Apesar de parecer apenas um acessório no carro, a placa é muito mais do que isso, fazendo parte da documentação do veículo. Sendo assim, no começo de 2020, o Brasil passou por uma mudança em relação às PIVs (Placas de Identificação Veicular). De acordo com a Resolução nº 780, do Conselho Nacional de Trânsito, desde o dia 31 de janeiro as placas são instaladas em um novo modelo, do Mercosul, substituindo, assim, as placas cinzas.

Com a nova regra surgiu a oportunidade para empresas prestarem o serviço de estampadora, antes realizado em apenas um local. Sendo assim, para operar, as empresas devem ser credenciadas ao Detran.

“Ninguém consegue operar se não for credenciado do Detran, então isso qualifica e dá solidez à empresa. Assim como a vistoria, você tem que seguir um monte de critérios que o Detran impõe para ter uma qualidade, não só de produto, mas também de serviço, ainda mais com o emplacamento veicular”, aponta Vinicius Risso, à frente da Fábrica de Placa em Bauru.

Apesar de todos estes critérios, o proprietário explica, que já há fraudadores no mercado, que não registram a placa no Detran para não pagar a taxa exigida. O cliente acaba utilizando somente uma chapa com números não cadastrados nos órgãos públicos, ficando passível de ter o carro apreendido pela fiscalização policial.

“A dica que eu dou é desconfie se o preço da placa estiver muito barato, porque os custos são iguais para todos”, ressalta Vinicius.  Uma forma do cliente final evitar fraude é utilizar o aplicativo VIO e apontar a câmera do celular para o QR Code da placa. Se não houver leitura ou aparecer uma mensagem em que a placa não foi identificada, desconfie!

A nova placa do Mercosul

A mudança da PIV surgiu com o objetivo de facilitar a identificação e a fiscalização dos automóveis nos países pertencentes ao Mercosul (Mercado Comum do Sul). Portanto, várias foram as mudanças para a nova placa, tais como, a tipologia das letras, adição de um QR Code, entre outros.

Sobre a segurança da placa do Mercosul, Vinicius destaca alguns pontos: “A começar pela tecnologia. A grande diferença é que antes o brasileiro pensava que por conta do lacre, estava seguro, mas a tecnologia é indiscutível, muito mais segura e moderna.”

Além disso, a Fábrica de Placa desenvolveu acessórios a fim de deixar os clientes ainda mais seguros. Um exemplo é lacre de parafuso, que inibe o roubo. Ainda pensando na segurança, os produtos foram escolhidos a dedo, sendo assim, o suporte da placa é rígido e a película da placa é fabricada pela 3M com detalhes como o QR Code em alto relevo, garantindo maior durabilidade e melhor leitura.

Devido a esses cuidados, a estampadora oferece 5 anos de garantia das placas Mercosul, com certificado. “Usamos um padrão de parafuso diferenciado, que deixam as placas mais bonitas, inclusive. Então tudo isso é uma preocupação nossa. O sistema de segurança da Fábrica de Placa não impede o roubo, mas inibe muito, porque é uma barreira a mais”, explica o proprietário da unidade

Preciso atualizar a placa cinza?

Embora as placas do Mercosul já estejam disponíveis, a mudança ainda não é obrigatória para todos. Apenas um grupo específico deve adotar à novidade. Entre eles os carros novos com primeiro emplacamento, além de:

  • Alteração de categoria (de veículo particular para categoria aluguel, por exemplo);
  • Mudança de Município ou de Estado;
  • Em casos de furto, roubo, extravio ou dano na placa;
  • Reprovação em vistoria veicular nos procedimentos de transferência com observações sobre a placa e/ou lacre;
  • Quando se fizer necessário a segunda placa traseira.

A troca da placa cinza para o padrão Mercosul também é permitida de maneira voluntária. Porém a troca implica na vistoria veicular e emissão de novo Certificado de Registro de Veículo (CRV) com os custos de cada procedimento.

Quanto tempo para trocar?

Aproximadamente cinco minutos, é esse o tempo que leva o processo completo para trocar a placa. Desde a produção até a instalação, tudo é feito na Fábrica de Placas. Porém, quem não quiser sair de casa, também é possível fazer o emplacamento em domicílio, sendo que eles atendem em um raio de 100km de Bauru.

Placas decorativas

Além das placas originais, a Fábrica de Placa ainda oferece uma opção decorativa. É possível escrever o que quiser com até nove caracteres, utilizando também símbolos como coração ou hashtag. Seja no tamanho de placas para automóveis ou para motos, as cores também podem mudar: cinza, preto, azul, verde, vermelho e amarelo.

“As placas decorativas vêm com um escrito para não confundir com as de rodagem. Nós não fabricamos placas decorativas como se fosse uma placa original, porque pode causar confusão e isso é crime. A gente faz mais para presentear”, diz Vinicius.

Fábrica de Placa

Com 15 unidades, a Fábrica de Placas é uma franquia e a unidade bauruense foi inaugurada em junho deste ano. Quem está à frente da empresa na cidade é o casal Vinicius e Juliana. Naturais de São Paulo, eles vieram para a Bauru em busca de mais qualidade de vida.

Experientes no ramo de vendas, eles encontraram na franquia um motivo para mudar de cidade. Entretanto, os dois não querem deixar a sabedoria com vendas para trás, por isso, ressaltam que o diferencial também é o atendimento, oferecendo uma boa experiência ao cliente.

Nós temos uma carreira na área comercial muito grande. Então tudo o que aprendemos,  queremos aplicar aqui, em um mercado viciado, porque antes era apenas uma emplacadora em Bauru, não tinha concorrência”, finaliza Vinicius.

publieditorial

Serviço
Fábrica de Placa
Local: Av. Rodrigues Alves, 16-49
Horário de atendimento: segunda a sexta, das 8h às 18h, sábado das 9h às 12h / Delivery: o horário a combinar
Contato: (14) 99743-7445 | [email protected]
Site: www.fabricadeplaca.com/bauru
Instagram: @fabricadeplacabauru
Facebook: /fabricadeplacabauru

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Em fase de lançamento, imobiliária apresenta Piemonte, apartamento de 1 dormitório com lazer completo

Um espaço integrado traz mais mobilidade para os ambientes de um apartamento, por exemplo,…