A Vila Salt é um daqueles lugares que você pode aproveitar a qualquer hora do dia, seja para tomar um café, almoçar ou fazer o happy hour. A diferença do espaço está nos detalhes. Os amigos e sócios, Caio Benjamin e Gabriel Prudente, buscaram a excelência em cada frente da “vila gastronômica”: mercado, padaria e restaurante.

Sim, a Vila Salt reúne tudo isso e mais um pouco. A ideia é proporcionar uma experiência já difundida na capital; a de suprir diversas necessidades em um mesmo lugar.

“Sempre compartilhamos dessa necessidade que Bauru tinha de ter uma padaria que trouxesse a energia de ‘padoca’. Mas queríamos um lugar que fosse além e tivesse uma pegada de bar e restaurante com pratos elaborados, pratos do dia a dia, porções, saladas, burgers, pizzas, chopp, café da manhã, doceira, cafeteria e muito mais, enumera Caio.

Por isso, o local conta com produtos que vão do hortifruti à adega, todos escolhidos a dedo: O café precisa ser o melhor café, os doces precisam ter os melhores ingredientes e assim por diante”, aponta. Na padaria, o café servido é o Orfeu, exclusividade da Vila Salt em Bauru. No restaurante, os pratos foram desenvolvidos por chefs da cidade. Na mercearia, há uma variedade de produtos para o dia a dia e também para ocasiões especiais.

E todos estes serviços ganham um toque especial pela ambientação. O espaço integra as três frentes da vila gastronômica. O balcão com banquetas, por exemplo, serve para quem vai tomar um café mais rápido. As mesas e sofás dão conforto para aproveitar uma refeição com mais tempo. Por fim, o deck ao ar livre é perfeito para quem procura um clima descontraído.

Somado a isso, está o conforto do estacionamento próprio, do bicicletário e do espaço pet. “É um ambiente familiar, essa é a energia que temos aqui. As pessoas podem se sentir à vontade. Todas as ocasiões são consideradas”, complementa um dos sócios.

E como dito no início deste texto, os detalhes fazem toda a diferença. Então, não poderíamos deixar, apenas à introdução, o papel de definir a Vila Salt.

Padaria, cafeteria e confeitaria

A variedade começa pelos pães: francês, baguetinha, de hambúrguer, italiano, brioche, ciabatta e de milho são algumas opções. Para quem quer aproveitar o café da manhã por lá, as indicações são os combos e os pães na chapa, com destaque para o pão de queijo com crosta de requeijão.

O acompanhamento fica por conta do café. O escolhido foi o Orfeu, café brasileiro mais premiado do mundo, vencedor 27 vezes do Cup of Excellence. A máquina que prepara a bebida está à altura dos grãos. A Italiana Rancilio, considerada a melhor do mundo, extrai o melhor do café em um processo cuidadoso.

Precisávamos trazer um café que tivesse qualidade, especial, que surpreendesse as pessoas. Existe toda uma preocupação no processo de tiragem do café. Temos um equipamento de estabilização da pressurização da água e filtro para poder abastecer a máquina. Ou seja, a padronização na tiragem do café existe aqui”, detalha Caio. 

A confeitaria, por sua vez, traz doces finos, dos tradicionais aos mais elaborados, todos produzidos no próprio local. Entre as opções estão: bolos, éclairs, carolinas, trufas, cookies, pudins, cheesecakes e tortinhas.

Restaurante: almoço, happy hour e jantar

Pratos executivos, à la carte, saladas e porções formam o cardápio do restaurante da Vila Salt.

Para o almoço durante a semana, além dos pratos mais elaborados, são cinco opções de pratos executivos, com valores a partir de R$23. “Os pratos são preparados por um chefe e elaborados artesanalmente com ingredientes sempre frescos”, diz.

No happy hour, as porções acompanham os 30 rótulos de cervejas e chopps.

Os lanches (mortadela, pernil, linguiça artesanal ou bauru), as pizzas de ciabatta e os hambúrgueres (costela, picanha, tradicional bovino, frango empanado e vegetarianos) também são uma ótima pedida.

Por fim, o jantar do restaurante proporciona pratos mais elaborados com opções como risotos, massas e saladas. E nada te impede de ir até a adega e encontrar um vinho para tomar com a receita escolhida. A casa conta com um sommelier que poderá auxiliar nessa harmonização.

Mercado

O mercado foi pensado para atender às necessidades básicas, tanto de quem está passando por ali, quanto dos moradores ao redor. Por isso, o setor conta com uma linha de hortifruti com frutas, legumes e verduras.

Além disso, produtos como ovos, jamón, granola importada e molhos especiais, estão à venda. Entre eles, alguns produzidos pela própria casa.

Projetos culturais e sociais

Mais do que gastronomia, a Vila Salt é um lugar para se aproveitar, inclusive, este é um convite de Caio e Gabriel para os bauruenses.

“Tem um cliente que chegou para tomar café da manhã e ficou com o notebook trabalhando aqui. Depois de um tempo, recebeu alguns clientes e até abriram os projetos na mesa. Os clientes foram embora e já era hora do almoço, então ele acabou almoçando. Permaneceu na loja, tomou café da tarde, foi embora e mais tarde voltou, pediu porção, tomou um chopp, recebeu amigos e, quando foi embora, levou alguns produtos do mercado. Então ele passou o dia na loja”, relembra Caio.

Por isso, eles também pensaram no cantinho cultural ou “Ponto do Livro”, um espaço exclusivo para a estante de livros. Além de receber doações, ela também está à disposição de quem quer ler um livro na loja ou levar para casa. O intuito é contribuir com a cultura das pessoas.

Iniciamos a estante de livros com doações nossas e dos clientes. O cantinho cultural se sustenta somente com doações. Não tem nenhum livro à venda aqui, nós não comercializamos cultura. A gente só pede para que tenha cuidado com o material e que devolva quando puder, aponta.

Além de cultura, eles também demonstram interesse em projetos sociais. Alguns já estão em andamento, como a campanha do agasalho.

O futuro da Vila Salt

Mesmo com apenas quatro meses de funcionamento, os empresários não dispensam planos para melhorar e expandir a marca. A próxima ideia, que sairá do papel em poucas semanas, é a expansão do deck. O espaço ganhou o coração dos clientes e por isso terá uma área maior para receber mais mesas.

Em breve será possível encontrar uma linha de massas congeladas e molhos caseiros para levar para casa. Futuramente, estão pensando em assumir o projeto de novas unidades, não só em Bauru.

A todo vapor, o espaço é uma realização do desejo de trazer algo novo para a cidade.

Somos uma padaria, portanto, nossa logo é um trigo. Entretanto, nos identificamos como uma vila gastronômica. Inclusive, o nome vem daí: é uma vila onde você encontra tudo, desde mercado, padaria, restaurante e bar. E Salt porque o sal tem uma importância muito grande na história da humanidade, era moeda de troca. E o sal é aquele tempero base de qualquer gastronomia. Estamos sempre em busca de melhorar nosso atendimento e produtos para entregar aos nossos clientes aquilo que eles merecem.”

publieditorial

Serviço
Vila Salt
Local: Av. Affonso José Aiello, 3-66
Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 7h às 21h, domingo, das 8h às 16h
Contato: (14) 3241-2116
Instagram: @vilasalt

Compartilhe!
Carregar mais em Gastronomia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

FIB promove concurso cultural de culinária gratuito em Bauru; Confira

cPela primeira vez, o curso de Nutrição das Faculdades Integradas de Bauru (FIB) promove o…