Bauru é a 5ª cidade com mais “capital humano” dentre os 101 municípios mais populosos do país. É o que aponta o Índice de Cidades Empreendedoras (ICE) de 2023. 

O ranking é realizado pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), instituição do governo federal, com apoio da Endeavor, rede formada por empreendedores.

O estudo é voltado para empreendedores e administração pública e tem como intuito investigar as condições que as 101 maiores cidades do país proporcionam à atividade empreendedora. 

A pesquisa leva em consideração sete elementos determinantes, como: ambiente regulatório, infraestrutura, mercado, acesso a capital, inovação, capital humano e cultura. Além disso, analisa indicadores de cada elemento.

Bauru e o capital humano

Dentro dessas categorias, Bauru se destacou em “Capital Humano”, categoria que avalia o valor agregado que cada profissional tem, as habilidades técnicas, científicas, conhecimentos, expertises e demais comportamentos que cada pessoa tem para a realização de um trabalho,  ou seja, a qualidade da mão de obra.

O capital humano é determinado, majoritariamente, por conta do acesso à educação, seja ela básica, técnica ou superior. Ele pode ser baseado também no alcance da saúde. Na categoria do ranking ICE 2023 foram analisados o acesso e qualidade da mão de obra básica e qualificada

O ranking vai ao encontro da realidade bauruense, que detêm diversas instituições públicas e privadas reconhecidas pela produção de ciência, conhecimento e profissionais especializados. 

À frente de Bauru estão três capitais estaduais, sendo Florianópolis (SC), Vitória (ES) e Porto Alegre (RS) e a cidade regional Santa Maria (RS).

Reprodução/Ranking ICE 2023

“Um dos grandes avanços que a análise econômica passou nas últimas décadas foi o reconhecimento da importância do capital humano para o desenvolvimento econômico”, destaca Luciano Rossini, consultor que participou da organização e revisão da pesquisa, em material publicado pela Enap na última segunda (27).

Qual é a importância do capital humano para Bauru?

Capital humano é, basicamente, mão de obra. Logo, as cidades com maiores índices de capital humano tendem a ter maior atividade empreendedora. Segundo o ICE 2023, abundância de capital humano nos municípios impacta positivamente o empreendedorismo local de três formas.

“Primeiro, aumentando a chance de êxito dos negócios, pois é mais provável que o empreendedor seja, na média, mais capaz; segundo, como a mão de obra disponível na cidade tem possivelmente melhor qualificação, o empreendedor poderá alocar recursos e coordenar atividades de forma mais eficiente. Por fim, se o nível educacional das pessoas é melhor, o que, por sua vez, permite a oferta de serviços e produtos mais sofisticados, a economia local pode se beneficiar de redes de relações sociais que se organizam no desenvolvimento do empreendedorismo”, aponta o relatório.

Confira o ranking de Capital Humano de acordo com o ICE 2023

1º Florianópolis (SC)

2º Vitória (ES)

3º Santa Maria (RS)

4º Porto Alegre (RS)

5º Bauru (SP)

6º Vila Velha (ES)

7º Limeira (SP)

8º Niterói (RJ)

9º Teresina (PI)

10º Santo André (SP)

O estudo completo está disponível neste link.

Compartilhe!
Carregar mais em Geral

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Gestão, saúde, artes e tecnologia: Senac Bauru oferece mais de 3.800 bolsas de estudo 100% gratuitas

Para quem busca novas perspectivas profissionais em 2024, o Senac Bauru concederá mais de …