol, mas como viram que não ia dar certo, partiram para o pagode! “O nosso sonho sempre foi ser jogador de futebol. A gente quis por muito tempo! Mas depois vimos que não ia dar certo. Aí pensamos: ‘que tal cantar pagode’?”, brinca o vocalista Fabrício Flores.

E o nome da banda não podia ser diferente. Amigos há anos, Fabrício e Arildinho Fraga começaram na música por acaso, como uma brincadeira. Em churrascos e festas que frequentavam, eles sempre cantavam para animar todo mundo. O pessoal foi gostando e curtindo cada vez mais que, de repente, já estavam até recebendo convites para tocar em outras festas. E foi aí a brincadeira ficou séria e surgiu, de fato, a Amigos S/A.

“A gente achava que a banda era todo mundo que batucava com conosco e por isso ela era enorme. Com o tempo e a diferença de ideias, isso foi diminuindo e hoje somos só nós dois. Não somos uma dupla sertaneja, somos uma dupla de pagode!”, afirma o vocalista.

Apesar de a ‘brincadeira’ ter ficado séria e hoje poderem seguir com a profissão de músicos, os meninos afirmam que enfrentaram – e enfrentam – o preconceito, diariamente. Segundo os cantores, ter uma banda não é nada fácil. Uma dupla é mais difícil ainda e se, essa dupla cantar pagode, o caminho a ser percorrido é mais complicado!

Devido ao mercado atual, o pagode não está tão em alta, quanto outros ritmos, como o sertanejo, por exemplo. Então, emplacar um show em casas noturnas é um desafio constante. “Essa é a nossa maior dificuldade em viver da música. Amamos o que fazemos, mas é complicado viver disso por conta do preconceito que enfrentamos. Quando dizemos que tocamos pagode, algumas pessoas torcem o nariz. A nossa sorte é que sempre somos bem recebidos e sempre pedem os nossos shows”, conta Fabrício.

E quem nunca viu os meninos tocarem pode ir preparado para um show bem animado e humorado. Aliás, fica claro durante todo o bate-papo que eles são exatamente do jeito que mostram no palco: com a alegria em primeiro lugar! Brincadeiras e risadas não faltaram em nenhum momento!

Quem ganha com isso é o público que se diverte a cada apresentação, que conta com músicas totalmente dançantes. “Não fazemos um show desanimado, calmo. Queremos ver o público alegre, para cima, todo mundo dançando!”, confessa Arildinho.

E para esse ano, o projeto é um novo videoclipe que será gravado em breve, aqui em Bauru. O trabalhou atual, que foi produzido pelo mesmo produtor do grupo Inimigos da HP e conta com músicas dos humoristas Rodrigo Capella e Marcelo Marrom, já tem o hit escolhido para ter um vídeo de lançamento. A gravação era para ser depois do carnaval, mas por conta de alguns problemas técnicos, ficou para os próximos meses. Então, vale a pena aguardar a novidade!

Compartilhe!
Carregar mais em Cultura
...

Verifique também

Bauru terá cine drive-in gratuito a partir desta quinta-feira (30) no Recinto

Bauru recebe a atração itinerante Cine Drive-in Tilibra. A programação, gratuita, tem iníc…