Você recicla seu lixo? Infelizmente, é comum que a resposta seja não, até porque a reciclagem é um hábito que ainda não está inserido no dia a dia dos bauruenses. Para reverter essa situação, é necessário que as pessoas conheçam a importância do assunto, como funciona a reciclagem e como fazê-la.

Para que no futuro isso possa ser um hábito comum entre as pessoas, a solução pode estar nas crianças. Quem aposta nisso são três bauruenses: Gilvá Francisco Silva Junior, Mario Augusto Moya e César Morales. Juntos eles formam “Os Recicláveis“, uma banda de rock que faz a conscientização sobre reciclagem em escolas de Bauru.

O projeto surgiu em 2017, quando Gilvá, incomodado pelo lixo acumulado no Parque Vitória Régia após o aniversário da cidade, resolveu fazer uma campanha. “Eu tentei juntar as pessoas que eu conhecia para limpar o Vitória. Porém, no dia, eu acabei indo sozinho. Então eu percebei que não dá para ser assim, se não for algo bem elaborado, as pessoas ignoram”, relembra.

Músico e muito criativo, Gilvá começou a moldar como seria o projeto e, no caminho, encontrou o apoio de dois outros músicos, o César e o Mario. Hoje, “Os Recicláveis” têm uma oficina, que será ministrada na Escola Municipal de Educação Infantil Gasparzinho no dia 02 de outubro. Eles também criaram uma peça de teatro chamada “A Máquina Mágica”, que espera aprovação do Programa de Ação Cultural (ProAc).

O lixo não é normal

Mas qual motivo levaram três bauruenses a se dedicarem à conscientização em relação ao lixo? Primeiro por conta de todos os problemas que o lixo pode gerar, como poluição do ar e do solo, além de doenças. Já em segundo, fica os altos valores gastos com o destino dos dejetos.

Para se ter uma ideia, atualmente, a cidade de Bauru gasta quase R$ 20 milhões por ano com coleta, transporte e destinação final dos resíduos. Parte desse dinheiro poderia ser investido em outros setores, caso o lixo fosse separado e reciclado.

Por isso é tão importante levar o conhecimento à base – e futuro – da sociedade: as crianças. “Também pelo hábito, pois se ela aprende na escola, isso se torna um hábito. Daqui dez anos, quando ela passar a frequentar o Vitória Régia, ela vai ter um comportamento diferente e ajudar”, ressalta César.

Mario ainda completa contando um pouco da sua vivência trabalhando em escolas: “Eu vejo que [a lixeira] está à disposição e, mesmo na escola, as pessoas mais velhas sabotam essa cultura [de reciclagem]. É muito forte ver que as pessoas não incentivam. Incomoda a gente, pois faz parte do nosso dia a dia.”

Assim, ideia do projeto é desvincular a noção de lixo e de sujeira como algo normal. Portanto, eles querem impactar as crianças usando a música, a arte e a cultura como uma ferramente de ensino e conscientização.

“Os Recicláveis” apresentam: oficina e teatro!

A oficina “Primeiros Passos“, como o próprio nome indica, tem o objetivo de ensinar todo o caminho da reciclagem. Portanto, eles irão ensinar as crianças como separar os materiais, para onde eles vão e o que se tornam. “O trabalho vai ser bem didático, sempre com música, para ter uma abordagem melhor, para eles entenderem na prática o que é a reciclagem de fato”, esclarece Gilvá.

Já a peça de teatro, “A Máquina Mágica“, vai contar a história de duas pessoas responsáveis pela limpeza que vão encontrar um local sujo. Eles irão estranhar a sujeira, porém vão encontrar a máquina da reciclagem. No decorrer do espetáculo eles irão colocar todo o material na máquina, de onde serão gerados instrumentos musicais como a bateria, a guitarra e o baixo.

Assim, cada integrante da banda representa um material reciclável: Gilvá é o metal, César é o plástico e Mário é o vidro.

Ei, espera um pouco, está faltando o papel, certo? Sim, porém “Os Recicláveis” mandam um recado: “O papel é da sociedade! No começo até pensamos em fazer o quarto elemento, mas depois a gente percebeu que o quarto elemento é a sociedade, finalizam.

Compartilhe!
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Atriz da Globo apresenta espetáculo musical no Teatro Municipal de Bauru

Totia Meireles vem a Bauru com a peça “Herivelto Como Conheci” no dia 19 de ag…