Empresas de Bauru que expandiram os negócios para outras cidades

Bauru é uma cidade economicamente relacionada ao comércio e aos serviços e isso se deve ao instinto empreendedor dos bauruenses. Muitas pessoas não sabem, mas diversas empresas que são conhecidas nacionalmente nasceram aqui na nossa cidade.

Mas como isso é possível? Graças à abertura de filiais em outras cidades, ou seja, empresas com mesmo nome em locais diferentes. Para isso acontecer, o contador bauruense, Marcelo Zanqueta, explica que é necessário passar por um processo, antes de abrir a unidade em questão.

“É muito comum, quando estamos fora de Bauru, vermos empresas com o mesmo nome por onde passamos. Isto é possível com o cadastro em prefeituras. Esta nova empresa, seja filial ou franquia, necessita de cadastro próprio, inclusive com a necessidade das licenças próprias para o funcionamento, variando conforme o ramo de atividade”, explica.

– Confira as empresas bauruenses que estão pelo Brasil afora!

1- Zammer

A sorveteria surgiu em Bauru no dia 27 de abril de 2006, com o nome Nova Delícia. Em 2013, o proprietário Valdir Oliveira, decidiu renovar o empreendimento e montou uma fábrica. A partir de então, ele começou a revender sua especiaria. Atualmente, são mais de dez cidades que já recebem os sorvetes, com as receitas que ele mesmo cria. Em Bauru, a Zammer conta com três unidades: no Villaggio Mall, na Avenida Nossa Senhora de Fátima e no Camélias.

2- Fran’s Café

A cafeteria bauruense nasceu em 1972, com Francisco Conte, o Fran. Ele decidiu aliar sua paixão pelo café à oportunidade de um bom negócio. A ideia era criar uma cafeteria onde mulheres pudessem tomar um bom café em um ambiente diferenciado, elegante e descontraído. Foi assim que Fran e seu irmão, José Roberto, escolheram o ponto no Centro de Bauru dando vida ao primeiro Fran’s Café. Pouco depois, o Fran’s Café inaugurou sua segunda loja, na rodoviária da cidade com a novidade do serviço 24 horas. Com o crescimento, em 1992 a empresa adotou o sistema de franquias. Hoje em dia, a loja de café de Bauru já está em mais de oito estados brasileiros. Em Bauru, o Fran’s Café está em dois locais, na Rodoviária e na Avenida Getúlio Vargas, 6-15.

3- Brooks Hamburgueria

A empresa surgiu da parceria de dois amigos Lucas Mendes e Arildo Fraga, em 2016. O projeto é de uma hamburgueria totalmente moderna, com um cardápio com mais de 15 opções de lanches artesanais, entre elas os hambúrgueres de salmão, de cordeiro, de costela, de frango, o vegetariano, o vegano e os tradicionais. A Brooks ainda conta com porções e opções infantis. Além da cidade sem limites, o restaurante já está aberto também na cidade de Marília e Araraquara e tem a previsão de abrir em outras cidades, como Campinas. A hamburgueria está localizada na Rua Neder Issa, 1-11, aqui em Bauru.

4- Barbados Barbearia Premium

Pensando em atrair o público exclusivamente masculino, a bauruense Silvia Jacob decidiu investir em uma barbearia com serviços exclusivos. Além da tradicional barbearia, a Barbados oferece cabeleireiro, depilação, estética facial, 12 tipos diferentes de massagem para relaxamento, manicure, podologia e um pacote especial para o Dia do Noivo e para formandos. Além dos serviços, o ambiente foi totalmente feito para os homens e a entrada de mulheres é proibida. Além de Bauru, a barbearia tem uma nova unidade em Botucatu, inaugurada neste ano. A Barbados Barbearia Premium fica localizada na Rua Araújo Leite 24-44, em Bauru.

5- Confiança Supermercados

A história da rede de supermercados começou pequena, com estruturas simples e poucos recursos. A família Zogheib chegou ao Brasil, vinda de Beiruth, no Líbano e unindo-se aos familiares, abriu um estabelecimento comercial: a Casa Confiança, na cidade de Arealva em 1951. Na década de 80, a Casa Confiança foi transferida para Bauru, na Rua Albuquerque Lins, na Vila Falcão. Mais tarde, foi transformada no Minimercado Confiança, primeira loja inaugurada no ano de 1983, na Vila Independência. Em 84, o Minimercado Confiança foi transferido para a rua Campos Sales, também situada na Vila Falcão. Atualmente, só em Bauru, a rede possui seis lojas. Já em Marília, o Confiança possui duas unidades, além de estar em cidades da região como Jaú, Pederneiras, Marília e Botucatu, totalizando dez lojas da rede Confiança Supermercados.

6- Bar do Português

A história do bar começou em 1973, mas passou por muitas mudanças até chegar ao que conhecemos. Seu Zé Ravagnani comprou o Empório Higienópolis, um típico botequim do interior. Algum tempo depois, um imigrante português, Sr. Alberto, adquiriu o ponto e o rebatizou como “Bar do Português“. O bar ainda teve outros três donos antes de ser comprado pelo casal Fernando e Paula, em 2003. Foi então que tiveram a ideia de mudar os ares e o cardápio do local, com a inclusão do chope. Com a popularização do bar, o casal aderiu ao sistema de franquias e hoje o Bar do Português está em 10 cidades do interior paulista.
Em Bauru, o bar está localizado na Rua Benjamin Constant, 10-45.

7- Provence Lingerie

A loja foi fundada em 1990, pelo casal bauruense Marinez Conticelli Manflin e Luiz Carlos. No início, as vendas eram realizadas nas residências das clientes, com atendimento personalizado e agendamento prévio. Para suprir o aumento na demanda das peças e buscando o crescimento no segmento, em 1995, a Provence Lingerie iniciou a confecção da marca própria, com o objetivo de atender as lojas da rede e revendedoras da região. Atualmente, a grife possui cinco lojas da marca, sendo quatro localizadas em Bauru e um outlet, que atende no atacado e varejo com descontos especiais de 30% a 50%, em Agudos.

8- Chica Brasil

A marca bauruense foi criada há 10 anos e é especializada em moda praia e casual. Ela traz em suas peças características brasileiras como a tropicalidade. Em Bauru, a Chica Brasil está localizada em dois espaços, na Loja Aeroclube e Espaço Outlet (Al. Dr. Octávio Pinheiro Brizolla, 19-70) e no Bauru Shopping. Mas a marca não se ateve apenas ao estado de São Paulo, a expansão chegou no Paraná, com uma unidade na cidade de Londrina.

9- Casa Carvalho

Tudo começou em 1924, com o Sr. Enéas Pinto de Carvalho e uma alfaiataria na Rua Batista de Carvalho, Bauru. Com o tempo, ele começou a expandir os produtos passando ao conceito de loja, na década de 40. Em 1945, com o falecimento do fundador, os filhos Jaguaribe Carvalho e Itacolomy Carvalho passaram a gerenciar a loja. Anos mais tarde, no início da década de 70, um dos filhos de Itacolomy, Cássio Nunes Carvalho, começou a dedicar-se à loja. Hoje, ele é o atual dirigente do local, junto com a esposa Maria Elidia Carvalho e um dos filhos, Fábio Souza Carvalho. Atualmente, a Casa Carvalho possui quatro lojas no total: duas em Bauru (uma no Calçadão da Batista e no Bauru Shopping) uma em Marília e outra em Botucatu.

10- Sampa

Inaugurado em 2013, como o primeiro bar-balada da cidade, o Sampa conta com dois espaços distintos – uma área aberta com mesas e cadeiras (o bar) e uma fechada onde são realizados os shows (a balada). Aqui em Bauru ele está localizado na Rua Antonio Alves Quadra 27-28. Em 2015, o bar-balada foi inaugurado em outra cidade do interior de São Paulo, São José do Rio Preto.

Investindo em uma nova empresa

O primeiro passo para abrir uma empresa é conhecer o ramo de atividade em que se deseja trabalhar. Além de conhecer o público, é necessário aprender sobre a legislação municipal da localidade, a legislação estadual, o tratamento tributário do produto ou serviço, a concorrência, aceitação do produto ou serviço, local do imóvel a ser utilizado, entre outros itens.

Segundo Marcelo, tendo conhecimento desses detalhes, a chance de sucesso aumenta. “Estudos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2016, apontam que 60% das empresas fecham antes de completar cinco anos. Certamente, muito deste fato, se deve a falta de informação”.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Geral
...

Verifique também

A primeira impressão é a que fica, os bauruenses são receptivos com os gringos?

Sempre damos mais valor à opinião dos outros do que às nossas, né? Pensando nisso, pergunt…