Com as viagens do final de ano chegando, uma das únicas certezas é que alguma mala você terá que transportar, seja ela de colo, bordo ou tamanho família.

Portanto, na hora de escolher o item é importante refletir sobre algumas características que vão além do design, como pontua Luciana Corbetta, supervisora comercial da TripBag.

“Tem gente que quer escolher a mala pela cor, estampa… mas precisamos escolher de acordo com a necessidade de cada viagem”, aponta a supervisora da loja especializada em malas, bolsas, pastas, carteiras e acessórios para viagem.

Pensando nisso, as especialistas Luciana Corbetta e Paula Cezário, gerente comercial da TripBag, separaram cinco dicas de como escolher uma mala para viagem.

1- Tamanho

O tamanho é o primeiro passo. Ele depende do perfil da pessoa e do estilo da viagem: trabalho, férias, mudança.

Na TripBag há três tamanhos: P, M e G. Além disso, há itens que complementam a mala, como bolsas, mochilas e frasqueiras.

Outro fator importante na escolha do tamanho são as regras estabelecidas por cada destino e companhia aérea. Essas diretrizes determinam o peso máximo, dimensões da mala, entre outros fatores.

Por exemplo, aqui no Brasil, a bagagem de mão é regulamentada pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil). Esse tamanho P pode ser levado pelo passageiro na cabine da aeronave. Ele obedece à seguinte medida: 55 cm x 35 cm x 25 cm (altura, largura e profundidade) com peso máximo de 10kg.

Seguindo esse exemplo, em viagens nacionais não é possível levar uma bagagem de mão no modelo europeu dentro da cabine. Isso porque ele foge do padrão estabelecido pela ANAC, apesar de ser do tamanho P.

Malas de bordo. Em rosa, o modelo europeu e em azul, o modelo nacional regulamentado pela ANAC. 

Além das regras de mala, é importante lembrar que artigos e lembranças ocupam espaço na bagagem. Sendo assim, o ideal é analisar cada objetivo da viagem. Vai trazer presentes, comidas e lembranças? Talvez seja melhor investir em um modelo maior.

2- Material

Tecido flexível, rígido, ABS, policarbonato e polipropileno são alguns dos materiais utilizados na fabricação de malas.

Da esquerda para a direita: policarbonato, ABS e polipropileno.

As malas de tecido são mais flexíveis e indicadas para viagens de carro ou ônibus, já que ocupam menos espaço. Normalmente, elas possuem bolsos externos, perfeitos para quem precisa de partições de fácil acesso.

No caso de viagens áreas e internacionais, as malas em materiais mais resistentes, como ABS, policarbonato e polipropileno são mais adequadas. De acordo com Paula, elas são preparadas para aguentar impactos maiores. Além disso, dão mais segurança aos itens transportados despachados nos aeroportos afora.

Além do mais, independente do tipo e tamanho da mala, é preciso ficar atento ao peso dela mesmo quando vazia. “O peso é importante porque se você só pode levar 10kg, e a mala tem 3kg, te sobra só 7kg de bagagem”, explica Luciana.

3- Divisões internas e extensores

Alguns itens aumentam a versatilidade da mala, como as tiras elásticas, bolsos e divisórias, que facilitam a organização das bagagens.

O extensor também ganha notoriedade. Trata-se de um zíper extra na lateral que aumenta a capacidade de armazenamento. Em alguns casos, chega a 30% a mais de espaço dentro da mala.

4- Segurança

Malas com trava de segurança embutida são mais apropriadas porque impedem a movimentação do zíper.

Para viagens aéreas internacionais, como aos Estados Unidos, as malas mais indicadas são as com cadeado certificado pela TSA (Transport Security Administration ou Administração de Segurança de Transporte), órgão de segurança dos EUA.

A diferença desse cadeado para os demais é que ele pode ser aberto por uma chave mestra, utilizada pela polícia federal em aeroportos. Assim, caso sua mala precise ser inspecionada, não será danificada.

Trava de segurança

5- Rodinhas

Para além de analisar o material da rodinha, é necessário ver a disposição, quantidade e funcionalidade delas, como pontua Paula.

“Prefira malas com rodinhas duplas e que giram 360° ao invés de simples. Elas dão mais sustentação à mala, reduzem o esforço de carregá-la e manobrá-la”, informa.

Além disso, não é necessário inclinar a mala para o transporte. Assim, evita-se que a alça retrátil vire uma “alavanca” e fique danificada.

Independente do destino, escolher uma boa bagagem é essencial para evitar alguns transtornos pelo caminho. Por isso, contar com o suporte de especialistas neste momento também facilita na escolha.

“Uma costura diferenciada, uma composição do material diferenciada, um tratamento para expor ao sol… Tudo isso contribui para um bom produto”, finaliza Luciana.

TripBag Bauru

Desde 2016, a TripBag atua no comércio de malas, bolsas, pastas, carteiras e acessórios para viagem. A empresa bauruense tem duas lojas pela cidade, uma na Antônio Alves e outra no Bauru Shopping.

A unidade da Antônio Alves é dividida em dois ambientes: novidades e outlet.

As novas coleções ficam no lado direito da loja, com peças mais tradicionais, como as marcas Kipling, Sestini e Samsonite. Já ao lado esquerdo, o outlet é uma opção com modelos com até 75% de desconto.

Lado direito

 

Lado esquerdo

 

 

 

 

publieditorial

Serviço

TripBag
Endereço Loja 1: Rua Antônio Alves, 27-40, Vila Universitária, Bauru-SP
Endereço Loja 2: Bauru Shopping. Rua Henrique Savi, 15- 55 – Vila Nova Cidade Universitaria, Bauru – SP
Telefone e WhatsApp Loja 1: (14) 3232-4748
Telefone e WhatsApp Loja 2: (14) 3879-0704
Site: www.tripbag.com.br/
Instagram: @tripbagonline
Facebook: /tripbagbauru

Compartilhe!
Carregar mais em Comportamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Vieiras e vinho da rainha compõem o cardápio do novo Monte Serrat Bistrô

As mesas ganham toalhas brancas, a iluminação muda e os copos dão lugares às taças. É assi…