Você com certeza já viu na internet algum tema inusitado de mêsversário, festa mensal de comemoração dos primeiros meses do bebê. Para falar a verdade, algumas pessoas consideram o próprio mêsversário algo completamente novo e diferente.

Há quem diga que é desnecessário, mas para os papais e mamães modernos é uma oportunidade de deixar a criatividade fluir. No último mês de junho, a influenciadora Isabela Matte ganhou as redes sociais quando vestiu a filha Maya, de dois meses, com o tema “grávida de Taubaté”.

Aqui em Bauru, a moda também pegou. Além da decoração, do bolo confeitado e dos balões, as roupas estilizadas não podem faltar. Super-heróis, princesas e personagens de desenhos animados são apenas alguns exemplos que fazem sucesso nas festinhas de mêsversário dos pequenos.

Os mêsversários já são tão comuns, que alguns pais já idealizam todos os temas para os 12 primeiros meses dos filhos de uma vez. “Eles escolhem o ano inteiro do bebê. Então vêm aqui e nós montamos os looks”, explica Roberta Haretuza Virando, proprietária da Hare Moda Bebê.

Mudança de projetos

Formada em administração de empresas, a bauruense entrou para o ramo de vestuário assim que seu filho, Matheus, nasceu. Após o período de licença-maternidade, ela optou por parar de trabalhar em sua área de formação para ficar mais próxima da família.

Para ajudar na renda familiar – já que não estava trabalhando –, Roberta começou a vender roupas femininas que buscava em São Paulo. Nas viagens, acabava sempre trazendo algo para o filho.

Com a pandemia, ela começou a perceber que muitas amigas e conhecidas engravidaram. Aí se deu conta de que esse seria um nicho que poderia dar muito certo. Então Roberta mudou de segmento e passou a vender roupas para bebês.

Ainda que as opções de vestuário infantil sejam muito vastas, ela decidiu se ater apenas ao nicho de zero a 12 meses.

A bauruense começou vendendo as roupinhas na edícula da sua casa, na Vila Falcão. Suas clientes passaram a pedir bodies para mêsversário – foi quando ela compreendeu o que daria mais certo no negócio. Porém, por ter um espaço limitado, não tinha muitas coisas a pronta entrega.

De casa à loja física

As encomendas começaram a aumentar, e ela viu que estava na hora de se mudar para um lugar mais amplo. Roberta procurou fornecedores e o resultado foi muito positivo. Hoje, a Hare Moda Bebê conta com mais de 400 estampas a pronta entrega de diversos temas.

Além das roupas, as opções são tantas que é possível montar um enxoval completo com os produtos da loja. “A gente só não trabalha com fraldas. Todo o resto – mamadeira, chupeta, saída de maternidade, calças, meias, brinquedinhos – você encontra aqui”, pontua a empresária.

Os papais e mamães podem encontrar até mesmo opções para revelar a gravidez para a família, como é o caso das almofadas com mensagens como “adivinha quem vai ser papai?”.

Roberta explica que, ainda que atenda apenas a um nicho restrito, o volume de pedidos é grande. “Querendo ou não, você compra uma roupa hoje e daqui duas semanas já não serve mais. Os bebês crescem muito rápido”, completa.

Infelizmente, a bauruense perdeu o pai em abril deste ano. Mas ela acredita que ele continua acompanhando seu sucesso de onde está. “Esse foi um projeto que ele sonhou junto, conta.

Lugar tradicional

Apesar de morar na Vila Falcão e tudo ter começado por lá, hoje a loja está localizada no Bela Vista. A escolha pelo bairro aconteceu porque ela buscava um ponto tradicional de Bauru, além de querer vender suas peças por um preço justo. “Quanto mais caro o aluguel, mais você precisa puxar o preço. Eu não queria isso”, explica.

Afinal, como se pronuncia?

Roberta conta que o nome da loja causa confusão para algumas pessoas. A pronúncia correta de Hare é “Arê”, já que o nome deriva do seu segundo nome, Haretuza. Sua funcionária e braço direito, Graziele Tavares de Souza, lembra que no começo também não sabia falar o nome correto. “Antes, eu falava errado nos nossos vídeos”, brinca.

Futebol: amor de gerações

Roberta comenta que um dos temas mais procurados pelos pais são os times de futebol. “Às vezes dá briga porque o pai é corintiano e a mãe é são paulina [risos]. Mas é o que nós vendemos quase todos os dias”, explica.

As peças da loja vêm de locais como São Paulo, Vitória e Goiânia. A própria Roberta escolhe as opções, mas ela conta que às vezes recebe pedidos inusitados de alguns pais. “Quando a gente não tem, entramos em contato com o fornecedor pra ver se ele consegue para nós”, explica.

Para todos os gostos

Ainda que os bodies temáticos de mêsversário façam muito sucesso, a loja também oferece opções de roupas de cores neutras e sem estampa, para os papais e mamães que optem por esses modelos.

A Hare Moda Bebê faz o atendimento presencial e também online, via Facebook, Instagram e WhatsApp. “Nós alimentamos nosso Facebook a todo instante, todos os dias tem mais de 50 fotos novas por lá”, diz Roberta.

publieditorial

Serviço
Hare Moda Bebê
Endereço: Rua Francisco Alves, 8-71 – Bela Vista
Horário de atendimento: De segunda a sexta, das 10h às 19h, sábados das 9h às 18h
Contato: (14) 99826-8790
Facebook: Hare Moda Bebê
Instagram: @haremodabebe

Compartilhe!
Carregar mais em Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Enfermeira assume missão de dar continuidade à loja feminina de Bauru fundada em 2009

Imagine só entrar em uma loja e sair de lá com um look completo? Este é o objetivo da Meni…