Você já brincou com o seu filho hoje? Já conversou com ele e perguntou o que fez de legal na escola? Parece pouco, mas essas pequenas ações podem mudar o relacionamento com seu filho e ainda, de quebra, ajudar no desenvolvimento dele.

Segundo a psicóloga Márcia Rossi, reservar algum tempo para se passar com os filhos sempre valerão a pena! Ainda que muitos pais aleguem a falta de tempo, “o ideal é ter uma relação tranquila e sem culpa, usando o tempo que tem, por menor que seja, com qualidade e olhando nos olhos da criança quando fala. Isso pode ocorrer no caminho para a escola, na ida ao mercado, arrumando a mesa para o jantar, escolhendo um livro de história para ler antes de dormir”, ela afirma.

Estas pequenas atitudes fazem com que a criança desenvolva autoconfiança e autoestima. Passar um bom tempo com seu filho fará com que ele entenda que sempre pode contar com os pais. Além disso, as boas lembranças dessas brincadeiras e momentos em família ficarão registrados para sempre.

Alguns pais de Bauru já colocam em prática algumas ações para melhorar a conexão com os filhos e veem mudanças positivas no crescimento das crianças.

O exemplo vem de casa

Bruno Bernardes é pai de Lorena, de seis anos. Apesar da correria do dia a dia, já que possui dois empregos, ele não abre mão de passar um tempo com a filha.

“Para mim, o melhor caminho para um bom relacionamento com os filhos é ouvi-los e lhes dar muita atenção”, ele afirma.

O que eles mais gostam de fazer é assistir desenhos juntos e brincar! Além disso, Lorena é vidrada em livros. O pai da menina tem o costume de ler para a filha desde os primeiros meses de vida. Para ele, os livros são ferramentas preciosas para melhorar a conexão de pai e filho. “É lúdico, é divertido, é educativo, é tudo de bom!”, afirma.

A leitura também é uma das atividades favoritas de Raquel Mendes e de suas duas filhas, uma de três anos e outra com um ano e dez meses.

Segundo ela, a leitura traz uma troca de conhecimentos e descobertas entre os pais e seus filhos. Na hora de escolher uma atividade para fazer com a filhas, Raquel sempre leva em consideração um livro!

“As minhas filhas sempre adoraram e a escolhinha delas estimula muito a leitura também, com clube do livro, feiras de livro e eventos com autores e ilustradores. Mas, como qualquer coisa que se busca ensinar, o exemplo é sempre a ferramenta mais eficaz para estimular qualquer hábito. Se os pais leem muito, com certeza os filhos também lerão”, explica Raquel.

Mesmo com os problemas do dia a dia, Raquel confessa que é mesmo difícil de encontrar tempo para os filhos. Entretanto, para ela, deixar de dar atenção às crianças é perder uma oportunidade de criar vínculos afetivos e contribuir para uma melhor formação delas.

“Ao mesmo tempo acredito ser essencial que os pais busquem a própria felicidade e realização neste contexto, pois isso também é algo que se aprende através do exemplo. E, no fim das contas, essa é a responsabilidade de todo pai e mãe: possibilitar que os filhos aprendam a serem felizes e realizados. Então dar atenção de qualidade é importante, mas tem que haver equilíbrio”, finaliza.

Brinque, leia, aproveite!

Manter uma rotina com os filhos é importante, segundo a psicóloga Márcia. Além disso, é necessário que o convívio familiar não seja disputado com celulares e televisões. Por isso, ela dá dicas de como fortalecer a conexão com os pequenos:

  • Leve um desenho ao invés de um presente;
  • Faça um calendário do tempo que passará fora;
  • Olhe no olho do seu filho enquanto vocês conversam;
  • Demonstre estar atento;
  • Veja fotos de família;
  • Marque um encontro;
  • Sente no chão e convide seu filho para brincar;
  • Deixe bilhetes em lugares inusitados;
  • Diga para o seu filho o quanto ele importa;
  • Faça leitura para seus filhos.

Ela ainda ressalta que a prática frequente da leitura ajuda, não só no bom relacionamento, mas também no desenvolvimento do vocabulário.

“A leitura entre pais e filhos também é importante na promoção da motivação da criança, que tem consequências, em longo prazo, importantes para a sua vida adulta”, comenta a psicóloga.

Dando uma mãozinha aos pais

Consciente da importância de um bom relacionamento entre pais e filhos e, principalmente, da leitura no desenvolvimento da crianças, o McDonald’s promove a campanha “Ler e Brincar” no McLanche Feliz.

Na campanha, a lanchonete disponibiliza a opção de escolha entre um livro ilustrado com duas histórias da Turma da Mônica ou um brinquedo.

Essa é o sexto ano que o McDonald’s aposta na campanha “Ler e Brincar”. O primeira ano foi em 2013 e alcançou toda a América Latina. Até hoje, foram mais de 14 milhões de exemplares distribuídos.

Pensando em unir a leitura com a interatividade, o McDonald’s criou uma funcionalidade dentro do McDonald’s App que dá voz aos livros!

Com isso, ficou muito mais fácil estar em contato com as crianças!

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Gabriela Gomes
Carregar mais em Comportamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Bauruenses contam histórias emocionantes que viveram com seus avós

A convivência com os avós pode trazer muitas lembranças boas e acolhedoras, de forma que s…