Descobrimos pra você: a terceira joia guardada na Zona Sul!

. Três empreendimentos de porte vão acelerar os negócios em área nobre em Bauru
. Já revelamos as 7 torres com projeto aprovado na área da Luso e a gleba para uso misto, com apartamentos e comércio (supermercado e posto de gasolina), na frente do Villaggio I
. Mas se você quer investimento de alto padrão ou aposta na alavanca regional em comércio, serviços, entretenimento e grandes magazines não deixe de ler sobre o que vamos contar:

Olá! Estamos literalmente “correndo atrás” de informações sobre NOVOS NEGÓCIOS pra te oferecer a opção de atualização sobre empregos, renda, investimentos, habitação e novas opções comerciais e de serviços em Bauru.

Na semana passada contamos, em primeira mão, que a área de dois quarteirões – parada há anos – onde funcionou a antiga sede da Associação Luso Brasileira, perto do Supermercado Confiança e da Av. Getúlio Vargas, vai receber instalação de 7 torres de apartamentos.

O Grupo Zopone desatou o nó em “estoque de projetos estratégicos em habitação”. Também revelamos que o mesmo grupo adquiriu a cobiçada gleba de 66 mil metros quadrados, em frente ao Condomínio Villaggio I, na Av. Affonso José Aiello.

Este segundo projeto virá depois das torres na área da Luso. Ao garantir esta gleba, os empreendedores firmaram compromissos com parceiros. Um deles quer instalar um Posto de Combustível junto ao projeto. Uma outra “fatia” dessa gleba, em localização privilegiada, deve receber uma nova unidade do Confiança.

A TERCEIRA JOIA

Quando dissemos, na outra coluna, que os executivos do Zopone “não brincam em serviço”, não era só firula de texto. O grupo demonstra, em forma de aquisições, que vai encarar negócios de porte em um segmento novo. Forte, consolidado em grandes projetos de outra natureza (veja na internet a Z Sites), o Zopone põe sua marca à prova na área de habitação de alto padrão.

Vamos contar logo pra eliminar sua ansiedade de leitura:

O Zopone comprou 36 hectares da gleba (i) onde está instalado o Condomínio Alphaville. O negócio de R$ 30 milhões confirma a terceira – e principal estratégia – de empreendimentos na Zona Sul.

É claro que investimentos desse porte levam em conta o ciclo de negócios concorrentes no setor, a retomada da economia no País e a queda dos juros – onde projetos que estavam há anos na gaveta pelo risco e boa remuneração em bolsa e aplicações.

Veja no vídeo abaixo a região onde está sendo planejado este projeto:

Um Shopping modelo Catarina?

Veja se faz sentido pra você, ainda que como consumidor, como nós:

– A reserva estratégica completa o ciclo de três investimentos, todos na Zona Sul da cidade. São estoques estratégicos de negócios. Certo!
– As 7 torres na área da antiga sede da Luso, como adiantamos, já está em aprovação na Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan). Comprovado!
– O investimento de R$ 25 milhões (sem contar os parceiros) na gleba de 66 mil metros quadrados na frente do Villaggio I é a segunda etapa. A tendência é ela vir na sequência. Ouvimos de fontes seguras que o projeto reserva um Supermercado e Posto de Combustível para este empreendimento. Está em andamento!
– A “sacada” do grupo Zopone é ter gleba estratégica disponível para associar o consumo e moradia na faixa de alto padrão – concentrado nessa região – com a vinda, quiçá, de um empreendimento tipo outlet.

Você conhece o Shopping Catarina, nesse modelo, no quilômetro 60 da rodovia Castelo Branco? São lojas de marcas internacionais que não estão por aqui.

Dá uma olhada! O negócio pode mudar? Pode!

O Shopping cravado na Zona Sul está nos planos? Sim!

Ele virá? Tomara!

Mas agora você já sabe, desde já, sobre três novos negócios que vão “bombar” na Zona Sul.

Até a próxima!

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Nelson Itaberá
Carregar mais em Colunistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Coluna Isabela Gaspar: Na crise, tire o “se” e use a “atividade”

Nesta última semana fomos bombardeados de notícias por todos os lados. É, o surto do coron…