Em março, começa o o projeto “Trançando Elas – Retratando Sonhos”, que visa formar profissionais trancistas, além de retratar suas histórias através de um livro. É uma iniciativa da Prefeitura de Bauru, através da Secretaria de Cultura, por meio do Programa Municipal de Estímulo à Cultura e em conjunto com a Associação Elas.

O projeto tem como público-alvo mulheres de áreas periféricas da cidade, a partir de 16 anos, principalmente mulheres negras, trans e em estado de vulnerabilidade social. A ideia central é ir além de proporcionar uma qualificação profissional e uma renda a essas mulheres mas também possibilitar um reencontro com suas raízes e conhecimentos ancestrais afro-brasileiros.

A outra parte do projeto, trata-se do “Retratando Sonhos” onde a história dessas mulheres será contada através de um livro, escrito por Ana Carolina da Silva Degrava, com o objetivo de relatar as dificuldades de ser mulher, especialmente mulher negra, trans, mãe solo, e periférica, bem como mostrar as consequências dessas dificuldades na vida dessas mulheres e dos que estão ao seu redor.

A ação acontece de forma presencial no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU das Artes), um espaço que une cultura, esportes, lazer e atendimento social para a comunidade.

O espaço localiza-se na Rua Maria José Silvério dos Santos, Quadra 2, no Núcleo Habitacional Pastor Arlindo Lopes Vianna (Bauru 22). O local atende os bairros Parque Bauru, Ferradura Mirim, Júlio Nóbrega, José Regino, parque Hipódromo, Vila Carolina, Redentor e Tangarás.

Foto: Prefeitura de Bauru/Divulgação

Os encontros acontecem todas as segundas-feiras das 18h30 às 20h30, e acontecerão até o dia 5 de julho, com duração de 3 meses.

Uma vez por mês, a ação também promoverá eventos para a comunidade. O primeiro será o “Vem Trançar”, no dia 10 de abril, quando a população local poderá trançar o cabelo gratuitamente com as alunas do curso no CEU das Artes.

Em maio, no dia 2, teremos o “Trançando Elas na Feira”, na praça da Avenida Jorge Zaiden, localizada na rua Victor Curvello de Ávilla, no Jardim Contorno.

Por fim, em junho, no dia 07, o “Elas em Ação II” ocorrerá na feira livre do Vitória Régia, onde as alunas colocarão em prática os aprendizados do curso e levarão um pouco da cultura afro aos frequentadores da feira.

As informações são da Assessoria de Comunicação/Prefeitura de Bauru

Compartilhe!
Carregar mais em Geral

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Gestão, saúde, artes e tecnologia: Senac Bauru oferece mais de 3.800 bolsas de estudo 100% gratuitas

Para quem busca novas perspectivas profissionais em 2024, o Senac Bauru concederá mais de …