A cadeia produtiva de serviços na área de saúde em Bauru ganha impulso em investimentos de porte – e novos negócios – antes mesmo da promissora consolidação do curso de Medicina com a chancela da Universidade de São Paulo (USP), considerado marco para a expansão na Cadeia Produtiva da Saúde na cidade.

A Hapvida, maior empresa no País em serviços de saúde, está desenvolvendo novos negócios em Bauru. Depois de adquirir as operações da São Francisco (antiga São Lucas), o grupo com sede no Ceará e com presença em 14 estados, está agindo para ampliar sua atuação por aqui.

Expansão

Para tanto, a Hapvida havia aberto negociação com os controladores do Hospital Beneficência Portuguesa. A proposta apurada pela reportagem foi de R$ 60 milhões para operar na unidade do Centro. Ter uma planta hospitalar de porte é essencial para os plano da Hapvida.

A atuação na sede da então empresa São Francisco (antiga São Lucas), na quadra 15 da Rua Gustavo Maciel, é acanhada para os planos da Hapvida na cidade. Apuramos que o grupo quer hospital de porte e atuação regional.

Contra-ataque

Mas a Complaince, empresa formada por médicos que atuam na Unimed Bauru, reagiu rápido e negociou com a Beneficência Portuguesa a participação também na unidade da Rio Branco. A reunião que consolidou o negócio foi realizada na quinta-feira à noite (05/12), entre diretores das unidades.

A Complaince decidiu não esperar para ver o rearranjo do mercado de saúde regional. A contratação junto ao Hospital Beneficência Portuguesa insere os médicos do grupo no atendimento de todas as bandeiras, além, claro, da própria Unimed.

Nova assistência

Mas não fica nisso. A Complaince sabe que nos mercados onde a  Hapvida entra ela gera forte competição. O negócio com a Beneficência Portuguesa vai permitir à Complaince preparar, por exemplo, nova frente de plano de saúde. O novo produto vai “bater de frente” com o produto da Hapvida.

A cartada reposiciona o negócios empresarial dos médicos bauruenses, todos eles associados da Unimed. A cooperativa médica, a saber, já atua na cidade com 750 profissionais associados e atende a 170 mil vidas, incluindo intercâmbios com cidades da região.

A Beneficência, a saber, estava sob gestão compartilhada com a Benemed em Bauru. Entra a Complaince para fazer investimentos e ter um segundo hospital privado de qualidade na Sem Limites.

 Área do Macksoud

A expansão da ação do Grupo Unimed junto à Beneficência Portuguesa abre outra frente de negócios.

A Hapvida já havia realizado sondagens para aquisição da estrutura instalada no quarteirão da conhecida área do Macksoud, cujo shopping não vingou. Há tempos, a construção parcial – com quatro pavimentos – “decora” de forma negativa a paisagem urbana bauruense.

A estrutura do shopping que não vingou – em área edificada superior a 25 mil metros quadrados em seus vários pavimentos (três deles subterrâneos) – volta à mira da Hapvida. Negociações em andamento, o fato é que o vazio do Mascksoud pode dar lugar à expansão de serviços de saúde no município. Tomara!

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Nelson Itaberá
Carregar mais em Colunistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Não Convide

O interfone tocou, súbito. Pelo horário da manhã era pouco provável que fosse minha irmã, …