Todo bauruense que se preze sabe contar a história do sanduíche que leva o nome da nossa cidade – o bauru. Apesar do título remeter à cidade interiorana, ele foi apenas uma homenagem ao seu criador, o bauruense Casimiro Pinto Neto. Dessa forma, na verdade, o lanche é paulistano.

A combinação de pão, rosbife, queijo, tomate e picles foi criada na capital de São Paulo, mais especificamente na lanchonete Ponto Chic, inaugurada há 96 anos. Popular em diversos locais e produzido de diversas formas atualmente, o bauru poderia não ter atingido o status de tradicional.

Segundo a reportagem de Claudio Varella em colaboração para o UOL, publicada ontem (23), o Ponto Chic poderia ter sido fechado em 1978, não fosse por um ex-garçom do local, o Antonio Alves de Souza. Depois de 40 anos administrando a lanchonete, Antonio expandiu o empreendimento, que conta com três unidades na cidade de São Paulo.

E depois de tanto tempo, quem ainda bate o recorde de vendas é o famoso bauru, com uma saída de mais de 12 mil unidades da receita por mês.

Bauru em Bauru?

Durante algum tempo nossa cidade carecia de lugares para experimentar o sabor do bauru, apenas o Skinão era conhecido popularmente como local oficial. Hoje em dia, o cenário está bem diferente e a receita original do lanche pode ser encontrada em cinco lugares da cidade com o selo de Certificação do Sanduíche Bauru, outorgada pelo Conselho Municipal de Turismo de Bauru (COMTUR).

– Alex Express (Marcondes Salgado, 11-60, Boulevard Shopping Nações / Telefone: (14) 3232-1569)

– Armazém Café (Avenida Doutor Arnaldo Prado Curvêllo, 10-110 / Telefone: (14) 3103-2121)

– Flipper Lanches (R. Henrique Savi, 12-40 / Telefone: (14) 3234-6509)

– Flipper Delivery (R. Felício Soubihe, 4-45 / Telefone: (14) 3234-6509)

– Lelo´s Lanches e Bebidas (Avenida Nações Unidas, 24-47 / Telefone: (14) 3234-1868)

A cidade ainda conta com outros locais que oferecem o sanduíche, fazendo com que ela tenha mais um motivo para atrair turistas para cá.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

A paixão pela escrita levou poema de bauruense a ser publicado em livro nacional de poesia

Rosemeire dos Santos Silva é a quarta filha de sete irmãos, esposa, mãe, avó e uma apaixon…