A Feira de Economia Criativa é cenário comum para quem caminha na avenida Getúlio Vargas no domingo de manhã. Logo no começo do dia, os artesãos de Bauru começam a montar suas barracas e a organizar seus produtos. 

A feira é uma forma de apoiar e fomentar o microempreendedor individual, além de movimentar a economia de Bauru. A ideia é “agregar os produtores criativos de nossa cidade e, assim, dar vez e voz à arte, artesanato, gastronomia, teatro, agricultura familiar, música e dança”, explica Juliana Vitorino, uma das organizadoras da feira. 

Ela também é a idealizadora do “Mão Caipira Confeitaria Natural Artesanal” que, ao lado de 26 artesãos, expõe seus produtos na Feira de Economia Criativa. 

Hoje em dia, a feira conta com os seguintes produtos: 

  • Artesanato em madeira;
  • Alimentação natural;
  • Roupas infantis e para pet;
  • Marchetaria;
  • Uniformes profissionais;
  • Macramê;
  • Comida vegana;
  • Confeitaria artesanal;
  • Bonecas de pano;
  • Crochê;
  • Tricô;
  • Vasos e mini hortas feitos em garrafa pet para apartamentos.

Além disso, eles ainda oferecem diversas oficinas como de artesanato e de cupcakes.

Feira de Economia Criativa Bauruense

Antes, a feira era organizada na Praça do Avião. Hoje em dia, ela é realizada em dois locais fixos: na Praça da Copaíba (Avenida Getúlio Vargas), aos domingos, das 8h às 12h; na Praça do Poeta (rua Dionísio de Aguiar, no Jardim Auri Verde), de segunda-feira, das 17h às 22h. 

Com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda (Sedecon), a Feira de Economia Criativa de Bauru tem expandido sua área de atuação. Agora, ela também é organizada em condomínios e empresas da cidade. 

Feira de Economia Criativa realizada dentro de um condomínio em Bauru

“Nós montamos a feira toda em condomínios e empresas, levando comodidade ao cliente, com a segurança de ter um expositor registrado”, explica Juliana. 

Neste domingo (17), é a vez do Quinta Ranieri Gold receber a feira. Eles estarão lá, das 17h às 22h. 

Com isso, é possível tornar as marcas mais conhecidas entre os bauruenses, agregando valor aos expositores e mostrando o que Bauru tem de bom que é produzido aqui, artesanalmente. 

“O ponto mais positivo é fazer a economia girar. Muitas pessoas que não conheciam os produtos, estão conhecendo agora. Com o projeto, muitos artesãos saíram da informalidade e, hoje, tem produtos no mercado bauruense sendo reconhecidos por toda uma cidade”, finaliza Juliana. 

Quem quiser levar a Feira de Economia Criativa de Bauru para a sua empresa ou condomínio, basta entrar em contato pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (14) 99714-5012. 

Serviço

Feira de Economia Criativa Bauru

Local: todos os domingos na Avenida Getúlio Vargas, das 9h às 12h; toda segunda-feira na rua Dionísio de Aguiar, no Jardim Auri Verde, das 17h às 22h

Facebook: www.facebook.com/fazercriativo

 

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Banda Sinfônica Municipal de Bauru se apresenta gratuitamente no “Quinta Cultural” na USC

No dia 27 de junho, os bauruenses poderão conferir gratuitamente  a apresentação da Banda …