O Museu Histórico de Bauru tem proporcionado uma nova forma de revisitar fatos do passado guardados em seu acervo. Além do tour 360° que apresenta fotos antigas misturadas a atuais, já noticiado pelo Social Bauru, agora, eles lançam o “Desenhando a História“.

A ideia é levar o conteúdo do museu, tanto do arquivo de livro e jornais, quanto do tridimensional, para o público por meio da internet, visto que, devido à pandemia, não recebemos visitações. Assim, a série desenhando histórias traz, a cada 15 dias, um novo vídeo curto sobre alguma curiosidade ou fato histórico da cidade.

Segundo a historiadora do museu e locutora dos vídeos, Fabiana Ferreira Rocha, o intuito é informar de forma direta e em pouco tempo. “Pensamos em vídeos que as pessoas possam assistir rapidamente e com uma linguagem universal em que diversas faixas etárias consigam compreender. Sem excesso de informações e que ao mesmo tempo seja um vídeo educativo”, explica.

Portanto, o intuito é difundir temas conhecidos sobre Bauru, mas com informações como datas. Além de ilustrar algumas figuras ilustres. Inclusive, o primeiro episódio, por exemplo, conta a história da origem do sanduíche bauru e ilustra a figura de seu criador, Casimiro Pinto Neto.

A criação da série

Além de Fabiana, quem também trabalha no projeto é Nilson Júnior, responsável pelas animações dos vídeos. O resultado final de cada trabalho é composto por uma pesquisa histórica no acervo do museu e por uma animação mista.

“Usamos stop motion quando tem objetos 3D em cena, ela consiste na captura de imagens desses objetos com pequenos movimentos e montamos essas imagens em sequência. Usamos também a animação tradicional, com desenhos à mão livre e, com vários desenhos por segundo, formamos a sequência desejada. Depois com um editor de vídeo bem simples conseguimos montar o vídeo em cima da narração”, explica Nilson.

Ainda de acordo com o ilustrador e agente cultural, cada sequência demora cerca de dois dias para ser montada. Sendo assim, uma animação de dois minutos demora cerca de dez dias pra desenhar, recortar, montar e editar.

“Como não trabalhamos com story board e sim direto pra animação, conseguimos esse ‘tempo recorde’. Discutimos em equipe como será a narrativa e já partimos para a produção. Creio que nosso maior desafio é conseguir passar didaticamente nossas ideias. E seguir nossa primeira ideia que é falar sobre os fatos históricos e curiosidades de Bauru que tenham pouco registro fotográfico ou de imagens. Para podermos trabalhar o imaginário do nosso público”, conta Nilson sobre os desafios.

Desenhando a História

O primeiro episódio foi publicado no Facebook do Museu Histórico no último domingo, dia 24. Por ser quinzenal, o próximo vídeo está previsto para ser postado no dia 7 de junho.

Entre os temas para os próximos vídeos estão a história sobre os índios Kaingang, sobre a ferrovia e a demolição da Igreja Matriz para a construção da Catedral. Entretanto, os bauruenses também podem sugerir outros temas sobre a cidade, basta enviar nos comentários das publicações feitas na página do Museu Histórico de Bauru.

A série “Desenhando a História” é um projeto da Secretaria Municipal de Cultura, por meio do Museu Histórico de Bauru.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Conheça o trabalho de três fotógrafas de Bauru que enaltece mulheres reais

Uma fotografia é uma recordação que pode ultrapassar gerações e guardar momentos com muito…