O esporte é para todos, inclusive para os idosos! Quem confirma isso é o grupo Associação Terceira Idade de Bauru (Atiba), que leva o esporte à terceira idade bauruense.

Oficialmente, o grupo Atiba existe há quatro anos, mas os integrantes estão juntos há mais de dez. Por meio do vôlei a associação oferece melhor qualidade de vida aos idosos bauruenses.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de idosos representa 13% da população brasileira e esse número tende a crescer. De acordo com a Projeção da População, pesquisa divulgada também pelo IBGE em 2018, o percentual de pessoas com 60 anos ou mais irá dobrar nas próximas décadas.

Portanto, o incentivo ao esporte à terceira idade é essencial para que a estimativa de vida dessas pessoas aumente. Dessa forma, a Atiba oferece o voleibol como esporte principal a homens e mulheres que formam dois times diferentes.

Conhecendo melhor a Atiba

A necessidade de dar uma identidade à Atiba foi crescendo e os diretores começaram a buscar formas para melhorar o projeto. César Bueno é vice-coordenador e um dos idealizadores do grupo e explica que foi essencial criar uma identidade para a instituição.

Foram surgindo necessidades de difundir esse projeto para a terceira idade e oferecer melhor qualidade no esporte para os idosos”, comenta César.

O propósito dessa instituição é oferecer o esporte e socialização. Assim, muitos idosos se sentem sozinhos quando se deparam com a idade. Os filhos crescem, a casa fica vazia e isso pode acarretar doenças psicológicas como a depressão. Então, a Atiba convida essas pessoas a participarem dos encontros e fazer esse momento ser único.

“Com esse projeto, queremos mostrar que a terceira idade não é o fim do mundo. E que existe vida – e vida ativa – na terceira idade e se quiser pode fazer muitas coisas”, comenta César.

Vamos mexer o esqueleto!

Atualmente o grupo é composto por 60 sócios e, para participar, é preciso ter mais de 50 anos e se associar ao Sesi e à Atiba. A associação pede a colaboração de R$15,00 aos associados, para ajudar nas despesas dos treinos e competições.

Baseado nisso, o grupo está em busca de patrocinadores e apoiadores para ajudar o projeto a crescer e se destacar. Além dos treinos, o grupo participa de campeonatos que envolvem equipes de outras cidades.

“Montamos um campeonato em Bauru que chama inter-praia, que são times do interior e da praia. Então, os trazemos aqui para jogar e em novembro vamos para lá, na Praia Grande”, explica.

Se você se interessou, já pode fazer parte desse time! É só chegar aos treinos que acontecem no Sesi de Bauru e se enturmar.

“Esse é o nosso remédio! O tempo deixa você idoso, agora velho só depende de você!”, finaliza César.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Vivian Messias
Carregar mais em Saúde e Esportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Do diagnóstico ao tratamento: Tudo o que os bauruenses precisam saber sobre Alzheimer

Se você tem algum histórico de Alzheimer na família, mas não entende muito sobre o assunto…