Escolher o local onde iremos nos preparar para uma prova mega concorrida, como é o vestibular, é uma tarefa e tanto, não? Até porque, será neste espaço que você passará grande parte do ano, seja estudando e participando dos plantões, ou nos finais de semana, em simulados que te deixarão preparados para o dia D!

Pude conhecer um pouquinho sobre como funciona o Preve Objetivo e me surpreender com o tanto de história e detalhes por trás da instituição que consagra-se como um dos melhores colégios e cursinhos da cidade. Ficou curioso também? Confira a conversa que tive com um dos fundadores e todos os coordenadores da escola e do pré-vestibular.

Novidades para o Pré-vestibular

Há mais de 45 anos na cidade, a instituição surgiu, inicialmente, oferecendo apenas o pré-vestibular. Por isso, o nome Pre-Ve. A empreitada veio dos professores Gerson Trevisani (Duda) e José Luiz Garcia Perez, que notaram a ausência de um espaço que preparasse, de fato, os alunos para prestarem vestibulares altamente concorridos em todo o país.

Agora, tanto tempo depois de seu debute na cidade, o Preve terá uma novidade. Apesar de nos últimos anos ter trabalhado com salas divididas, uma para alunos que prestavam para as áreas de biológicas e outra para cursos da área de exatas, este ano a coordenação optou encerrar essa divisão.

“Temos notado que o vestibular está ficando muito unificado, então optamos por capacitar nossos alunos para serem aprovados em todos os lugares. Então, fazemos uma preparação da melhor forma que podemos e, no dia do vestibular, o nosso aluno pode escolher o que ele quiser”, explica Zé.

Assim, atualmente o cursinho divide-se em aulas diurnas/integrais e noturnas. A diurna pode ser considerada como integral, já que devido às 44 aulas, não se concentra apenas no período da manhã e conta com atividades no período da tarde também. Além disso, essas aulas também são abertas aos alunos do colegial interessados em frequentá-las buscando o preparo.

Enquanto isso, o cursinho da noite já tem uma proposta um pouco diferente. Isso, porque ele contempla, principalmente, alunos que vêm do trabalho, e por isso, tem aulas das 18h50 às 22h. “É um curso mais objetivo e reduzido, embora apresente eficácia. Vai depender muito da participação do aluno”, explica Zé.

Além das duas opções de período, o Preve ainda conta com cursos especiais para o ENEM, onde a escola oferece, dependendo do interesse do aluno, aulas uma ou duas vezes por semana.

Ademais, ainda possuem inúmeros simulados – alguns, inclusive, abertos à comunidade – durante o ano para que os alunos se preparem para o “Dia D”. Os simulados são tanto para provas direcionadas de vestibulares específicos, como FUVEST, UNESP ou UNICAMP, quanto referentes ao material do Objetivo.

O mais legal é que, neste último caso, todas as escolas e cursinhos que fazem parte do grupo Objetivo também realizam o simulado. Assim, é feito um ranqueamento de todos alunos participantes, o que dá uma noção mais próxima do real de quanto o aluno ainda precisa se empenhar para garantir a tão sonhada vaga.

Ainda, os alunos também podem frequentar plantões de dúvidas nos horários que complementam sua carga horária, caso surjam algumas questões durante a resolução de exercícios.

Preparando o psicológico

A gente se prepara a vida toda para chegar no vestibular e muitas vezes não consegue aquela vaga tão sonhada de cara. Aconteceu comigo, com muitos amigos e com muito mais gente que imaginamos.

Porém, como lidar com a frustração? O Preve trabalha há alguns anos, desde a pré-escola até o Ensino Médio, com um projeto do Augusto Cury, chamado Educação Socioemocional, também conhecido como escola da inteligência.

Nele, são desenvolvidas aulas onde são trabalhadas desde questões comportamentais do aluno até a relação com a escola e com a família. As aulas da escola socioemocional vão até o Ensino Médio, porém, o atendimento com a psicóloga é aberto também para os alunos do cursinho!

Profissionais que entendem os alunos

Quem não tem aquele professor que marcou a sua vida e fez você entender até matemática ou física, ainda que a contragosto? Essa é exatamente a importância de um corpo docente qualificado, experiente e, principalmente, empático com os alunos!

Neste caso, como ex-aluna de colégio e cursinho, notei uma grande diferença ao conversar com os coordenadores. Especialmente, porque todos eles não atuam apenas nessa função e também estão inserido nas salas, dando aulas e estabelecendo vínculos com os alunos.

Além disso, é muito interessante que muitos deles também já foram alunos do Preve e tiveram aulas com alguns de seus atuais colegas de trabalho. Esse é o caso de Fernando e Robinson, coordenadores dos cursos de Geografia e Química, respectivamente.

Ainda, é importante ressaltar que o coordenador com “menos tempo de casa” já atua na instituição há 15 anos. Com isso, a grande maioria deles passa grande parte de seu tempo inserido na rotina das aulas, gestão e coordenação da escola, o que gera, consequentemente a criação de laços entre o próprio corpo docente.

“Além de tudo, aqui torna-se uma casa para gente. E a parte de coordenação é um diferencial do grupo, porque todos estão em sala de aula vivenciando as dificuldades, os problemas, as angústias dos alunos e debatendo e conversando, sempre trazendo isso pra direção geral da escola”, comenta o coordenador de exatas, Motta.

Trazendo um ensino de qualidade

Você pode até já ter se deparado com o enorme prédio da escola que fica na Cussy Junior, lá no Centro da cidade, ou reparado em sua segunda unidade lá no Estoril. Porém, você sabia que o Preve está em Bauru desde 1973?

“Bauru era uma cidade carente em termos de vestibular. Para ser aprovado num curso bom, em uma faculdade pública, o aluno era obrigado a sair daqui”, conta José Luiz, o “Zé”.

Dessa forma, visando preencher essa lacuna com um ensino de qualidade, a dupla reuniu uma equipe para colocar a mão na massa. E Zé relembra que, já em seu primeiro ano de atuação, tiveram resultados muito compensadores, aprovando alunos em grandes cursos, como Medicina Pinheiros e Medicina Botucatu. Além de grandes universidades, como Unicamp e ITA.

De forma natural, e consagrando o sucesso da equipe, a instituição cresceu, abrindo turmas desde a Pré-escola até o Ensino Médio. Isso, sem deixar de lado, claro, o pré-vestibular.

Após 47 anos, e duas unidades em Bauru, também já expandiram a instituição para cidades da região, como Jaú, Pederneiras, Agudos, Lins, Marília, São José do Rio Preto e até Paranaíba, no Mato Grosso do Sul. No entanto, sempre focando no objetivo principal: oferecer um ensino completo e de alto nível.

Ainda, a preocupação com a qualidade de ensino e também com a satisfação – tanto de alunos, como de professores – parece ter sido a receita certa no Preve. Com aprovações em inúmero cursos e universidades, além de profissionais, eles formam, principalmente pessoas.

“A gente se orgulha de ter um dos melhores corpos docentes da cidade, de ter uma coordenação que é preocupada sempre com os problemas dos professores, preocupados com a evolução da matéria, com o cumprimento da matéria, com a qualidade que a matéria está sendo desenvolvida. Os coordenadores são professores também, vivem o problema também, e junto com seus colegas nos ajudam a colocar e imprimir uma melhor qualidade do ensino, desde a pré-escola até o pré-vestibular”, finaliza Zé.

Parceria de sucesso

E, com todo esse sucesso, os resultados positivos do empenho da equipe do Preve repercutiu para além do Centro-Oeste paulista. Apenas cinco anos após a sua fundação, a instituição chamou a atenção de ninguém menos que João Carlos Di Gênio, o fundador do colégio e curso Objetivo.

“O Di Genio fez uma visita em Bauru e nos convidou para ter uma conversa e conhecer o Objetivo de São Paulo. Então, acabamos sendo o primeiro colégio parceiro no plano de expansão de seu projeto pedagógico para todo o Brasil. Depois disso, vieram outras escolas, mas fomos a número 1 e, com muito carinho, preservamos isso até hoje”, explica Zé.

A partir dessa parceria, o Preve incorporou o nome Objetivo e também passou a utilizar todo o material da rede. Ele, inclusive, consagra-se como um dos melhores materiais pedagógicos do país.

Além disso, especialmente para o colegial e para o pré-vestibular, o material traz muitos benefícios, já que é extremamente atualizado, estando sempre de acordo com a demanda dos maiores vestibulares do país!

Ficou interessado? O Preve está com inscrições abertas para alunos interessados em prepararem-se para o vestibular nesse ano de 2020! Para saber mais é só entrar em contato pelo telefone (14) 4009-8830.

publieditorial

Serviço
Preve Objetivo
Local: R. Cussy Júnior, 4-55 – Centro/R. Treze de Maio, 22-55 – Jardim Estoril IV,
Telefone:(14) 4009-8830
Site: grupopreve.com.br/
Facebook: www.facebook.com/PreveObjetivo
Instagram: @preveobjetivo

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

De cara nova, aplicativo PedFarma conta com entrega grátis e cupons de desconto para toda Bauru

Os serviços digitais e online têm se mostrado de grande ajuda em tempos de pandemia do cor…