bazar bauru
bazar bauru
Tamylin Silva e Mayra Ferraz uniram a amizade e a paixão pela moda para criar o Bazar do Desapego, evento que acontece em Bauru com vendas de roupas em bom estado com preços bem acessíveis. Esse ano, a edição do bazar ganhou uma novidade: a participação de quatro blogueiras que doaram cerca de 100 peças cada uma que serão vendidas com preço, a partir, de 5 reais.

“As coisas estão absurdamente caras. Está todo mundo ganhando pouco em relação aos valores que encontramos nas lojas, então podemos perceber até as lojas investindo em bazar e outlet. Até mesmo as liquidações de coleção de inverno começaram antes do próprio inverno. As pessoas estão mais seletivas e mais espertas. Acredito que isso se dá graças aos bazares e sites de compra que dispõe ao consumidor comprar peças de tendência e muitas vezes de marca por metade do preço que encontramos nas lojas”, afirma Tamylin e Mayra completa: “Ouvi de duas clientes nossas essa semana que o evento tirou a má impressão sobre roupas usadas”.

O Social Bauru bateu um papo com as duas organizadoras para saber mais detalhes desse evento que acontece no próximo domingo (21). Confira:

Quais as novidades dessa edição do Bazar do Desapego?
Tamylin: Nesta edição, o Bazar do Desapego vem com uma proposta mais fashionista: o ‘Desapego das Blogueiras’ em parceria com as blogueiras Jô Nascimento, Marianne Torres, Mirella Cabaz e Thais Modolo. Convidamos as meninas para desapegar de algumas peças, afinal, todo mundo sempre tem uns excessos no armário. Elas adoraram a ideia e disponibilizaram 100 peças cada uma para vendermos. Posso garantir que as roupas são lindas e de qualidade com preço justo. Dessa vez também vamos arrecadar ração para cães e gatos para doar à ONG Naturae Vitae e ajudar os animais abandonados que estão em recuperação ou aguardando para serem adotados.
Mayra: A Tam disse tudo! As vendedoras dessa edição escolheram as peças a dedo! E além das peças seminovas, ainda teremos outlets da boutique Blanca e da Personal Ótica. Os bichinhos agradecem!

E serão somente peças femininas? E quais os valores?
Tamylin: Por enquanto, as peças serão somente femininas. Os preços variam bastante, temos peças de R$5,00 à R$100,00. Tem algumas peças de marca que custam, por exemplo, R$500,00 na loja que a pessoa comprou no impulso não usou e está vendendo no bazar por R$100,00.
Mayra: Sim! É a chance de as pessoas comprarem peças ótimas com muito desconto.

bazar bauru
Quando e onde será realizado?
Tamylin: O bazar será no dia 21 de junho no salão Star Cabelo e Estética, na Rua Ibraim Nobre 5-29. Vamos deixar o mapa na página do Facebook para ninguém se perder.

Como surgiu a ideia de fazer o primeiro?
Tamylin: Inicialmente foi ideia da Mayra. Ela me convidou para fazer toda a parte de divulgação de um bazar que ela ia realizar. Como eu sempre amei o conceito de moda sustentável, eu abracei a ideia e cuidei como se fosse um projeto meu e no fim agora é nosso.
Mayra: Sempre tive o costume na família de passar as roupas dos primos mais velhos para os mais novos, a famosa ‘limpa’ no armário. Aí na faculdade de moda pensei em fazer um evento com essa história. Algumas amigas investiram em lojas e eu sempre gostei do agito de eventos, então criei o Bazar do Desapego em 2014. Fiz dois anos depois de me formar! (risos). Mas deu super certo!

Foi muito difícil realizá-lo?
Tamylin: Não diria difícil, mas é muito trabalhoso e cansativo. Eu e a Mayra nos divertimos muito fazendo o evento, conhecemos muita gente, fazemos parcerias bacanas e nos dá a oportunidade de trabalhar com o que nós gostamos: moda e comunicação. Tanto é que agora o BD também é um blog com dicas de liquidações, lojas que tem um conceito legal, mas não abusam dos valores. O blog também nos dá a oportunidade de trabalhar fotografia e vídeos que é algo que adoramos e queremos praticar mais.
Mayra: Amo, de verdade, todo o processo, desde o planejamento, patrocínio, parcerias e montagem. Sempre tem umas partes cansativas, os imprevistos bons e ruins, mas acredito que com atitude positiva e pessoas queridas do nosso lado ficamos maiores que nossos problemas. Então, difícil jamais. Acho que é detalhado e caprichoso.

Quais erros que cometeram que agora não cometem mais?
Tamylin: Posso dizer que foi planejar e antecipar as coisas. No primeiro não achamos que iam muitas pessoas, então fizemos tudo numa boa, achando que não ia dar muita gente. Quando cheguei de manhã para abrirmos o bazar tinha fila na entrada – foi um choque! Então, nessa edição nós começamos planejar meses antes, fechamos os patrocinadores com antecedência e fizemos todo um cronograma para tudo dar o mais certo possível.
Mayra: Margens de erro para atrasos, estrutura e equipe. Nessa edição estão resolvidos. Com toda a intenção positiva do evento, como eu disse antes, os erros acabam ficando pequenos, aliás: gente, valeu pela compreensão!

Qual a estimativa de público que vocês estão esperando para essa edição?
Tamylin: Sinceramente eu não sei, no evento do Facebook temos em torno de 1.500 pessoas confirmadas. No primeiro evento tínhamos 300 confirmados e compareceram no dia uns 600, então eu acho que tudo pode acontecer, mas espero que vá muita gente!
Mayra: É isso aí, sem subestimar esses 1500 e na torcida.

Como vocês duas se conheceram? São amigas há muito tempo?
Tamylin: A Mayra é amiga da minha prima, acho que nos conhecemos há mais de dez anos. Ela deve saber melhor do que eu.
Mayra: A Tam é tipo família, né! Irisos). Prima de uma das minhas melhores amigas. Mas é melhor não citarmos datas… (risos).

E sempre gostaram de moda?
Tamylin: Eu amo moda e o universo feminino. Sou louca por revistas de moda desde a adolescência. Inclusive, fiz jornalismo com o intuito de um dia, quem sabe, trabalhar em uma editora de revistas.
Mayra: Eu sou apaixonada pela estética toda da coisa, fiz publicidade antes de moda e acho que são assuntos e comportamentos o que nos inspiram a ser quem somos.

Vocês acham que hoje em dia as pessoas estão mais conscientes em relação ao brechó e ao bazar? É um jeito de reciclagem, não?
Tamylin: Eu tenho certeza que a aceitação tem aumentado e eu percebo que as pessoas estão mais conscientes também em relação ao consumo desenfreado. As coisas estão absurdamente caras. Está todo mundo ganhando pouco em relação aos valores que encontramos nas lojas, então podemos perceber até as lojas investindo em bazar e outlet. Até mesmo as liquidações de coleção de inverno começaram antes do próprio inverno. As pessoas estão mais seletivas e mais espertas. Acredito que isso se dá graças aos bazares e sites de compra que dispõe ao consumidor comprar peças de tendência e muitas vezes de marca por metade do preço que encontramos nas lojas.
Mayra: Tô com a Tam nessa opinião! Voltou a fazer sucesso o conceito de brechó/bazar de algum tempo pra cá, tenho contemporâneas da faculdade que também tiveram sucesso com roupas seminovas. Ouvi de duas clientes nossas essa semana que o evento tirou a má impressão sobre roupas usadas. #orgulhinho

Serviço:
O Bazar do Desapego – Desapego das Blogueiras acontece no dia 21 de junho (domingo), na Rua Ibrahim Nobre n° 5-29. O valor de entrada sugerido (não obrigatório) será 1kg de ração para cães ou gatos que serão doados para a Naturae Vitae. As clientes que fizerem a doação participarão dos sorteios de brindes dos patrocinadores.
Para saber mais, acesse: https://www.facebook.com/events/110175295981526/

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Amanda Araújo
Carregar mais em Comportamento
...

Verifique também

Noveleiros de plantão: bauruenses não perdem um dia de suas novelas favoritas

Olho no relógio. Ih! Já é hora da novela. E essa eu não perco por nada! Ninguém me tira do…