Não é de hoje que Bauru é repleta de artistas e obras de dar inveja às outras cidades. Desde 1980, a Pinacoteca Municipal de Bauru, atualmente localizada na Casa Ponce Paz, vem reunindo o Acervo Municipal de Artes Plásticas. Depois de tanto tempo, as obras permanecem intactas, mas a diferença é que agora elas irão passar por um processo que visa prolongar a vida útil. Assim, as próximas gerações de bauruenses terão a oportunidade de ter contato com bens culturais da nossa região.

Ao todo, 114 obras do acervo da Pinacoteca de Bauru passarão por procedimentos de restauração e conservação. A iniciativa se deu pela restauradora Adriana Vera Duarte que, encantada com o acervo, decidiu ir atrás de financiamentos para o projeto. “O acervo da Pinacoteca Municipal de Bauru é formado por obras de excelente qualidade técnica, de artistas plásticos de destaque e para um Restaurador é muito satisfatório ter uma coleção desta qualidade em mãos”, conta Adriana. A aprovação no Programa de Ação Cultural (PROAC), pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, apenas confirmou a importância e a qualidade do acervo.

Para a museóloga, Luiza Cristina Mendes da Silva Barbosa, a intenção é conseguir expor as obras de arte. “O nosso objetivo maior com esse trabalho é, após o processo de restauração, disponibilizar ao público esse acervo. A restauração das obras é uma ação de salvaguarda e visa prolongar o tempo de vida útil do bem cultural. Ao final do trabalho, as obras restauradas integrarão uma grande exposição comemorativa já que este ano a Pinacoteca Municipal completará 10 anos”, explica.

Restauração e conservação das obras da Pinacoteca

Com prazo de entrega final para junho deste ano, os trabalhos de restauração e conservação começam logo neste mês de fevereiro. Mas antes de iniciar, foi feito um estudo para a formação do acervo que passaria pelo processo. Sendo assim, ficou definido que as pinturas em tela da coleção Ponce Paz e outras de artistas como Maria Bonomi, Lairana e outros de relevância artística seriam restaurados.

Entre os procedimentos aplicados estão: desmontagem, higienização, limpeza química para retirar manchas e vernizes oxidados, reintegração da camada pictórica (pintura), tratamento dos suportes como remendos, suturas e preenchimentos, tratamento das molduras e envernização. Algumas obras passarão por reentelamento, procedimento de restauro que coloca uma nova tela no verso da obra, ou receberão novas molduras e chassis por estarem inadequados.

Durante os cinco meses, o cronograma de atividades do projeto contempla oficinas de conservação e “Ateliê Aberto”, para que o público consiga acompanhar as etapas do processo. Enquanto isso, a Pinacoteca Municipal de Bauru está aberta para visitação gratuita de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h30.

Importância do projeto

Espaços que oferecem conhecimento cultural gratuito são importantes para que a arte e o conhecimento possam chegar à diversas pessoas. Por isso, projetos que visam manter vivas e em bom estado as obras de arte são importante para a cidade e para a região.

“O casarão que sedia a Pinacoteca abriga pinturas murais no seu interior de autoria dos irmãos Ponce Paz. Por este motivo o prédio está em processo de tombamento e desperta o interesse da população e turistas de outras regiões. Nesse sentido as restaurações só irão ratificar a relevância artística da instituição para o cenário cultural do município de Bauru e estado de São Paulo”, afirma Luiza.

Já para a restauradora, o trabalho é uma garantia para as futuras gerações. “Eu como Conservadora-Restauradora espero deixar essas obras em bom estado de conservação. Dessa forma, reverte as degradações apresentadas e garante que futuras gerações possam apreciá-las. Além disso, vamos tornar a atividade da Restauração mais acessível ao público através de atividades durante o período da restauração”, diz.

 

 

 

 

 

 

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Cultura
...

Verifique também

Labirinthus prepara 10 horas de evento com superfesta neste sábado (26)

Isso mesmo, você não leu errado: a Labirinthus está preparando dez horas de festa que será…