Em novembro de 1973, um grupo de professores se reuniu para inaugurar uma escola em Bauru, com o nome Preve. Juntos, os educadores desenvolveram um método de ensino, criaram um material escolar, davam aulas e até limpavam os espaços nos momentos sem aulas.

Apesar de pequena, a escola começou a apresentar resultados na formação dos alunos e na aprovação em vestibulares. Com o tempo, os mantenedores fecharam parceria com o Objetivo para consolidar a proposta.

Com quase 50 anos, o Preve Objetivo tem unidades em Bauru, Lins, Paranaíba (Mato Grosso do Sul), Pederneiras, Agudos, Jaú, Marília e Rio Preto, e celebra o crescimento pela união da experiência de meio século com a capacidade de adaptação às mudanças na sociedade.

“O colégio é antigo, mas não é velho”, resume Aline Garcia, diretora do Ensino Fundamental II, pensando na ideia de sempre tentar inovar. “Nós nunca paramos no tempo, e conseguimos enxergar as mudanças com antecedência. Métodos que hoje são obrigatórios, nós já havíamos aplicado há dez anos”.

Como exemplo, ela cita a inclusão do ensino socioemocional por meio da Escola da Inteligência, do Dr. Augusto Cury, em 2012, e da implantação da tecnologia Google for Education, em 2019.

Equilíbrio para a vida

O Preve Objetivo atua na “preparação para a vida por meio do equilíbrio, enfatiza Aline, ao explicar como a metodologia combina a sala de aula tradicional com atividades pensadas para a formação integral. “Se focar no vestibular, é maçante. Se for só lúdico, perde a seriedade. Então, é preciso equilibrar”, diz.

Por isso, fortalece o aprendizado por meio da garantia de passar toda a carga geral básica e de um corpo docente especializado. A partir do conteúdo, prepara para o vestibular por meio de provas, incluindo avaliações em cada disciplina, exame multidisciplinar e teste de conhecimentos gerais. Com isso, tiveram mais de 500 aprovações em 2021, em universidades como USP, Unesp e Unicamp em cursos como medicina, engenharias, tecnologia, licenciaturas, entre outros.

Entretanto, a proposta inclui diversificar as atividades pedagógicas, ampliando o conteúdo além da “lousa e caderno”. “As interações sociais, vivências, projetos sociais e culturais garantem uma experiência feliz. Essa é uma questão levada a sério: “alunos felizes aprendem mais e vivem melhor”. Costumo brincar que devemos tomar cuidado para que o ‘Ensino Médio’ não vire um ‘Ensino Tédio’”, explica Eduardo Peres, diretor do Ensino Médio e Pré-Vestibular.

Como exemplifica Aline, a sala de aula é misturada com atividades externas, de forma a contextualizar o assunto. “Na sala, eles aprendem sobre as plantas. Aí depois vão ao Jardim Botânico colocar a mão na massa. Saímos da escola para sentir o conteúdo na vida real”.

Individualidades dos alunos

Já para a formação integral, os diretores destacam a importância da individualidade e independência dos estudantes. Com apoio da família, a escola desenvolve a capacidade de tomar decisões. “Nós acreditamos no protagonismo do aluno”, resume Eduardo.

Os alunos do Fundamental podem, por exemplo, escolher o livro que querem ler no bimestre, contanto que justifiquem a decisão. Isso aumenta a compreensão sobre a obra e incentiva a leitura dos colegas. “Ele conta a história para a sala, e tenta convencer os outros a lerem. Nesse processo, o aluno descobre o que gosta e vai desenvolvendo a paixão pela leitura”, explica Aline.

Além disso, a escola reforça, no dia a dia, características pessoais, seja em sala ou nas atividades externas. “O professor observa tudo. Em um passeio, por exemplo, ele vê quem age como líder, quem é o mais criativo, quem é proativo e, a partir daí, faz um trabalho individualizado”, comenta Aline.

Da mesma forma, o projeto pedagógico inclui a estrutura do novo ensino médio, que direciona o estudante de acordo com a aptidão em quatro áreas, e atividades extracurriculares, como aulas esportivas (futsal, vôlei, judô), criativas (desenho, redes sociais) e científicas (astronomia).

Para estimular essas atividades, o Preve Objetivo realiza a ‘Olimpíada Esportivo-Cultural’, que envolve competições esportivas e outras tarefas. “Na última edição, teve uma equipe que fez uma campanha de conscientização sobre meio ambiente, que inclui mensagens espalhadas pela cidade, e produção e divulgação de vídeos e podcasts. Ficou ótimo”, conta Aline.

Escola de Inteligência

Para integrar essa formação, a escola oferece capacitação, atendimento e desenvolvimento pessoal aos alunos a partir de 4 anos, por meio do método Escola da Inteligência, do Dr. Augusto Cury. 

Isso inclui aulas de educação socioemocional uma vez por semana, estímulo a conversas entre os alunos, apostilas especializadas em psicologia e atividades que exigem reflexão.

Além disso, o Preve oferece duas psicólogas para os alunos, tanto para lidar com a saúde mental, quanto para orientação profissional e apoio para o vestibular. “O conhecimento é importante, mas gerenciar as emoções torna a vida mais saudável e a convivência social e familiar mais feliz”, diz Eduardo.

“Outro ponto positivo foi o aumento da estabilidade emocional dos alunos durante a época de vestibulares. Esse trabalho tem mostrado que não basta aprender os conteúdos, é preciso ter calma e confiança para aplicar os conhecimentos durante a prova”, acrescenta o diretor.

São formas de trabalhar o autoconhecimento dos alunos que, para Aline, é uma ferramenta para a vida. Nesse sentido, o diálogo com a família é fundamental. “Nós fazemos reuniões com os pais para vincular o aprendizado das crianças com o desenvolvimento pessoal”, diz. Inclusive, a escola distribui, à família, apostilas que abordam formas de lidar com as emoções das crianças e o que esperar em cada idade.

Por fim, a escola também oferece eventos para incentivar a socialização, como festas em datas especiais, campanhas de solidariedade – o que inclui a entrega das doações – e atividades para reunir a família.

Salas, laboratórios e tecnologia

Para contribuir com o aprendizado, o Preve Objetivo investe em tecnologia educacional, como o Google for Education – que facilita as aulas online e o acesso a conteúdos pela internet -, lousas digitais e a inclusão da tecnologia nas disciplinas. É uma forma dos alunos aprenderem desde cedo a interagir com as ferramentas digitais.

Ademais, a estrutura da escola conta com salas de aula, quadras, laboratórios de biologia, química e artes, salas de reforço, espaço de educação socioemocional, biblioteca e uma área ao ar livre com animais para interação com os alunos.

Com matrículas abertas para o ano letivo de 2023, a escola oferece Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II, Médio e Cursinho Pré-vestibular. Possui também o Ensino Médio Noturno, aberto apenas para adolescentes.

publieditorial

Serviço
Preve Objetivo
Endereço: Rua Cussy Jr, 4-55. Centro
Contato: (14) 4009-8800
Site: www.grupopreve.com.br
Instagram: @preveobjetivo
Facebook: /PreveObjetivo

Compartilhe!
Carregar mais em Negócios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Bauru inaugura primeira concessionária de carros elétricos BYD da região

Nesta quinta-feira (22), ocorre a inauguração da  BYD Allma, primeira concessionária BYD d…