Se um vestido de noiva fosse costurado usando como matéria-prima as emoções da mulher que está prestes a dizer sim, quais seriam seus tecidos? Foi pensando na resposta que a capa da segunda edição da Revista Bride, de Bauru, traz a representação de um vestido de noiva procurando a sua verdadeira essência.

O conceito foi idealizado pelo fotógrafo Alexandre Haralampidis e busca uma representação alternativa de cada passo da mulher até o altar.

“Vestir emoções é o que leva a noiva até o caminho do altar. O vestido representa a trajetória que toda noiva experimenta durante a vida: o seu primeiro amor, sua grande paixão, e, também, sua primeira decepção, seus amores platônicos até os não correspondidos. Todos esses sentimentos fazem parte da essência de cada noiva e nada melhor para representar essa essência do que um vestido construído por cada uma dessas emoções”, explica a diretora da revista, Maria Cristina D’Incao.

O anuário contém dicas para a cerimônia de casamento perfeita, com indicações dos melhores profissionais de fotografia, maquiagem e organização de eventos, entre outras. Além disso, nesta edição, a revista ainda vai abordar assuntos como formatura, festas de 15 anos e outras celebrações.

A segunda edição da Bride Yearbook pode ser acessada pelo link: https://issuu.com/vtrnnpublicacoes/docs/bride_issuu_ad5eca410a563c

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Negócios
...

Verifique também

Médicos seguem carreira de 30 anos do pai na oftalmologia e inauguram hospital em Bauru

Existe um ditado, comum entre os médicos, que diz “todo mundo ama alguém, você está …