carteira-trabalho-topo

Depois de um ano de demissões em massa, as empresas continuam controlando seus gastos em 2017 e as contratações de novos trabalhadores estarão restritas, porém, assertivas. As empresas estarão buscando, cada vez mais, profissionais diferenciados que consigam trabalhar em um cenário de poucos recursos e que tragam soluções inovadoras para o negócio.

Se você foi uma das vítimas das demissões de 2016, saiba que um bom currículo é essencial para chamar a atenção de quem está contratando e se destacar entre os outros candidatos. Para enriquecer seus conhecimentos, investir em cursos é um ponto interessante para quem quer se destacar.

Se você ainda não sabe em qual carreira investir seu tempo e dinheiro, a professora da área de gestão e negócios do Senac em Bauru, Claudia Soares da Silva Rocha, aponta quais as nove profissões que estarão em alta este ano:

​- Área de tecnologia (desenvolvedores de aplicativos, web)
– Marketing digital;
– Profissionais em vendas;
– Analista contábil;
– Analista tributário;
– Analista financeiro;
– Recursos humanos;
– Profissionais da área de planejamento e controle de produção;
– Profissionais em compras.

Além dos cursos, as empresas estão buscando pessoas que irão ajudar a aumentar a produção com menos recursos e com características adicionais que possam trazer benefícios ao negócio, como engajamento, conhecimentos sobre as tecnologias disponíveis para aprimorar o caminho para chegar ao objetivo, proatividade, habilidades interpessoais e flexibilidade.

Ter um currículo apresentável e bem organizado também conta ponto na hora de concorrer a uma vaga de trabalho, pois ele será a porta de entrada para o empregador saber que tipo de profissional você é. A professora do Senac, Claudia Rocha dá dicas de como preparar o currículo:

1- Comece com os dados pessoais no alto da página como nome, telefones para contato, endereço e e-mail. Sempre atualize o seu currículo quando houver alguma mudança.

2- Deixe claros seus objetivos, saiba o que você procura, como você pretende destinar sua carreira e o motivo de resolver escolher essa profissão.

3- Usar folhas brancas, limpas e grampeadas.

4- Não descreva sua vida inteira. Coloque as informações importantes sobre o que já fez ou teve experiência, cuidado também com os erros de português. Coloque suas experiências de uma forma clara, em tópicos, e adicione as mais relevantes, as que vão fazer diferença na hora da contratação.

5- Coloque tudo que for significativo e foi realizado por você, como por exemplo, os negócios realizados nos empregos anteriores que contribuíram para a empresa ou um projeto que deu muito certo. E faça tudo isso mesmo se estiver trabalhando em uma empresa.

Apesar de estarem em baixa no momento, as profissões se renovam e outras surgem, por isso, se você não sente mais entusiasmo pelo que faz, vale a pena buscar novos caminhos, seja qual for sua idade. Para ajudar na decisão é interessante fazer um comparativo por escrito sobre perdas e ganhos em trocar de profissão, assim você poderá ter dados concretos do que mais compensa.

Compartilhe!
Carregar mais em Geral
...

Verifique também

Gestão, saúde, artes e tecnologia: Senac Bauru oferece mais de 3.800 bolsas de estudo 100% gratuitas

Para quem busca novas perspectivas profissionais em 2024, o Senac Bauru concederá mais de …