Sabe quando a gente olha no espelho e pensa: está faltando alguma coisa? Pois bem, pode estar faltando um lenço!
Essa peça super atemporal, que navega entre gerações e se reinventa a cada temporada é um ótimo truque de styling para atualizar as peças que temos no guarda-roupa.

Use sua criatividade na hora de fazer amarrações, mas uma coisa é certa: os lenços têm o poder de transformar, dar personalidade e charme a qualquer look basiquete.

A peça é mesmo um clássico. Nefertiti já usava em 1350 AC, na Roma Antiga também, e na China, tudo há mais de dois mil anos. No Brasil chegou com os europeus. No Velho Oeste americano, o lenço no pescoço contra poeira nos remete ao estilo western até os dias de hoje. Mas a peça se popularizou mesmo a partir da década de 30, quando a marca francesa Hermès lançou sua linha de lenços quadrados, ainda em produção. Sempre com o intuito de proteger do frio, do calor, do vento, poeira, piolhos… ou até distinguir politicamente grupos através de suas cores, o lenço é um dos itens mais versáteis da história e por isso se mantém tão atual, mesmo que seja somente pra dar um toque especial à produção, e o melhor – sem gastar muito.

O ar vintage que os lenços carregam são seu charme extra. Vá montando seu acervo pessoal ao longo dos anos, garimpando em viagens, pelos cantinhos que passa, herdando da familia, amigos… tudo isso torna o item ainda mais significativo. Ter sempre um lencinho a mão pode salvar a produção!

Se sua versatilidade está na história e nas funções, imagine na maneira de usá-los?
Confiram abaixo algumas formas super fáceis de aderir aos lenços dos mais diversos shapes e prints no dia a dia e dar um novo olhar às peças que tem no armário!

E nos stories (ou destaques!) de Moda do instagram @socialbauru eu mostro algumas outras maneiras de abusar dos lenços!

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Mirella Cabaz
Carregar mais em Colunistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Coluna Isabela Gaspar: As redes sociais digitais pedem empatia e respeito

Olá, sou a Isa e esta é a minha quarta coluna para o Social Bauru. Por aqui você encontra …