Toda prática esportiva tem seus benefícios e desvantagens. Cada uma funciona melhor para necessidade e gosto das pessoas. Mas, se você curte uma piscina e busca por um esporte, a hidroginástica será sua nova melhor amiga.

Primeiramente, tire aquela ideia da cabeça de que só sua tia é quem faz hidroginástica. A atividade é indicada para todas as idades: jovens, adultos, idosos, pessoas que nunca praticaram atividades físicas, gestantes, e em alguns casos, até crianças.

Então, agora você deve estar pensando “não sei nadar, não tem como fazer hidro”. Calma lá, amigo! A hidroginástica é praticada em piscinas com níveis de água abaixo dos ombros. Os exercícios são feitos com os pés no fundo da piscina, sem riscos de afogamento.

Até agora, tudo certo. O melhor da hidroginástica é o fato de ser um dos exercícios com menor índice de lesões.

Relaxe na água

Além de relaxar os músculos e trazer uma sensação de bem-estar, a hidroginástica também traz outros benefícios para a saúde.

Segundo a professora da academia Saúde e Cia, Marcela Zaratini, “os benefícios da hidroginástica são muitos, mas podemos destacar os principais: reduz o impacto articular,  melhora o condicionamento muscular e a resistência cardiorrespiratória. Além de trabalhar a flexibilidade, melhorar a saúde mental, aliviar o estresse, auxiliar na perda de peso e aumentar a interatividade social dos praticantes”.

Mas se para você parece que fazer uma musculação na academia é mais eficiente que a hidroginástica, repense essa ideia.

A mesma força realizada em atividades fora da água podem ser aplicadas dentro d’água. Muito mais resistente que o ar, quanto mais força é feita na água, maior o esforço muscular e a intensidade, além do gasto calórico.

Outro fator importante  é que a água esfria o corpo mais rápido do que o ar e os praticantes não sofrem com a sensação desagradável de calor quando fazem os exercícios.

Bom para quem faz

Marly Fernandes é bauruense e pratica hidroginástica com frequência. Mesmo após um período sem fazer as aulas, ela voltou a se exercitar e só vê melhoras.

“As mudanças no organismo são bem claras. O exercício ajuda a gente a perder peso, melhorar a flexibilidade, a disposição, dá mais ânimo, além do contato com a água ser mais prazeroso”, ela comenta.

A escolha pela hidroginástica se deu, porque Marly buscava por algum exercício que não causasse tantos impactos, pois já teve hérnia de disco.

No final, ela encontrou tudo o que buscava na hidroginástica e mais um bônus: boas amizades feitas durante as aulas.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Gabriela Gomes
Carregar mais em Saúde e Esportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Crianças precisam ir ao dentista? Saiba quando os pequenos bauruenses devem fazer a primeira visita

Você deve estar pensando que a melhor idade para levar seu filho ao dentista é apenas quan…