Boas conversas, discussões sobre um texto e cervejas. Assim é o projeto Cevadas Literárias, que terá sua sétima edição realizada nesta terça-feira, 23 de janeiro.

A cada evento do projeto, é discutido alguma importante obra e, o livro escolhido desta vez é Capitães de Areia, escrito por Jorge Amado. Para os organizadores do evento, a obra foi escolhida pelo caráter político por trás dela. No Facebook, eles disseram:

“A fumaça subia da praça pública em frente à então Escola de Aprendizes de Marinheiro, hoje o comando do 2º Distrito Naval da Marinha brasileira. Militares e membros da comissão de buscas e apreensões de livros, grupo nomeado pela Comissão Executora do Estado de Guerra do governo, assistiam ao ‘espetáculo’.

O fogo era um símbolo dramático do combate à ‘propaganda do credo vermelho’, como definiram as autoridades do recém-instalado Estado Novo de Getúlio Vargas. Na ocasião, foram queimadas mais de 1,8 mil obras de literatura consideradas simpatizantes do comunismo.

Mais de 90% dos exemplares incinerados, recolhidos nas livrarias de Salvador, eram de autoria de um jovem escritor baiano já proeminente com obras de cunho marcadamente social: Jorge Amado.

Metade do lote, 808 no total, era de sua obra lançada meses antes, Capitães da Areia. Em tempos de um Brasil que flerta com os tempos obscuros da ditadura e se desumaniza meio a uma crise política e especialmente moral, pensamos ser bastante enriquecedor e talvez até necessário falarmos sobre esse famoso romance de Jorge Amado.

É, estamos abrindo 2018 aos chutes. Mas é para espantar o ódio e convidar o amor. Não é para isso que o Cevadas Literárias existe?”

O evento é gratuito e será realizado no Bar da Rosa.

Serviço:
Projeto “Cevadas Literárias” no Bar da Rosa. Rua Aviador Gomes Ribeiro, 20-81.
Data: 23 de janeiro
Horário: 20h
Entrada gratuita.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Amanda Araújo
Carregar mais em Cultura
...

Verifique também

Festival bauruense continua com intervenção artística nas ruas da cidade

Após três dias de lives, que contaram com a participação de mais de 60 artistas de Bauru e…