Você com certeza abriu seu Instagram hoje e viu algum amigo, profissional ou até marcas utilizando o Reels para “falar” alguma coisa, dar uma dica, etc. Tô certa, né?

Popularizado desde que deixou de ser o “Cenas”, o Reels do Instagram tem elementos que se assemelham ao TikTok e sua principal função é passar uma mensagem de forma rápida (falando de uso para promoção de marca/serviço), até porque nós não paramos mesmo por muito tempo vendo algo. Seu formato varia de vídeos com 15’ ou 30’ e é viciante kkkk.

Mas, Isa, como uso isso para a minha marca?

Primeiro você precisa testar se esse formato vai mesmo agradar seu público para, assim, incluir em suas pautas de conteúdos. Depois vem uma série de buscas por referências e conteúdos virais para se inspirar e aproveitar ao máximo esta ferramenta.

O Reels é bem intuitivo, por isso não é preciso “suar” pra poder entender como funciona uma edição. O ideal é planejar o que você vai falar ou fazer dentro do tempo estipulado.

Algumas dicas que lhe ajudarão:

  • Defina o que você vai falar;
  • Busque músicas ou áudios que se encaixem neste assunto. Caso não encontre, você pode com certeza fazer com seu próprio áudio;
  • Evite colocar caixas muito grandes de textos. As dicas também precisam ser curtas;
  • Edite seu vídeo direto no Instagram. Vídeos prontos do TikTok já não são mais bem-vindos ☹ ;
  • Faça uma capa para seu vídeo, evitando que ele pegue um ângulo seu não muito bom kkkk;
  • E o mais importante: use e a abuse da criatividade.

Por enquanto, o Reels permite que consigamos ver a quantidade de curtidas e visualizações, mas alguns estudiosos da área já apostam em monetização. Eu tô torcendo, porque adooooro esse recurso.

E você, já testou pra sua marca?

Confira mais textos da colunista: www.socialbauru.com.br/author/isabelagaspar.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Isabela Gaspar
  • Vida e viagem seguem as mesmas regras

    Há mais de um ano podemos dizer que vivemos “um novo normal”. O distanciamento…
  • Em nome da pedra

    Navegar foi preciso para o meu aprendizado conquistar porto seguro. No histórico Ciclo das…
  • A Cesar o que é de Cesar

    O ano de 2021 é particularmente especial para Bauru, apesar da pandemia. Mas, como devemos…
Carregar mais em Colunistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Vida e viagem seguem as mesmas regras

Há mais de um ano podemos dizer que vivemos “um novo normal”. O distanciamento…