Seja o Nintendinho ou o Playstation 4, todo mundo já teve ao menos um videogame que marcou (ou ainda marca) a vida. E para viver essa experiência virtual mais uma vez, chega em Bauru em 8 de fevereiro de 2020 o Museu do Videogame Itinerante!

Sediado no Bauru Shopping, a atração chegará na cidade com 300 modelos de consoles dos últimos 47 anos. Além da exposição, também haverá espaço para os bauruenses jogarem os games antigos e aproveitarem as novas experiências com Playstation VR, Nintendo Switch, Playstation 4 e Xbox One. A programação também contará com torneio de games e concurso de cosplay.

“Todos temos orgulho de repassar aos mais novos como era a diversão quando tínhamos a idade deles. Também é a forma clara de mostrar, na prática, a rápida evolução tecnológica”, afirma Ivan Mouta, do Bauru Shopping. “Bauru e toda região podem esperar muita diversão, muita interatividade digital e um mergulho na cultura pop através da história do videogame”, completa.

Essa é a primeira vez que o Museu do Videogame estará em Bauru, ficando até o dia 25 de fevereiro. A exposição já rodou cidades de todo o país, como Belo Horizonte, Salvador, Teresina, São Paulo e mais. Sabe o que é melhor? A visitação será completamente gratuita!

Mantendo viva a nostalgia

O Museu do Videogame Itinerante foi criado pelo jornalista e curador, Cleidson Lima, e faz parte do Ibram (Instituto Brasileiro de Museus).

Com os mais de 300 consoles e 6 mil jogos disponíveis na exposição, os bauruenses poderão apreciar algumas relíquias do mundo dos videogames. No acervo estão: o Magnavox Odyssey, de 1972; o Atari Pong (primeiro console doméstico da Atari), de 1976; Fairchild Channel F, de 1976 (primeiro console a usar cartuchos de jogos); o Telejogo Philco Ford, de 1977 (o primeiro videogame fabricado no Brasil). Além do Nintendo Virtual Boy, de 1995 (primeiro a rodar jogos 3D); o Vectrex, de 1982 (console com jogos vetoriais que já vinham com monitor); o Microvision (primeiro portátil a usar cartucho), de 1979 e o R.O.B (robozinho lançado juntamente com o Nintendo 8 bits, em 1985). E a lista não para por aí!

Para Cleidson Lima, o museu é uma forma de preservar a história dos games!

“Não temos intenção de ser o maior ou melhor, mas sim mostrar ao público que os jogos eletrônicos precisam ser reconhecidos também como história, cultura e arte. Para as novas gerações de consoles existirem, como PlayStation 4, Xbox One, Wii U, entre outros, houve mais de quatro décadas de evolução”, explica Cleidson Lima.

Serviço

Museu do Videogame Itinerante
Data: 8 de fevereiro de 2020
Local: Bauru Shopping (R. Henrique Savi, 15 – 55)
Mais informações: www.museudovideogame.org

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Gabriela Gomes
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Feijoada beneficente dá lugar a live musical para arrecadar doações em Bauru

Anualmente, o Polo Bauru, associação de lojistas de arquitetura e decoração, organiza uma …