Coral Amor e Luz há 35 anos em Bauru

Verdade de propósito. Para o maestro, Fábio Henrique Caires de Lima, esse é o ingrediente do sucesso do Coral Amor e Luz. Há 35 anos, o grupo de vozes é autêntico quanto ao objetivo principal: levar amor e luz às pessoas através da música.

Tudo começou em 1982, no Centro Espírita Amor e Caridade de Bauru. Sob regência de Olinda Maria dos Santos e nomeado GRUMEAC (Grupo Musical Espírita Amor e Caridade), o grupo vocal cantava em uníssono ou com poucas aberturas de voz. Mas essa característica evoluiu com o tempo. Em 1994, sob a regência de Sonia Berriel, o coral alterou o seu nome para Coral Amor e Luz.

Hoje em dia, Fábio é quem rege cerca de 25 vozes que participam do coral. “É uma grande honra e responsabilidade reger o Coral Amor e Luz. Afinal, alguns dos maiores regentes da cidade já lideraram este trabalho, entre eles Sonia Berriel, Regina Damiatti e Luiz Petroni”, diz Fábio.

Coral para os bauruenses

Constituído por pessoas de todas as idades, qualquer pessoa pode participar. Como o número de vagas é limitado dentro de cada tipo de voz, há uma avaliação para classificar o tipo vocal.

O canto em grupo é uma atividade que traz diversos benefícios pessoais. De uma forma geral, o coral proporciona que os participantes melhorem na forma de se relacionarem com as pessoas, aumenta o sentido de integração e o trabalho em equipe. Além disso, auxilia na diminuição da inibição em público e estimula a espontaneidade e o potencial criativo de cada um através da música.

Outro ponto positivo é a praticidade. Poucos têm condições para aprender a tocar um instrumento, mas o canto é uma forma efetiva de inserção social para um maior número de pessoas, além de ser uma das formas de manifestação cultural mais tradicionais e importantes.

Pela cidade

Eles se apresentam pela cidade em palestras, encontros de corais, festividades e eventos em geral. Eles também promovem visitas a hospitais, asilos, creches e outras localidades onde possa transmitir a mensagem cristã de paz, amor, esperança e fé.

“Somos constantemente convidados a participar de Encontros de Corais em Bauru e região. Mas já representamos nossa cidade em um encontro nacional de corais no ano passado em Mogi Guaçu. Já participamos também do evento ‘Domingo com o Astronauta’, homenageando Marcos Pontes. Também nos apresentamos no evento ‘Vozes de Natal’, da TV TEM e também na ceia para os moradores de rua promovido pela JAPC nos últimos dois anos. Embora seja um coral espírita, nosso trabalho é ecumênico. Já nos apresentamos diversas vezes em igrejas católicas e em eventos da USC. Onde houver espaço e convite para levarmos alegria, paz, amor e luz através da boa música, ali estaremos”, conta o maestro.

Com repertório variado, o Coral Amor e Luz interpreta músicas eruditas e populares como Beatles, Elvis, Tom Jobim, Milton Nascimento e Roupa Nova. Todo o trabalho produzido foi coletado no CD intitulado “Sementes do Amanhã”, mesmo nome de uma música do Gonzaguinha que está no nosso repertório.

“É uma música muito significativa, com uma mensagem de fé e esperança que representa perfeitamente o objetivo do nosso coral. O CD é uma conquista e um sonho realizado. É a materialização de um trabalho iniciado há 35 anos, e um legado que espero que dure por mais 35 anos, mesmo quando não estivermos mais fisicamente por aqui”, explica Fábio.

Compartilhe!
Carregar mais em Cultura
...

Verifique também

Bauru terá cine drive-in gratuito a partir desta quinta-feira (30) no Recinto

Bauru recebe a atração itinerante Cine Drive-in Tilibra. A programação, gratuita, tem iníc…