Foi na curiosidade de provar uma receita do Facebook que a nutricionista Juliana Redondo preparou seu primeiro pão de queijo de batata-doce. Ao provar o pão, a primeira frase de seu marido, Rodrigo Domingues, que não gosta do tubérculo, foi “nossa, que delícia, onde você comprou?”

Após convencê-lo de que ela mesma havia preparado a iguaria, ele ficou impressionado.

Em fevereiro de 2020, Rodrigo decidiu transformar a brincadeira em negócio. Hoje, o casal é proprietário do Pão da Nutri, onde comercializam a alternativa saudável do pão de queijo tradicional, feito com batata-doce e chia, de forma congelada.

Dois em um

Para Juliana, o Pão da Nutri é uma oportunidade de unir suas duas formações profissionais: administração e nutrição. Primeiro, ela cursou administração por gostar muito da área. Porém, quando sua avó adoeceu, a família sentiu dificuldade de encontrar um nutricionista especializado em pacientes oncológicos.

“A gente teve muita dificuldade de encontrar nutricionistas na parte do câncer, então eu decidi cursar nutrição e me especializar nisso. No entanto, depois de me formar, nós nos casamos e eu voltei a trabalhar com administração”, relata.

Com a pandemia, o casal decidiu se dedicar mais ainda ao pão de queijo. Eu participei de um grupo de estudos com uma nutricionista, porque a ideia inicial era me atualizar e fazer atendimentos clínicos. Depois da última reunião, cheguei para ele [Rodrigo] e falei: ‘não quero atender, quero trabalhar só com o Pão da Nutri’”, conta Juliana.

Hoje, ela está totalmente dedicada ao projeto e é responsável pela produção dos pães, mas também cuida da parte financeira e das entregas.

Alternativa saudável

A nutricionista também ressalta a importância de colocar alternativas saudáveis no dia a dia das pessoas: “o polvilho, por exemplo, pode substituir a farinha de aveia ou a farinha de trigo, que têm glúten e, com o passar do tempo, pode gerar gordura na região do abdômen, por exemplo. Por isso, homens e mulheres procuram alternativas mais saudáveis e com menos calorias.

De acordo com Juliana, crianças a partir de 12 meses já podem comer o Pão da Nutri. O filho dela, Felipe, de 3 anos, gosta muito da receita dos pais.

Um dos diferenciais que também chama a atenção no pão de queijo do casal é que ele não tem gosto de batata-doce. “Eu odeio batata-doce (risos)”, conta Rodrigo. “O gosto remete muito ao pão de queijo tradicional, mas é feito com a batata-doce e com um queijo mais leve, com menos gordura”.

Rodrigo e Juliana contam que, mesmo já tendo gostado da receita original, testaram adaptações durante alguns meses. Essas mudanças proporcionaram a consistência e o sabor que o pão de queijo tem atualmente.

“A receita original era feita com queijo minas, mas como era mais caro, nós adaptamos para poder comercializar. Também testamos cerca de cinco marcas diferentes de polvilho até chegar na que usamos hoje, que é a mais aprovada pelos clientes”, explica o casal.

Relação com a cozinha

Ao contrário do que se espera, Juliana revela que, na verdade, nunca gostou tanto de cozinhar. “Eu morei com a minha mãe até 2012, então ela sempre cozinhou. Eu não sabia nem fazer arroz e feijão. Quando fui morar com o Rodrigo, eu não queria que ele passasse fome, né?”, diz entre risos.

 

Ela também conta que aprendeu muitas coisas na faculdade de nutrição, e hoje gosta muito de cozinhar. “Pra mim, essa parte da cozinha e de fazer o pão é muito prazerosa. É a hora em que podemos reunir todo mundo em casa. Me traz bem estar”, completa.

Além disso, a nutricionista diz que o sentimento também é importante. “Nos dias em que eu não estou me sentindo bem, não adianta fazer pão. Na cozinha, você passa o que você sente”, explica.

O futuro do Pão da Nutri

Apesar de terem começado o Pão da Nutri fazendo apenas a receita salgada, atualmente o casal também oferece a opção de pão de queijo de batata-doce com recheio de chocolate meio amargo.

“Nós fizemos o pão doce a pedido de uma amiga, que se considera chocólatra. Eu até falei ‘Rodrigo, não vai dar muito certo…’, e deu! Temos vendido super bem, mais até do que a opção salgada”, explica.

De acordo com eles, a ideia é expandir o negócio e ampliar a variedade do cardápio, com sabores que já estão sendo estudados.

Divulgação e entregas

Apesar de trabalhar em outro empreendimento, Rodrigo cuida das redes sociais do Pão da Nutri, ajudando na divulgação e na captação de novos clientes, principalmente no Instagram.

O Pão da Nutri recebe os pedidos pela rede social e também pelo WhatsApp. Os pães são feitos sob encomenda ou quando o casal anuncia nas redes sociais os dias em que farão as entregas. Assim, os interessados podem se planejar e fazer o pedido com antecedência.

Os pães de queijo são entregues congelados e embalados à vácuo para não perder o sabor, sem taxa para os clientes.

publieditorial

Serviço
Pão da Nutri
Contato e encomendas: (14) 99668-1747
Instagram: @paodanutrioficial
Entregas gratuitas em Bauru

Compartilhe!
Carregar mais em Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Enfermeira assume missão de dar continuidade à loja feminina de Bauru fundada em 2009

Imagine só entrar em uma loja e sair de lá com um look completo? Este é o objetivo da Meni…