Hoje em dia temos acesso a muitos serviços por um simples toque no celular. Além do nosso dia a dia, os aplicativos também impactaram a economia de um modo geral, criando novos trabalhos e substituindo outros.

Para o economista e professor do Rembrandt COC em Bauru, William Jacob, essa é uma nova realidade e ela precisa ser apresentada aos alunos. Para isso, ele criou o Garage Startup School, projeto que coloca adolescentes do 9º ano do ensino fundamental ao 3ª série do ensino médio em contato com as startups.

O intuito é aproximar a escola do mundo real e incentivar o empreendedorismo. “Eu quero trazer, para os alunos, essa nova economia. O Whatsapp, por exemplo, abalou um setor inteiro como a telefonia. Então eu quero trazer esse novo ecossistema das startups, onde dois ou três meninos, dentro de uma garagem, a um custo baixo, conseguem fazer frente à grandes corporações”, diz William.

O nome garage – garagem em portugês – veio pelo fato de que um negócio, como uma startup, não precisar de um local como uma grande empresa para ser desenvolvida. Dessa forma, os alunos utilizam um pequeno espaço da escola para colocar os projetos em ação.

Para Vanessa Dela Coleta, mãe do Pedro (3º ano do ensino médio), a ideia é fantástica. “No dia em que o Pedro participou da aula, ele ficou muito entusiasmado e eu fui contagiada por esse projeto. Tudo o que soma, anima e amplia os horizontes é muito válido para qualquer pessoa, mas nessa fase do meu filho, de escolhas e decisões tão importantes, o projeto veio para dar um up mesmo”, conta.

Como funciona o Garage Startup School

O projeto é coordenado pelo próprio William, além de investidor em uma startup há dois anos, ele fez cursos online e no Vale do Silício, Estados Unidos, onde estão localizadas diversas empresas de alta tecnologia.

Depois de estudar sobre o assunto, ele formatou o projeto de forma que os alunos coloquem as ideias em prática. “Eu começo a aula mostrando algo impactante, alguma inovação, depois apresento o passo a passo para montar uma startup virtual. Fazemos brainstorm e surgem coisas interessantíssimas”, explica William.

Os próximos passos ainda estão sendo formatados, mas o coordenador conta que os planos são montar uma empresa real com os alunos e levá-los para conhecer empresas e empreendedores de Bauru.

Empreendedorismo para os alunos bauruenses

A adesão dos alunos superou as expectativas e, nesse segundo bimestre, o projeto conta com a participação de 150 alunos do Rembrandt COC. Quem está participando desde o começo é o Lucas Marino Mangueira, 9º ano do ensino fundamental: “Esse projeto é totalmente inovador e muito legal, porque ele discute de maneira didática e divertida conceitos complexos da economia. Eu montei uma empresa para vender produtos pelo Mercado Livre e o cliente recebe avisos de novos produtos pelo Facebook e Instagram, que ele usa todo dia. Eu vendo produtos novos, nacionais e importados, e é isso que eu quero seguir na minha vida, empreender. Eu adoro as aulas do William, ele é didático e eu fico maravilhado com as aulas, que me ajudam a pensar no que eu quero ser e ter uma certeza”, diz.

O Garage Startup School não é exclusivo para os alunos do Rembrandt, o projeto está aberto para estudantes de outras escolas de Bauru, basta estar entre o 9º ano do ensino fundamental e o 3º ano do ensino médio.
Os encontros são realizados no período da tarde e os interessados em participar do projeto podem marcar uma entrevista no colégio pelo telefone (14) 3104-6070.

Por que investir em adolescentes?

Com as novas tecnologias surgem também alternativas às profissões tradicionais e diversas oportunidades de empreender. Por isso, é importante criar formas de mostrar isso para os estudantes que estão na fase de escolher uma carreira.

“A gente acredita que é uma forma de transformar a educação, que é completamente distante da realidade. Os alunos estudam um assunto muito aprofundado por muito tempo e deixam de aprender outras coisas. Falta aproximar a escola do mundo real e com esse projeto a gente consegue fazer isso, porque eu trago algo que foi lançado há duas semanas e um material didático não consegue fazer isso”, conta William.

publieditorial

Serviço
Colégio Rembrandt COC Bauru
R. Prof. Alberto Brandão de Rezende, 1-140
Telefone: (14) 3104-6070
Horário de atendimento: de segunda a sexta, das 07h às 19h

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Negócios
...

Verifique também

Casa Verde Interiores de Bauru lança nova vitrine com “versatilidade” como palavra-chave

Às vezes, tudo o que uma casa precisa é de um espaço versátil e confortável, pronto para q…