Até janeiro, a Criar já acertou 29 temas de redação. Além disso, 148 alunos da rede tirou acima de 900 pontos na redação e mais de 120 tiraram entre 800 e 900 pontos.

No geral, 76% das redações nota máxima, segundo dados do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), foram redigidas por mulheres. Na Criar, homens e mulheres praticamente empatam, sendo 51% mulheres.

Além disso, juntando as aprovações do ENEM e da FUVEST, a Criar tem 437 alunos que começarão 2019 em uma universidade pública. Sem contar as aprovações em medicina, no total 412 alunos da rede passaram na prova.

Mas qual o segredo do sucesso?

Todos nós sabemos que a redação tem grande importância para a nota dos alunos no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). Agora, os vestibulares estão, cada vez mais, imitando o exame aplicado em todo Brasil, tanto na redação quando na prova de linguagens e códigos.

Além disso, boa parte das universidades particulares passou a seguir a cartilha do ENEM, exigindo que o aluno apresente uma proposta de intervenção social. Esse é um dos motivos pelo qual apenas 55 estudantes tiraram nota máxima na redação.

Por isso, estar atualizado é fundamental para redigir um bom texto, assim é possível sugerir uma saída para o problema proposto. Mas o que fazer para ir bem na redação? O professor de redação e coordenador da Rede Criar Bauru, Paulo Cintra, contou algumas dicas, confira!

1- Substitua palavras

É impossível solucionar um problema que, muitas vezes, não tem solução em apenas 30 linhas. Por isso, se quiser ir bem, deve trocar a palavra “solucionar”pela palavra “sugerir” mudanças para “minimizar” o problema.

2- Seja específico

Além da proposta de intervenção social, é necessário explicitar claramente quem as fará, como fará, o que fará e porque fará, detalhadamente. Generalizações são perigosíssimas, como os políticos, o governo e a sociedade.
Especificar é a saída: Quais políticos? Qual setor do governo? Qual segmento social?

3- Agarra o tema e não solta

Os critérios que mais eliminam alunos em qualquer exame são a fuga ao tema (total ou parcial), incoerências e falta de coesão textual.

Como resolver isso? Leitura direcionada pelo professor, redigir uma redação, analisar os erros, fazer outra redação, redigir outra, assim por diante.

Não adianta ficar com calos nos dedos de tanto escrever, se você não sabe o que erra, se não tem um projeto de texto definido, ou seja, se não apresenta argumentos essenciais para defender o ponto de vista.

A Criar te ajuda!

Agora Bauru conta com uma escola especializada em redação! A Criar Redação foi inaugurada em dezembro na cidade e é a maior rede de escolas de Língua Portuguesa do país.

A escola desenvolveu uma metodologia que contempla as especificidades de cada vestibular. Uma boa redação na Fuvest não seria, necessariamente, boa na Unesp. Isso, porque as bancas examinadoras usam critérios diferentes para a correção dos textos.

Sendo assim, cada apostila é voltada para uma prova em especial. Além disso, os professores da Criar analisam individualmente as dificuldades dos alunos e os orientam para que leiam o que realmente é fundamental e escrevam de forma organizada.

publieditorial

Serviço

Criar Redação Bauru
Local: Rua Capitão Gomes Duarte, 10-60, Jardim Estoril
Horário de funcionamento: de segunda a sexta das 14h às 19h
Contato: (14) 3202-7310 ou (16) 98233-1130
Facebook: www.facebook.com/criarbauru
Instagram: @criarredacaobauru
Mais informações: www.criarvestibulares.com.br


Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Boulevard Shopping Bauru anuncia 9 estabelecimentos novos

O Boulevard Shopping Bauru anuncia novidades que chegarão em breve ao centro de compras. A…