Brotas está localizada a 107 quilômetros de Bauru; utilizando carro, a viagem dura apenas 1h17 minutos! Portanto, a cidade é o local perfeito para passar o feriado, mesmo que ele seja no meio da semana.

Então, que tal aproveitar que nesta quarta-feira, dia 01 de maio, é Dia do Trabalho e programar esse bate e volta?

Muitos ecoparques e fazendas trabalham com o day usehospedagem sem pernoite para quem quer apenas passar o dia. Mas lembre-se de conferir a previsão do tempo, já que a chuva pode estragar toda a experiência.

Ainda não se convenceu? Aqui vão sete motivos para você apostar nessa viagem. Além disso, ainda separamos algumas dicas para te ajudar a organizar melhor o passeio.

1- Os bauruenses são privilegiados

Brotas é reconhecida como a capital nacional do turismo de aventura! Então, imagine só quantas pessoas vêm de diversos locais do país para conhecer a cidade. Pois é! Por isso, o primeiro motivo é o fato dos bauruenses terem o privilégio de morar pertinho de Brotas.

Portanto, prepara a mochila ou mala, porque Brotas é lugar para passar o dia, o fim de semana e até as férias!

Entrada da cidade (Foto: Prefeitura de Brotas)

2- Preparada para os turistas

Quem visitou Brotas há algum tempo, vai perceber que a cidade está muito diferente nos dias de hoje. Isso, porque a estrutura da cidade está pronta para receber os turistas, desde a sinalização até as opções gastronômicas. É fácil achar os ecoparques que estão na área rural da cidade ou um café para se deliciar durante a tarde.

São mais de 40 meios de hospedagem entre hotéis, pousadas, hotéis-fazenda e resorts. Entre eles, está o Pé na Terra, a poucos minutos do centro de Brotas. A pousada conta com ampla área verde, bicicletas à disposição do visitante, piscina, pomar e um café da manhã da fazenda.

Brotas também conta com nove ecoparques, espaços que unem atrativos da natureza e atividades de turismo de aventura e ecoturismo.

Além disso, os atrativos turísticos contemplam os jovens, os casais e as famílias com crianças. Então, Brotas é tanto para quem procura aventura, quanto para quem quer descansar e relaxar.

3- Brotas para quem curte gastronomia

E o turismo não para por aí, Brotas está cada vez mais gastronômica, são 62 opções de estabelecimentos para aproveitar. A cidade está recheada de cafés, bistrôs e restaurantes temáticos, além do festival Brotas Gourmet, realizado no mês de agosto.

Dica: O Brotas Bar é um restaurante que se confunde com cartão postal por conta da decoração. O bar tem como tema principal os esportes radicais, comuns na cidade. Além do cardápio completo que oferece desde porções até pratos elaborados.

Porções no Brotas Bar (Foto: divulgação)

Outra opção é o Alameda Catharina, novo centro comercial da cidade! Logo na entrada está o Catharina Café & Sorvete. Mais ao fundo, você descobre o “jardim secreto”, com mais duas opções: o pub do Brotas Beer e o Da Roça, que oferece lanches com ingredientes locais. Já no andar de cima é possível saborear a cozinha mexicana no Guadalupe.

Aventura, ecoturismo e descanso

Brotas é para todos os gostos: tem atividades radicais, tem atividades de descanso e tem ecoturismo.

4- Para radicalizar

Curte aquele frio na barriga? Não preciso nem falar que o número de opções é gigante, né? Os ecoparques e fazendas espalhadas por Brotas oferecem diversas atividades como: rapel, rafting, tirolesa, arvorismo e muitos outros em meio aos cenários naturais da cidade. Entre eles estão: Ecoparque Poção e Ecoparque Cassorova.

O Poção oferece duas tirolesas que passam pelo rio Jacaré-Pepira, além de um arvorismo com mais de 30 atividades. A novidade é o Sky Rider, uma tirolesa em curvas com mais de 400 metros de distância passando por árvores e com percursos de curvas acentuadas!

Tirolesa em curva (Foto: divulgação/ site Poção)

5- Para curtir

Para quem curte a natureza, existem as trilhas que cortam os vales e matas de Brotas. E muitas caminhadas levam às cachoeiras – no total são 20 cachoeiras abertas à visitação e com infraestrutura para receber o turista. Entre as opções está a cachoeira Cassorova, eleita uma das oito mais bonitas do Brasil, segundo o Viagem e Turismo.

Cachoeira Cassorova (Foto: Trip Advisor)

Além da cachoeira, o Ecoparque Cassorova conta com uma ponte suspensa e a tirolesa, que propiciam uma vista privilegiada da cachoeira, também considerada a mais bonita do Estado de São Paulo. Com 60 metros de queda e piscina para banho, essa cachoeira é um dos cartão-postal de Brotas. Outro atrativo é a cachoeira dos Quatis, no meio da mata preservada.

Tirolesa no Ecoparque Cassorova (Foto: divulgação)

6- Para relaxar

Já quem quer fugir do estresse das cidades para relaxar em meio à natureza, Brotas é o lugar perfeito. Muitas fazendas oferecem atrações para quem não quer muita ação.

O Ecoparque Recanto das Cachoeiras inaugurou uma piscina aquecida com borda infinita e vista para um vale de encostas de vegetação preservada.  Além disso, a piscina ainda tem área que simula correnteza e cachoeira e spa com hidromassagem ao ar livre.

Piscina no Recanto das Cachoeiras (Foto: divulgação)

Já as trilhas que levam até às três cachoeiras do ecoparque são de fácil acesso e, pelo caminho, é possível observar a paisagem nos mirantes.

Mirante no Recanto das Cachoeiras (Foto: divulgação)

A nascente da Areia que Canta é outra atração, localizada no hotel fazenda de mesmo nome. Aliás, esse nome se deve ao barulho que sai da fricção da areia de quartzo no solo do lago, onde brota a água. Por minuto, saem mil litros de água do chão, formando um lago de água cristalina em que é possível flutuar com colete salva-vidas para não destruir os olhos d’água.

Entre as outras atividades que o hotel fazenda oferece está o turismo rural em que há a possibilidade de acompanhar a ordenha, passear de charrete, comer fruta colhida no pé e conhecer a fabricação de laticínios.

Areia que Canta (Foto: divulgação)

7- Referência em segurança

Brotas foi a primeira cidade do Brasil a criar uma lei específica de turismo de aventura e natureza. Ela também inspirou o Ministério do Turismo e a Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (Abeta) a implantarem a normalização do turismo de aventura e ecoturismo no Brasil, através do Programa Aventura Segura.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Vai prestar vestibular? O Cursinho Gratuito Principia já está com as inscrições abertas!

O Cursinho Pré-Vestibular Gratuito Principia surgiu em 2007 como um projeto de extensão da…