O som dos instrumentos sendo testados, os “booms” e os “zaps” e as afinações. Nem parece que todos esses sons diferentes podem se unir para criar uma peça sinfônica perfeita e harmônica!

Sabe de onde esses sons vêm? Diretamente do Teatro Municipal de Bauru, onde a banda e a orquestra sinfônica da cidade ensaiam.

Não tinha ideia que em Bauru havia uma Banda Sinfônica? Então vem descobrir um pouquinho mais sobre esse pedaço musical da Cidade Sem Limites!

Banda ou orquestra?
Se você é daquelas pessoas, que como eu, achava que banda e a orquestra sinfônica são a mesma coisa? Pois está errado!

O maestro Devanildo Aparecido, da Banda Sinfônica de Bauru, explica que a banda é formada por instrumentos de sopro e percussão, sendo que, a orquestra adiciona os instrumentos de corda além dos sopros e percussão.

Além disso, a quantidade de instrumentos de uma orquestra é menor.

Em Bauru, a Banda Sinfônica foi a primeira a ser criada, há 16 anos. Iniciativa da prefeitura, a banda tem como objetivo incentivar a música na cidade, sendo a pioneira da região no ensino de cordas.

O sucesso foi tanto que hoje o projeto já forma alunos que vão para outros países estudar música, além de oferecer para cidade um cursinho para o estudo de música, além de uma bolsa de incentivo e materiais gratuitos para os alunos.

“Quando a gente vê a apresentação, isso é só a ponta do iceberg! Por trás tem muito trabalho envolvido, então cabe a mim junto com os professores, pensar no repertório, no material das aulas, nos ensaios…”, explica Devanildo.

Abrindo caminhos pela música
A banda sinfônica já abriu e ainda abre grandes oportunidades para quem participa do projeto, como o desses dois alunos Joelso Rodrigues e Tiago de Lima. Um é trompista e o outro percussionista, mas os dois compartilham do mesmo amor pela música!

Tocando há sete anos e começando seu contato com a música pela igreja, Joelso acredita que a música não é só o ouvir, mas também o sentir. Sentar-se no teatro e sentir o som dos instrumentos em harmonia é uma experiência única!

“A gente (poder) demonstrar nossos sentimentos através da música é incrível, tocar uma pessoa através da sua música, mexer com sentimentos é muito interessante!”, conta o trompista.

A história de Tiago já começou diferente. Com o pai músico, o jovem sempre se sentiu tocado pela música, e começou a desenvolver o interesse por essa arte desde os sete anos.

“Meu pai era músico e a gente não tinha condições financeiras para comprar o instrumento, então, eu ficava de frente para as costas do sofá e as usava como a minha bateria. Eu cheguei a rasgar o sofá da minha mãe!”, o percussionista relembra.

Para Tiago, a sensação de poder se apresentar para o público depois de tanto ensaio e estudo é algo gratificante!

Hoje, os dois jovens têm 21 anos e sonham em seguir a música em seus futuros, tanto diretamente quanto indiretamente.

O trompista vai começar uma graduação em produção audiovisual, área que descobriu durante seus anos na banda: a edição de vídeo. Por isso, pretende unir as duas áreas e atuar na produção de orquestras.

Já Tiago estuda no conservatório de Tatuí, e pretende continuar nessa área. Para esses dois meninos, a Banda foi uma forma de se aproximar ainda mais de uma paixão: a música!

A Banda de Bauru
A Banda Sinfônica completou 16 em 2018 e foi fundada a partir da Lei nº 4.861, em 2 de julho de 2002. Hoje, a banda é formada por jovens entre 12 a 25 anos e em seu repertório estão desde músicas eruditas até populares, como temas de filmes.

Na banda tocam desde tambor, tímpanos, bombo, xilofone, triângulo e pratos, até trompetes, trombones, trompas, flautas, oboés, clarinetes e saxofones!

Além da teoria musical, as aulas e ensaios na banda desenvolvem a parte cultural e social dos alunos, pois o trabalho em equipe é muito valorizado para que as apresentações aconteçam de forma impecável.

“A música tem um papel social importante, os alunos entram em contato com novas oportunidades, além de desenvolverem a prática coletiva de música, a socialização, a valorização do outro e o contato com novas formas de cultura”, explica o maestro Devanildo.

E para quem nunca teve a oportunidade de ouvir a Banda e a Orquestra Sinfônica de Bauru em ação, os espetáculos e ensaios são abertos ao público e gratuitos!

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Amanda Araújo
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Carne Doce faz show gratuito nesta quarta (05) no Sesc Bauru

O projeto Autorias desta quarta-feira, 05 de dezembro, apresenta show da banda Carne Doce.…