Trabalhando desde 2006, a Wise Madness em Bauru se formalizou como OSC (Organização da Sociedade Civil) em 2011. Desde então, realiza trabalhos sociais e educativos com crianças e jovens, entre 06 e 15 anos, no contraturno escolar.

Atualmente, o projeto executa quatro Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) em locais carentes da cidade. As atividades são realizadas, de forma gratuita, nos bairros Vila Aviação, Otávio Rasi, Sta Edwirges e Nova Esperança.

Todo o trabalho da Wise Madness é realizado em parceria com a Sebes (Secretaria do Bem-Estar Social) e a Prefeitura Municipal de Bauru.

De acordo com os coordenadores do projeto, a OSC é de grande importância, pois atua em um período determinante da vida, a infância e a adolescência. Portanto, a Wise criou as oficinas artísticas visando o desenvolvimento cognitivo e sociocultural dos jovens. Além disso, objetivam combater a violência e drogadição, aproximando-os das artes, da comunidade e da família.

Crianças do SCFV de todas as unidades em uma apresentação em 2019 (Crédito: divulgação)

“O objetivo é atingir a comunidade onde estão presentes para incentivar os adolescentes e os jovens na sua participação no âmbito sociocultural, e também o bem-estar das crianças para que futuramente possam ser a base e o pilar na construção de uma nova realidade social”, esclarecem.

Durante a pandemia

De março de 2020 a junho de 2021 o projeto pausou o atendimento presencial do SCFV devido à pandemia. No entanto, as crianças continuaram realizando atividades de forma remota.

Ademais, toda semana, as famílias iam até à Wise Madness buscar alimentos. Com algumas parcerias, em alguns meses, a OSC conseguiu disponibilizar até refeições completas.

Em agosto deste ano, as atividades voltaram a ser presenciais, porém com limitações, de acordo com o Plano São Paulo. Portanto, o projeto segue todos os protocolos de saúde exigidos. As oficinas artísticas ainda não voltaram às atividades.

O projeto de construção da Unidade Nova Esperança

A Unidade Nova Esperança, que funciona desde 2020 em local improvisado, já não comporta mais o atendimento das 115 crianças. O espaço foi cedido pela Igreja ‘O Brasil para Cristo’, porém já não é mais suficiente devido à demanda.

O bairro teve um grande crescimento populacional nos últimos anos, uma vez que foram instalados empreendimentos no local. Porém o desenvolvimento social e organizado do bairro ficou prejudicado, sendo assim, a região apresenta déficit em diversas áreas, como a segurança pública, assistência social, entre outras.

A partir da parceria com a Prefeitura, na gestão do Prefeito Clodoaldo Gazzeta, a qual concedeu a cessão do terreno ao lado da escola E.E. Irmã Arminda Sbrissia, iniciou-se o projeto de construção da Unidade do Nova Esperança.

O projeto visa atender a comunidade como um todo, ampliando o já existente, que é apenas para crianças e adolescentes de 06 a 15 anos. Portanto, irão abrir para crianças de 03 a 06 anos, jovens, adultos e idosos.

O espaço também passará a abrigar oficinas culturais que já acontecem em outra unidade no período noturno para o Wise New.

O valor do projeto para construção da Wise New foi aprovado pelo CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), sem a necessidade de captação, com valor estimado em aproximadamente um milhão de reais.

Esta aprovação só foi possível graças ao mapeamento do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social), da atual Gestão da Prefeitura Municipal de Bauru, Suellen Rosin, e da SEBES, que acompanham o trabalho que já vem sendo realizado no bairro. A construção da nova unidade está programada para iniciar em janeiro de 2022.

A entidade busca agora parceria com empresas que acreditem no seu trabalho e ajudem com a doação de mobiliário, já que a verba para o projeto é somente para a construção do prédio.

Para saber mais sobre o projeto e a entidade, entre em contato pelo do link: Linktr.ee/WiseMadness.

Como os bauruenses podem ajudar?

Apesar da parceria com a rede pública, a maioria da verba utilizada para manter os projetos da Wise Madness vêm de doações e eventos organizados durante o ano. Com a impossibilidade de realizá-los por conta da pandemia, o faturamente anual do projeto se reduziu em 20%.

“E isso impacta diretamente as crianças, pois é com esse recurso que ampliamos e elevamos a qualidade do atendimento”, apontam os diretores.

Portanto, os bauruenses podem ajudar com doações, sendo voluntário, parceiro ou por meio da Nota Fiscal Paulista. Para os interessados em doar, basta fazer a transferência por PIX ([email protected]) ou para a conta 28033-X, Ag. 6919-1, Banco do Brasil.

Caso queira ser um voluntário, basta entrar em contato pelos endereços: (14)3208-7400 / [email protected] Já os contatos para parcerias são: (14)3208-7400 / [email protected]

Compartilhe!
Carregar mais em Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Lanche Bauru Solidário irá colaborar com crianças e adolescentes da comunidade do Jardim Europa

O INSCRI, centro de convivência para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidad…