publieditorial

Usamos a expressão “se sentir em casa” quando queremos dizer que estamos à vontade e confortáveis. Nos referimos à nossa casa porque ela deve ser um espaço onde nos sentimos bem e podemos repor nossas energias, mas para isso é preciso deixá-la com a nossa cara.

Seja nos objetos de decoração, nos tipos de móveis ou até mesmo na cor das paredes, tudo deve ser escolhido a dedo levando em conta a estética, o conforto e a funcionalidade. Mas como combinar todas essas característica na hora de organizar o espaço? É aí que entra Designer de Interiores.

O profissional do Design de Interiores trabalha em conjunto com o cliente alinhando as técnicas ao que o cliente deseja. O fruto dessa junção, segundo a Coordenadora do Curso de Design de Interiores da FIB, Susy Amantini, são: “resultados estéticos e funcionais maravilhosos, os quais não poderiam ser atingidos sem esse planejamento adequado”. Por isso, o Design de Interiores tem sido cada vez mais procurado por pessoas que desejam decorar e até reformar a casa.

Um exemplo real é a Designer de Interiores, Priscila Kolberg. Ela decidiu criar uma conta no Instagram, o @52.home, para mostrar o dia a dia da reforma de seu apartamento em São Paulo. O resultado disso? Mais de 41 mil seguidores que buscam inspiração.

Áreas de atuação

Mais do que apenas em ambientes residenciais, as técnicas desenvolvidas pela profissão também atuam em locais como restaurantes, lojas e qualquer tipo de ambiente internos.

– Segmento Residencial: este tipo de projeto é focado no planejamento ou na especificação de materiais e produtos com uso em residências particulares. Para isso, é necessário levar em consideração o modo de vida dos habitantes do espaço.

– Segmento Comercial: cada caso deve ser pensado individualmente e qual o objetivo do projeto. Para o entretenimento, por exemplo, Suzy explica: “une ao projeto de interiores elementos como: iluminação, sonorização e outras tecnologias para cinemas, televisão, teatro, clubes, parques temáticos e projetos industriais para esse setor”. A lista de locais que podem se utilizar do Design de Interiores é ampla e vai de hospitais até casas noturnas.

Quem é o Designer de Interiores?

Em resumo, o Designer de Interiores trabalha para melhorar a funcionalidade, a ergonomia e o visual do espaço. Dessa forma, ele atua no sentido de “tornar funcional tudo que envolve um ambiente, harmonizar um determinado local, com móveis, objetos e acessórios, como por exemplo, sofá, quadros, cortinas e tapetes, procurando conciliar conforto, praticidade e beleza”, diz Suzy. Ela ainda completa dizendo que o profissial trabalha adequando o projeto às necessidades, ao gosto e à disponibilidade financeira do cliente.

Em Bauru, a FIB oferece o curso técnico de Design de Interiores com duração de dois anos. O principal objetivo é formar profissionais empreendedores e autônomos em um campo amplo de ação, consultoria e projeto de interiores. Além de capacitar o aluno a montar seu próprio negócio ou trabalhar para terceiros.

As inscrições para o vestibular agendado da FIB devem ser feitas pelo site www.fibbauru.br. A prova é composta por uma redação no estilo dissertativa. Além de contar com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), a FIB disponibiliza bolsas do Programa Universidade Para Todos (Prouni) e do Programa Escola da Família. Como forma de facilitar o acesso dos candidatos, a faculdade oferece também a opção de um financiamento interno de até 50% do valor da mensalidade (consulte o regulamento).

Serviço:
A FIB- Faculdades Integradas de Bauru – está localizada na Rua José Santiago, quadra 15, Jardim Ferraz, em Bauru (SP)
Mais informações podem ser obtidas também pelo telefone (14) 2109-62 06 ou pelo (14) 99822-3829 (WhatsApp)
Site: www.fibbauru.br
Facebook: www.facebook.com/FIBBauru

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Negócios
Comentários estão encerrados

Verifique também

FIB apresenta curso de Administração com foco em empreendedorismo

Um dos aliados na hora de abrir o próprio negócio é a base teórica e, para isso, o curso d…