A segunda-feira começa com notícia boa! A cantora bauruense Manu Saggioro lança o videoclipe “Cantos de Fado” neste 11 de maio, às 13h, no YouTube. A música é a sétima faixa do álbum “Clarões“.

O lançamento envolve uma equipe na Bélgica, produtora do vídeo, além de veículos de comunicação de duas províncias da Espanha, Teruel e Zaragoza. As cidades, pra lá de emblemáticas, foram usadas como cenários para o clipe da cantora.

Albarracín é considerado um dos mais belos e peculiares povoados medievais de toda a Espanha e sua história começa no século X com a invasão muçulmana, mas existem registros de civilizações habitando o espaço da cidade desde a pré-história. Candidata pela UNESCO a patrimônio mundial, habitada por pouco mais de mil pessoas, apesar de pouco conhecida, é motivo de orgulho em toda Aragón.

Por outro lado, Belchite é a famosa vila destruída pela Guerra Civil Espanhola e também conhecida pelo surgimento em um passado longínquo (75d.C.). Entretanto, foi em 1937 que a parte mais triste de sua história ficou marcada. Na fronteira entre o estado republicano e as forças fascistas, tornou-se o local de uma das batalhas mais sangrentas de toda a guerra.

O clipe de “Cantos de Fado”

A ideia de ilustrar a letra do violeiro Levi Ramiro usando Albarracín e Belchite foi do fotógrafo e romancista belga, Fons Montevirgenes, amigo de Manu desde 2006. Discutindo as figuras de linguagem de Cantos de Fado, e estando juntos na província de Teruel, o contraste dos “contos de fadas” com “cantos de fado” estavam explícitos num simples passeio por esses dois lugares.

E com a câmera e o olhar atento do, também belga, Steffan Borgers, captar os takes foi tarefa fácil. Naqueles dias em Albarracín (agosto de 2019), além de atuar na filmagem do clipe, Manu também fez uma importante apresentação na Plaza dela Seo ao lado da cantora brasileira Daísa Munhoz.

“Daísa foi mais do que companheira, viajamos dois meses pela Europa fazendo shows e durante a gravação do clipe ela foi imprescindível! Cercada por belgas com suas câmeras e cuidados com as cenas, a roupa, o cabelo e a maquiagem foi produção toda dela”, conta Manu.

A escolha da canção para filmagem do clipe surgiu a partir da estética musical. A parceria de Carlinhos Campos e Levi Ramiro, sétima faixa do álbum Clarões, antes de ser gravada, passou pela concepção de arranjo de Rogério Delayon, Manu e Ceumar. Assim, culminou na belíssima execução instrumental de Webster Santos que trouxe um ar cigano misturado ao frescor e ao lamento da América do Sul.

Acompanhe Manu Saggioro

O clipe será lançado no canal do Youtube da cantora. Por lá também é possível conferir outros trabalhos de Manu:www.youtube.com/ManuelaSaggioro.

Ouça também o álbum “Clarões” completo no Spotify: tinyurl.com/y9aof4hh

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Costumes, fonemas e narrativa formam “Trocadilho Xoteado”, nova música de Nelson Itaberá

A música a serviço da linguística, da exploração bem humorada da cultura, costumes e da ri…