Segundo a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), 80% dos brasileiros se esforçam para manter uma alimentação saudável, buscando consumir produtos mais frescos e nutricionalmente ricos.

Pensando em atingir o público bauruense que busca uma alimentação saudável e ainda ajudar a população da comunidade Jardim Nicéia, a Enactus de Bauru, organização internacional sem fins lucrativos dedica-se a inspirar os alunos a melhorar o mundo através da ação empreendedora. Assim começou o projeto Saúde Embalada.

Com marmitas de saladas que o cliente pode montar a seu gosto, o pessoal do projeto contou um pouco mais sobre como funciona o Saúde Embalada!

Há quanto tempo existe o projeto?

Nós começamos a prospecção no bairro em agosto de 2017, para entender e conhecer melhor as pessoas que vivem no bairro Jardim Nicéia, após sete meses de prospecção decidimos produzir saladas com as mulheres do bairro, já que a culinária era uma paixão da maioria da mulheres dessa comunidade. Assim, o Saúde Embalada foi criado em abril desse ano.

Como o projeto funciona o Saúde Embalada?

O Saúde Embalada produz saladas de folhas frescas e saladas de frutas; nossas produções acontecem de segundas e quartas-feiras na parte da manhã! E entregamos todos os pedidos na Unesp, em dois horários, um na parte do almoço e outro na parte da noite. Todo o lucro da produção é revertido à comunidade, e separamos uma porcentagem para reinvestirmos no projeto.

Para vocês, qual o objetivo principal do projeto?

O Saúde Embalada tem como missão, facilitar o acesso a uma alimentação saudável de qualidade, conscientizar as pessoas de uma alimentação saudável enquanto empoderamos mulheres do Jardim Nicéia através do empreendedorismo social.

Em quantas pessoas é formada a equipe?

São seis estudantes da Unesp com o contato direto com o projeto, estudando maneiras de como melhorar a administração e estruturação para que o projeto funcione. Além disso, trabalhamos com três mulheres da comunidade, as quais produzem as saladas e participam de reuniões quinzenais para o desenvolvimento de ideias e planejamento do Saúde Embalada.

As saladas são feitas por mulheres do Nicéia, é isso? Como elas se sentem podendo participar de algo do tipo?

O projeto é feito por três mulheres do Jardim Nicéia, e pelas conversas que temos podemos perceber que elas se sentem mais fortalecidas, mais felizes, e independentes. Tendo o seu próprio dinheiro e podendo investir nelas e em seus filhos, o que não podiam muito antes do projeto.

Como são montadas as marmitas e como são selecionados os ingredientes?

Nós, estudantes da Unesp, fazemos as compras de todas as hortaliças, frutas e outros ingredientes no CEAGESP toda segunda-feira cedinho, entregamos todos os ingredientes para as mulheres, e é assim que começa a produção. Todos os ingredientes são pesados, para garantir a padronização das nossas saladas. Para as saladas de frutas, acontece o mesmo processo, todas as frutas são cortadas e depois misturadas, e todas são pesadas também.

Qual o público-alvo do projeto?

Por enquanto, o nosso público alvo são os estudantes da Unesp, mas estamos estudando e estruturando um sistema de entregas, para que a gente consiga atingir Bauru inteira.

Como é feita a divulgação e como as pessoas podem adquirir?

A divulgação é feita através das nossas redes socias, Instagram e Facebook, e agora temos WhatsApp. Além disso, participamos de eventos na Unesp com o intuito de fazer todos os estudantes conhecerem o projeto.
Para comprar as saladas, basta fazer o seu pedido nas nossas redes sociais, e retirar na Unesp, de segunda ou quarta feira, das 11h40 às 12h10 ou das 18h30 às 19h.

Hoje, para vocês, porque é importante ter consciência de uma alimentação saudável?

Ter uma alimentação saudável é essencial, pois proporciona um equilíbrio em nosso corpo, o que aumenta o nosso nível de defesa e proteção contra doenças e possíveis inflamações. Além de proporcionar um bom funcionamento do intestino, aumentar a disposição e melhorar o humor.

Compartilhe!
Carregar mais em Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Vieiras e vinho da rainha compõem o cardápio do novo Monte Serrat Bistrô

As mesas ganham toalhas brancas, a iluminação muda e os copos dão lugares às taças. É assi…