Brincadeiras ao ar livre são ótimas opções para divertir a garotada
Brincadeiras ao ar livre são ótimas opções para divertir a garotada

A temporada de férias está aberta e a criançada tem o dia todo livre. Muitas vezes, esse é um problema para os pais que precisam trabalhar e não têm tempo para fazer atividades com os filhos, deixando-os entediados ou horas a fio em frente a algum aparelho eletrônico.
Há ainda os pais que passam o dia cuidando das crianças, mas uma hora acaba a criatividade, não é mesmo? Se você tem filhos que está de férias e não sabe o que fazer para se divertir com eles, dá uma olhada nas dicas que alguns moradores da cidade deram para nós do Social Bauru:

Fabio Barbosa
Sou pai do Victor Araujo Vilani Barbosa de 6 anos. Ele tem vários brinquedos e muita criatividade, mas é sempre bom brincar fora de casa. Ele adora ficar em um terreno que tem em frente à casa da minha mãe para soltar pipa e brincar de jogar bola. Costumamos ir bastante ao SESC, que possui opções bem interessantes de lazer e cultura, até mesmo para quem não é sócio. Curtimos a piscina e depois vamos ao bosque e demais áreas de lazer que o local oferece. Bosque da Comunidade, Horto Florestal e Jardim Botânico também são ótimas opções de passeio e diversão sem custo. É só levar um lanchinho de casa que tá tudo certo.

Camila Garcia
Tenho dois filhos, um de 12 anos e outro de 7 e é muito difícil ocupá-los todo o tempo que eles têm livre nas férias. Então, cada dia eu tento coisas novas que talvez não dê pra fazer durante o ano letivo, como montar quebra-cabeças e passear com as cachorras, entre outras atividades que ocupem as crianças.

Fernanda Amorim
Tenho uma filha de 1 ano e 9 meses, que se chama Amélia. Não sinto dificuldades em ocupar o tempo dela, mas às vezes fico exausta, pois ela ainda precisa de companhia para a maioria das brincadeiras. Na parte da manhã tento levá-la ao parquinho perto de casa. Ela gosta muito de desenhar, então sempre deixo papel e giz de cera ao alcance. Passo a tarde toda quase com ela brincando no chão. Conto histórias, ouvimos música e ela gosta muito de dançar. Tem dias que a levo ao Sesc, ao shopping ou à casa da tia e da vó. Quando estou sem ideias ou quero fazer algumas coisas diferentes com ela, eu pesquiso. Tem um site muito legal que traz bastante brincadeiras para crianças de várias idades, chama “Tempo Junto“. Tem página no Facebook e no Instagram. É super bacana, eu adoro. Bauru tem vários lugares bacanas para ir com crianças, um piquenique no Vitória Região já é suficiente para a criança se divertir e fazer algo diferente.

Carol Matosinho
Meu filho tem 3 anos e meio e acho muito difícil entretê-lo o dia inteiro, pois tenho poucas opções para isso. Normalmente vamos muito ao bosque, fazemos piquenique no Horto Florestal e o levo em cursos de férias, preferindo sempre os que já conheço, como o da própria escola dele.
Helida Sanches
Minha filha tem 4 anos e encontro muita dificuldade para ocupar o tempo, pois ela tem muita energia e é difícil acompanhar o ritmo. Uma dica para as mamães seria os grupos de férias, atividades em clubes, passeios que gastem a energia deles e que sejam educativos. Quando estamos em casa, sempre procuro fazer atividades que possam desenvolver a criatividade, como brincar de loja, de mercado, de casinha. Ela adora, se sente útil e aprende muita coisa.

Liliane Ito
Tenho uma filha de 5 anos, a Gi. Ela tem bastante energia e nessa idade as crianças querem brincar o tempo todo e nem sempre consigo acompanhar o ritmo dela. O maior problema é que ela entra de férias e eu não. Minha dica é: programe-se. Se você precisa trabalhar, é válido fazer uma poupança para que possa pagar um curso de férias. Se você tem tempo livre, curta muito, leve ao Sesc, brinque na piscina, vá ao cinema ou brinque em casa mesmo, esses momentos são super importante para os pequenos.

Ronaldo Diegoli
Meu filho tem 2 anos e 8 meses. Tenho dificuldades em ocupar o tempo dele nas férias sim. A gente acaba acumulando trabalho em outros horários ou reagendando compromissos por conta de imprevistos. Por mais que todos os avós dele e tia ajudem nesta tarefa, todo mundo tem uma rotina, e precisa adequá-la para dar a atenção que ele precisa. A família toda acaba ajudando para que possamos trabalhar e cuidar dele. Minha dica para mães e pais que ganharam um tempo com o filho é aproveitar ao máximo com brincadeiras lúdicas. Cuidado para não dar mais atenção ao celular do que ao filho ou a qualquer pessoa, por mais urgente que possa parecer uma mensagem. Os pequenos sentem isso. Se for urgente mesmo o interessado vai ligar. Evitem vídeos em demasia. Estabeleça meia hora por dia e combine este limite com a criança. E o mais importante, divirta-se com seu filho com brincadeiras a céu aberto, tipo pipa, parquinho, pega-pega, esconde-esconde, leve-o a alguma peça teatral, visite os prédios culturais da cidade, vá ao aeroclube para ver os aviões, exposições de dinossauro, tomar um picolé na praça, visitar outros coleguinhas de turma, passear com o cachorro… são tantas opções que é impossível fazer tudo no período de férias, mas eu gostaria de ter tempo de fazer tudo isso com ele.

Vanessa Fernandes

O Mateus é uma criança fácil de se entreter com as coisas. Brinca com tudo! Mas não é uma criança que brinca sozinha, então ele pede atenção o tempo todo, para sempre brincarmos com ele. Como eu tenho que trabalhar, acabo dando mais atenção pra ele depois que chego em casa. A maioria dos lugares para as crianças brincarem é pago. Então, nem sempre é possível levá-lo para brincar. Uma coisa legal é brincar com os brinquedos pedagógicos que estimulam muito a criatividade deles, como desenhos, fantoches, pinturas, inventar histórinhas e tentar sempre ter contato com a natureza.

Natallia Sneideris Ribas

A Hellena tem 5 anos e a minha maior dificuldade nas férias dela é por eu ter que trabalhar e na escola dela não tem curso de férias. Em Bauru não há muitas opções para ocupar o tempo em que estou fora. As que opções que têm não são tão acessíveis. Quando chego do trabalho, tento dar uma atenção maior, andar de patinete, assistir um filme com ela. Uma dica é fazer artesanato com os pequenos, montar brinquedos, pintar telas, deixar a criatividade deles fluirem.

Muito boas essas dicas né? Se você estava anotando, não larga a caneta que aí vem mais!
Pode parecer que não, mas Bauru tem muitos lugares gratuitos que podem ser bem aproveitados no período de férias. Basta um pouquinho de disposição e criatividade (vale entrar no site que a Fernanda Amorim passou ali em cima: Tempo Junto pra ter algumas ideias). O Sesc Bauru tem programação cultural a semana toda, como teatros, cinemas, além das áreas de lazer. O Zoológico Municipal é sempre um bom passeio pra visitar alguns animais diferentes e ainda dá pra aproveitar e dar uma passada no Jardim Botânico que é logo ao lado. As pracinhas ao ar livre são ótimas pra brincar.

Se você não tem tempo para sair de casa, a tecnologia ajuda nessas horas. Existem alguns aplicativos para divertir e entreter as crianças, mas atenção, vale estipular um tempo para que os pequenos não abusem e acabem passando o dia todo sentado. O PlayKids TV contêm vídeos e animações de diversos desenhos. O app Turma da Galinha Pintadinha possui vários vídeos musicais e educativos além de jogos e brincadeiras. O ABC Português é mais indicado pra garotada em fase de alfabetização com vários jogos que exercitam a mente.

Anotado? Agora é só colocar em prática, pois não tem nada melhor do que aproveitar as férias pra fazer coisas novas, diferentes e se divertir muito.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Geral
...

Verifique também

McObrigado atinge 300 profissionais essenciais de Bauru durante a pandemia

Apesar das recomendações para que as pessoas fiquem em casa, como forma de frear a contami…