Doar sangue é um ato de amor ao próximo, já que, para se ter uma ideia, uma única bolsa de sangue é capaz de salvar até quatro vidas! Contudo, a taxa de doadores no Brasil ainda é muito baixa.

De acordo com a estimativa mais recente do Ministério da Saúde, apenas 1,6% da população é doadora. Ainda, durante a pandemia do novo coronavírus, esses números sofreram uma queda mais acentuada, inclusive, no Hemonúcleo de Bauru.

Com isso em vista, sete estudantes de Relações Públicas da Unesp Bauru se uniram na criação do projeto “Tipo Bom”.

Juntas, Barbara Viotto, Beatriz Salutti, Clara Pompeu, Gabriela Camargo, Jéssica Keller, Mariana Rebling e Nicole Kushikawa pretendem promover a cultura de doação de sangue na comunidade bauruense.

Dessa forma, com o slogan “Você é nosso tipo”, o projeto visa desmistificar a doação de sangue. Além disso, também mostrará à população que a prática é segura e que todo tipo de sangue é bem-vindo!

Para isso, o projeto funcionará como canal de divulgação tanto para quem precisa de doações quanto para quem pretende tornar-se doador. Portanto, serão produzidos conteúdos informativos no Instagram e Twitter.

Entre os assuntos abordados estão: o que é preciso para ser doador, como doar durante a pandemia, onde há postos de coleta em Bauru, entre outros assuntos.

Caso sejam necessárias doações em nome de alguém, basta entrar em contato com as estudantes pelas redes sociais. 

Serviço 

Projeto Tipo Bom
Instagram: @sanguetipobom
Twitter: twitter.com/sanguetipobom  

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Paula Borim
Carregar mais em Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Como a contabilidade auxilia na saúde de micro e pequenas empresas bauruenses?

Não é raro encontrar empreendedores que são verdadeiros “faz tudo” dentro da s…