O pôr do sol já é bonito no Aeroclube, mas e se tivesse um mirante? Seria melhor ainda!

Esse projeto existe e é o resultado do trabalho de conclusão de curso realizado pelos estudantes: Marcela Sagredo, Danielle Rulbone, Nathaly Pelegrina e Heitor Wollinger. Ele são alunos de arquitetura e urbanismo da Unip em Bauru.

Com a proposta de restaurar um edifício da cidade, oferecendo uma nova utilidade a ele, os futuros arquitetos escolheram o prédio do Aeroclube de Bauru.

Pensado em um mirante, eles projetaram um deck de observação na torre do Aeroclube, que encontra-se desativada. A ligação com o térreo é feita por meio de um elevador panorâmico, para melhor aproveitamento da vista do local.

O deck ficaria posicionado acima do telhado existente, portanto, não haveria a necessidade de qualquer alteração no edifício original. Dessa forma, é possível manter a sua essência como patrimônio.

Isso, porque os alunos se deparam com um prédio tombado, em que deve ter um cuidado maior. Então, a criação do mirante seria feita sem causar danos à estrutura original.

Como é um edifício tombado e não podemos mexer na fachada, pensamos em estender o restaurante ao deck, na parte superior. Dessa forma, os visitantes não iriam se restringir apenas à parte térrea do bar, e teriam uma vista melhor!”, comenta Nathaly.

Novo ponto turístico da cidade

O projeto iria agregar à cidade criando um novo ponto turístico em Bauru, além de ser uma atração com lazer. Assim, seria acrescentado ao espaço, um telescópio, no último andar da torre, para observar o céu durante a noite.

“Bauru é difícil de ponto turístico, um lugar para curtir o final de semana em família. O Aeroclube é bem localizado no alto da cidade, tem uma vista bacana e acaba sendo um desperdício ficar lá, sem uso”, explica Marcela.

80 anos de muita história

O Aeroclube de Bauru foi inaugurado no dia 8 de abril de 1939 e é o aeroclube há mais tempo em funcionamento no Brasil, são 80 anos de atividades!

Assim, é alvo de grandes e justos elogios manifestados por todos aqueles que o conhecem de perto e pelas mais altas expressões da aviação brasileira.

Construído em estilo art-déco, o Aeroclube de Bauru foi projetado pelos mesmos engenheiros da estrada de ferro Noroeste do Brasil.

Segundo os alunos, nos anos 70, o Aeroclube era um dos principais pontos de encontro dos bauruenses que frequentavam o Bar Aeroporto, enquanto desfrutavam da vista que o local proporcionava.

Com o passar dos anos, ele foi perdendo a movimentação de pessoas e hoje não recebe mais o mesmo número de visitantes. Diante do projeto, o Aeroclube teria novamente o movimento de pessoas e o turismo no local, fazendo o espaço voltar a ser mais utilizado.

Acessibilidade pontuada

O projeto do mirante também traz acessibilidade ao novo Aeroclube. Com isso, as pessoas com a mobilidade reduzida ou deficiência física têm acesso ao espaço, sem dificuldades.

Além do elevador, as pessoas também conseguirão ter acesso ao mirante, por meio das escadas da torre, “A ideia não é a escada ficar fechada, mas, por conta da acessibilidade, o elevador seria implantado!”, comenta Nathaly.

O projeto pode sair do papel? Acreditamos e torcemos para que sim! Segundo os estudantes, está acontecendo mudanças na diretoria do Aeroclube. Com isso, o projeto delas foi reservado como acervo.

“A diretoria pensa em fazer a restauração do edifício. No ano passado, fizemos um levantamento, enviamos o projeto e eles deixaram no acervo”, finaliza Marcela.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Vivian Messias
Carregar mais em Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Duas quermesses para aproveitar nesse final de semana em Bauru

As quermesses, tradicionais festas religiosas estão chegando em Bauru! Só neste final de s…