Já se viu à frente de discussões relacionadas à pluralidade, em suas mais variadas formas, mas não soube muito bem se posicionar por falta de informações? Justamente com o objetivo de promover diálogos sobre a diversidade étnica, cultural e de gênero, que surgiu, em 2018, o programa Educando para a Diversidade

A atração, que é produzida e transmitida pela TV Unesp, estreia, nesta quarta (25), sua terceira e última temporada.

Entre os convidados do programa estão pesquisadores, ativistas e depoentes. Com mediação da apresentadora Patrícia Alves, os diálogos estimulam as reflexões sobre como promover uma cultura de paz e uma sociedade mais empática.

Desde seu início, a produção desenvolveu e disponibilizou 30 episódios, vários conteúdos extras, lives e podcasts, que estão disponíveis nos canais e mídias digitais da emissora. 

“Foi uma alegria produzir um material que tem consonância com os valores da emissora. Até por isso tentaremos realizar algumas edições, em caráter especial no próximo ano, cumprindo o papel de dar voz às minorias sociais”, destaca o diretor da TV universitária, Francisco Machado Filho.

Ainda, o coordenador geral do projeto, professor Juarez Tadeu de Paula Xavier, celebra o êxito do projeto, que consolidou-se como um espaço de reflexão conjunta. 

O projeto audiovisual começou em 2018 e é fruto da Política Institucional de Enfrentamento à Violência e pela Cultura de Paz da Universidade Estadual Paulista, apoiada pelo Convênio Unesp/Santander. 

Confira o vídeo de lançamento da terceira temporada: 

Episódios da nova temporada

O tema do programa de estreia, nesta quarta, é Cultura de Paz. A edição abordará as violências naturalizadas e silenciadas pela sociedade e instituições a fim de pensar em enfrentamentos por meio de diálogos, educação e políticas públicas. 

Contribuem com esta reflexão Ana Maria Klein, docente na Unesp em São José do Rio Preto e Doutora em Educação, e Raquel Cabral, docente na Unesp em Bauru, Relações-Públicas e Doutora em Comunicação.

Além disso, os temas dos próximos episódios são:

  • Ciência e Opinião;
  • Afrofuturismo;
  • Mães Solo;
  • Atenção à Saúde Mental;
  • Assédios e Formas de Combate;
  • Direito à Terra;
  • Sexualidade na Terceira Idade;
  • Direito ao Trabalho;
  • Encarceramento no Brasil.

Visando atender às recomendações da Organização Mundial da Saúde, a apresentadora do programa segue no estúdio enquanto os convidados participam à distância, de forma virtual.

Serviço

3ª temporada Educando para a Diversidade 

Data: todas as quartas, às 18h
Onde assistir: Em Bauru, nos canais: 46.1 e 518  NET Claro; em Botucatu: 13 NET Claro e em Marília: 19 NET Claro.
Youtube: www.youtube.com/tvunesp
Site: tv.unesp.br/educandoparadiversidade

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Paula Borim
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Caligraffiti: conheça a arte que está preenchendo os muros de Bauru

Mesmo que você nunca tenha ouvido falar sobre caligraffiti, provavelmente já deve ter vist…