Bauru ganhou reconhecimento internacional com o bauruense Dr. Fabio Ynoe de Moraes, médico radio-oncologista. Ele foi premiado como um dos 12 jovens especialistas promissores na oncologia torácica pela Internacional Association for the Study of Lung Cancer (IASLC).

Fabio recebeu o prêmio devido ao seu histórico acadêmico com o câncer de pulmão. Atualmente, ele é médico no Kingston General Hospital e professor no Departamento de Oncologia Clínica da Queen’s University, Canadá.

O Social Bauru conversou um pouco com o médico, que contou sobre sua carreira e sobre a premiação.

Há quanto tempo você atua como médico?

Dr. Fabio: Me formei em medicina em 2010, atuo como especialista em radio-oncologia há quatro anos e como subespecialista em neuro-oncologia e oncologia pulmonar há dois.

Por que você escolheu essa profissão?

Dr. Fabio: Para mim, a escolha foi relativamente fácil. Tive influência do meu pai e do meu irmão, que são médicos e, inclusive, da minha mãe que é designer de interiores.

Meu pai foi uma verdadeira fonte de inspiração, porque desde pequeno eu notava a dedicação, o empenho e a vocação que ele tem em ser médico. Além disso, via o quanto ele é realizado e feliz por poder atuar na medicina.

Já meu irmão me incitou um lado mais curioso de pesquisador. Dessa forma, eu logo percebi que a medicina me daria a oportunidade de trabalhar com vocações que vivenciei e aprendi desde a infância.

Por outro lado, o cotidiano da minha mãe despertou em mim a parte imaginativa, de planejamento e execução que acredito serem características muito importantes para ser médico.

Mas, de fato, o que motivou meu interesse na medicina foi a oportunidade de trabalhar ajudando pessoas a terem uma vida produtiva, plena e saudável. Somado a isso, o grande potencial para pesquisas e novas descobertas que a medicina nos possibilita.

Como foi a sensação de ganhar um prêmio pelo seu trabalho?

Dr. Fabio: Foi uma sensação indescritível, uma felicidade imensa. Ser reconhecido como uma estrela em ascensão em oncologia pulmonar pela IASLC (International Association for the Study of Lung Cancer) é algo muito importante, ainda mais sendo o único representante do Brasil neste grupo.

Poder ver que todo meu esforço, dedicação e estudo foram reconhecidos é algo que realmente nos dá certeza que escolhemos o caminho certo. Isso nos mostra que não há limites para o que podemos alcançar e que podemos sim fazer da nossa vida algo muito recompensador.

Para você, qual a importância dos estudos de oncologia para a população brasileira e mundial?

Dr. Fabio: Os novos estudos em oncologia têm uma enorme importância a nível nacional e internacional.

Como parte de um esforço global, novas modalidades de diagnóstico e tratamento  como painéis moleculares, imunoterapia, terapia alvo e radioterapia paliativa têm mudado o prognóstico, o tratamento e a possibilidade de cura do câncer.

Somado a isso, o desenvolvimento da oncologia molecular (inclusive a nível de DNA e RNA) está nos permitindo entender melhor os cânceres e como cada indivíduo deve ser investigado e tratado de uma maneira única.

A importância de estudos em oncologia deve ser ainda mais enfatizada no cenário nacional. Existe ainda uma grande necessidade de informações e desenvolvimento de estudos locais para, assim, podermos oferecer um tratamento mais personalizado à população brasileira.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Gabriela Gomes
Carregar mais em Saúde e Esportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Descubra benefícios da natação e conheça instituição que leva esse esporte aos jovens bauruenses!

Todo mundo conhece a natação, né? Mas vocês conhecem os benefícios que ela proporciona? Se…