Uma cúpula se destaca pelo formato arredondado entre casas e prédios no Altos da Cidade em Bauru. 🌃

Mesmo estando ali há anos, foi há alguns dias que ela voltou a chamar atenção na internet. Uma publicação no grupo “Histórias de Bauru” rendeu mais de cem comentários.

A cúpula foi construída por Emyr Nunes de Almeida, que entre tantas coisas era ourives, colecionador de orquídeas – chegou a ter mais de 3.500 plantas 🌷 – e amante de astronomia. 🔭

De acordo com as pessoas que o conheciam, ele era como uma enciclopédia humana, e buscava várias formas de conhecer e experimentar o mundo. 🌎

📚 Os relatos contam que ele lia durante horas, viajava, estudava, conhecia especialistas, lia várias línguas (e até falava algumas), aprendeu a tocar piano, pintar, esculpir e fazer mosaicos em pedra. 🎨

Muitas coisas que ele fez permanecem na casa até hoje, como o próprio portão da casa que foi construído por ele mesmo, e foi o primeiro portão eletrônico da cidade. Emyr, inclusive, teve 32 patentes de máquinas que ele inventou. 😱

No subsolo da casa, Emyr tinha um bunker, que ele usava como adega. Além disso, também há um corredor onde ele treinava tiro e tem até hoje marcas de balas na parede. 💍👑 Essa passagem leva a mais uma sala com um cofre no meio, que foi colocado antes da concretagem da casa e onde ele provavelmente guardava jóias e outros itens mais valiosos.

Atualmente, quem mora lá é o Dr. Hanna, que nos recebeu para uma visita e contou um pouco mais sobre a história que a casa e o observatório guardam.

#bauru #socialbauru #históriabauru #curiosidadesbauru #astronomiabauru

Compartilhe!
Carregar mais em Vídeos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Conhecendo a Condec Premium

Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Social Bauru (@socialbauru) A …